Em Fátima

Secretário de estado do Vaticano Pietro Parolin preside ao 13 de maio

| 25 Fev 2023

Pietro Parolin

Pietro Parolin, secretário de Estado do Vaticano, já tinha estado em Fátima 13 de outubro de 2016. Foto © Direitos reservados.

 

A primeira grande peregrinação do ano em Fátima, a 12 e 13 de maio, vai ser presidida pelo cardeal Pietro Parolin, Secretário de Estado do Vaticano, informou o Santuário de Fátima no seu site. Não é a primeira vez que o cardeal italiano preside em Fátima, a uma grande celebração, meses antes da deslocação do Papa à Cova da Iria. Em outubro de 2016, o chefe da diplomacia vaticana presidiu em Fátima, na última peregrinação internacional aniversária que precedeu a deslocação do Papa à Cova da Iria, em maio de 2017.

Pietro Parolin é cardeal da Igreja Católica desde 12 de janeiro de 2014. Recebeu a ordenação episcopal das mãos do Papa Bento XVI, a 12 de setembro de 2009. Em 31 de agosto de 2013, o Papa Francisco nomeou-o Secretário de Estado do Vaticano e, ainda nesse ano, foi chamado a fazer parte da Congregação para os Bispos. Foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo em 12 de outubro de 2016.

Em julho, quando na Cova da Iria se celebra a 3ª aparição de Nossa Senhora aos Pastorinhos, estará em Fátima o bispo auxiliar de Braga, o último sacerdote português a ser ordenado bispo em Portugal, D. Delfim Gomes.

Em agosto, quando o Santuário recebe a Peregrinação Nacional dos Migrantes, as celebrações serão presididas por D. Filomeno do Nascimento Dias, Arcebispo de Luanda (Angola).

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Cruz Vermelha quer levar ajuda urgente às vítimas das cheias no Brasil

Apelo internacional

Cruz Vermelha quer levar ajuda urgente às vítimas das cheias no Brasil novidade

Com o objetivo de “aumentar a assistência humanitária às comunidades afetadas pelas devastadoras inundações no Rio Grande do Sul, no Brasil”, a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (FICV) lançou um “apelo de emergência de cerca de oito milhões de euros”, anunciou a Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), na última quarta-feira, 22 de maio.

A Dignidade da pessoa humana como prioridade

A Dignidade da pessoa humana como prioridade novidade

Na semana depois de Pentecostes é oportuno recordar a publicação da declaração Dignitas Infinita sobre a Dignidade Humana, elaborada durante cinco anos e divulgada pelo Dicastério para a Doutrina da Fé, pondo a tónica na dimensão universal, filosófica e antropológica, do respeito pela pessoa humana enquanto fator de salvaguarda dos direitos humanos, do primado da justiça e do reconhecimento de que todos os seres humanos como livres e iguais em dignidade e direitos.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This