Política, espiritualidade e sufismo em Michel Foucault

| 17 Nov 2021

“Michel Foucault: política, espiritualidade e sufismo” é o tema da conferência de Teresa Xavier, da Loughborough University, do Reino Unido, que decorre nesta quinta-feira, 18 de Novembro, a partir das 18h30 (hora de Lisboa), com transmissão via Zoom.

A conferência, organizada pelo Seminário Permanente de Estudos Islâmicos da Universidade Lusófona, tem como objecto de estudo o conceito de “espiritualidade política” de Michel Foucault, diz uma informação da organização enviada ao 7MARGENS. “No âmbito da obra do autor, este conceito surge, e é sobretudo discutido, a propósito de duas visitas que o autor fez ao Irão, em 1978, durante a Revolução Iraniana, a pedido do jornal italiano Corriere della Sera.” Para melhor entender a espiritualidade política foucaultiana, a conferencista pretende estudar “o conceito com a ajuda do caso iraniano e das suas profundas e ancestrais raízes no sufismo”, bem como definir “os conceitos foucaultianos de espiritualidade e de política com a ajuda de três outras noções: êxtase, uso e cuidado”.

Teresa Xavier Fernandes é licenciada em Filosofia pela Universidade Católica Portuguesa e doutorou-se na Universidade de Loughborough em Teoria Política. Mantém também colaboração enquanto jornalista com a Radio France Internationale desde 2008.

 

Igreja precisa mais dos média do que o contrário

Debate 7M: A Igreja e os média (1)

Igreja precisa mais dos média do que o contrário novidade

Quando se pergunta se em Portugal a relação da Igreja com os média e os jornalistas é boa, uma resposta simplista é sempre uma má resposta, principalmente porque estamos a falar de uma instituição, a Igreja Católica, que por si só é uma multiplicidade de realidades. Para ser honesto, prefiro responder que não há uma resposta, mas muitas respostas, tantas quanto as instituições ou os serviços que constituem a Igreja portuguesa.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

… E de novo tostões e milhões!

[Segunda Leitura]

… E de novo tostões e milhões! novidade

Para o sr. Berardo, pelos vistos, um milhão de euros deve ser uma ninharia. Porque ele deve cerca de 900 milhões. Ou seja: gente como nós precisava de viver novecentas vidas para acumular esse montão de notas. E como é que alguém, no espaço de meia dúzia de anos, consegue ficar a dever 900 milhões de euros?… Como?…

O melhor seria

O melhor seria novidade

Tive três filhos e perdi quatro. Por um deles, que não sobreviveu in utero, fui levada para uma ala da maternidade onde havia mulheres com os seus filhos, já nascidos ou prestes a nascer. Havia uma outra ala, a de quem estava para abortar.

A Igreja tem de aprender a prestar contas

Abusos sexuais

A Igreja tem de aprender a prestar contas

Gostaria de falar, em primeiro lugar, acerca da Igreja enquanto instituição de poder, porque essa é uma das maiores premissas que orientam o meu trabalho enquanto jornalista que se dedica à cobertura dos assuntos religiosos e, em especial, ao escrutínio da atividade da Igreja Católica. Que não haja dúvidas: a Igreja é uma instituição de poder.

Agenda

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This