Conversas, poesia e leituras

Poetas à solta em Barcelos

| 20 Out 2022

Chus Pato, poesia, Officium Lectionis

Ilustração de Armanda Passos na capa do livro Um Fémur de Voz Corre a Galope, da poeta galega Chus Pato, ed. Officium Lectionis.

 

Um fim-de-semana cheio com poesia, leituras e conversas em Barcelos é a proposta da Poeta à Solta, iniciativa da editora Officium Lectionis e do município e com coordenação científica da Cátedra Sophia de Mello Breyner “Poesia e Transcendência” [da Universidade Católica do Porto]. Em Barcelos, a tarde e noite desta sexta-feira, 21, e a tarde de sábado, levam à cidade os poetas Chus Pato, Jaime Rocha, João Vasco Rodrigues, Miriam Reyes e Valter Hugo Mãe, sobre cujos trajectos e obras se pode ler um resumo na informação disponibilizada na página da editora.

O encontro evocará a memória de dois poetas minhotos: Guilherme de Faria (Guimarães, 1907-1929), que pôs fim à vida com 21 anos e deixou uma obra “referencial no contexto do neorromantismo lusitanista”; e António Pedro (1909-1966), destacado criador na poesia, na pintura, no teatro e outras expressões estéticas, “com um inconformado sentido de busca”.

A curta-metragem O nosso reino, de Luís Costa, inspirada na obra homónima de Valter Hugo Mãe, passará também neste Poeta à Solta.

 

“Romper a espiral da violência” é uma opção, garante o Papa

Segundo dia na RD Congo

“Romper a espiral da violência” é uma opção, garante o Papa novidade

“Esengo – alegria!” Assim iniciou Francisco a sua homilia na missa da manhã desta quarta-feira, 1 de fevereiro, que decorreu no aeroporto Ndolo, em Kinshasa, capital da República Democrática do Congo (RDC). E a mesma palavra descreve na perfeição o ambiente que se viveu do início ao fim da celebração. Um ambiente pleno de cor, música e dança, em que ressoou a mensagem do Papa: sim, a paz é possível, se escolhermos “romper a espiral da violência”.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Normas inconstitucionais

Eutanásia: CEP e Federação Portuguesa pela Vida saúdam decisão do TC novidade

O secretário da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) saudou a decisão do Tribunal Constitucional (TC), que declarou inconstitucionais algumas das normas do decreto sobre a legalização da eutanásia. “A decisão do TC vai ao encontro do posicionamento da CEP, que sempre tem afirmado a inconstitucionalidade de qualquer iniciativa legislativa que ponha em causa a vida, nomeadamente a despenalização da eutanásia e do suicídio assistido”, disse à agência Ecclesia o padre Manuel Barbosa.

Papa Francisco no Congo: A ousadia de mostrar ao mundo o que o mundo não quer ver

40ª viagem apostólica

Papa Francisco no Congo: A ousadia de mostrar ao mundo o que o mundo não quer ver novidade

O Papa acaba de embarcar naquela que tem sido descrita como uma das viagens mais ousadas do seu pontificado, mas cujos riscos associados não foram motivo suficiente para que abdicasse de a fazer. Apesar dos problemas de saúde que o obrigaram a adiá-la, Francisco insistiu sempre que queria ir à República Democrática do Congo e ao Sudão do Sul. Mais do que uma viagem, esta é uma missão de paz. E no Congo, em particular, onde os conflitos já custaram a vida de mais de seis milhões de pessoas e cuja região leste tem sido atingida por uma violência sem precedentes, a presença do Papa será determinante para mostrar a toda a comunidade internacional aquilo que ela parece não querer ver.

Eutanásia: CEP e Federação Portuguesa pela Vida saúdam decisão do TC

Normas inconstitucionais

Eutanásia: CEP e Federação Portuguesa pela Vida saúdam decisão do TC novidade

O secretário da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) saudou a decisão do Tribunal Constitucional (TC), que declarou inconstitucionais algumas das normas do decreto sobre a legalização da eutanásia. “A decisão do TC vai ao encontro do posicionamento da CEP, que sempre tem afirmado a inconstitucionalidade de qualquer iniciativa legislativa que ponha em causa a vida, nomeadamente a despenalização da eutanásia e do suicídio assistido”, disse à agência Ecclesia o padre Manuel Barbosa.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This