Comissão Independente divulga apelos

“Por um futuro de crianças salvas pela vossa dura partilha”

| 4 Ago 2022

Abuso de menores.

“Não tenhas medo” é o apelo simples e direto do vice-reitor da Universidade Católica Portuguesa, padre José Manuel Pereira de Almeida. Ilustração: Churchandstate.org.

 

Atores, médicos, jornalistas, magistrados, artistas… São ao todo 23 as personalidades da sociedade civil que apelam aos que tenham sido vítimas, em criança, de abusos sexuais no seio da Igreja Católica para que deem “voz ao seu silêncio”. As frases, conselhos, pedidos e reflexões partiram de um convite da Comissão Independente (CI) para o Estudo de Abusos Sexuais de Crianças na Igreja Católica Portuguesa e foram partilhadas pelo coordenador da mesma, Pedro Stecht, em nota enviada esta quinta-feira, 4, aos meios de comunicação.

“Que a dor inimaginável de voltar a sum sítio tão escuro, seja iluminada pela ideia de um futuro de crianças salvas pela vossa dura mas preciosa partilha”, escreveu o humorista Bruno Nogueira. “Não tenhas medo” é o apelo simples e direto do vice-reitor da Universidade Católica Portuguesa, padre José Manuel Pereira de Almeida.

“Vamos juntos, são infelizmente muitas as vozes, por isso será melhor e mais solidário o caminho. Ninguém te deixa só, ninguém te deixa para trás. Mas tens de ser tu a dar o primeiro passo. Vamos por todos. Por todos, obrigada!” é a mensagem de Margarida Pinto Correia, radialista e diretora de relações institucionais da EDP.

Nuno Almeida (bispo auxiliar de Braga), Eugénio Fonseca (Presidente da Confederação Portuguesa de Voluntariado), Maria João Pires (Pianista), ou Maria Dulce Rocha (Procuradora da República) são alguns dos restantes nomes que assinam os apelos divulgados pela CI.

“Esperamos que outros possam continuar a divulgar este apelo, que afinal é de toda a sociedade, no sincero intuito de que, sob anonimato, qualquer pessoa possa ainda enviar o seu depoimento dando finalmente ‘voz ao silêncio’, pode ler-se no comunicado.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, chamou a comissão independente liderada por Pedro Strecht para uma reunião em Belém, a qual está agendada para as 16h30 desta sexta-feira, 5 de agosto. Os membros da comissão estiveram reunidos com o presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva, na semana passada, num encontro que havia sido pedido pela própria comissão, com o intuito de apresentar o trabalho desenvolvido até agora pelo organismo.

A comissão está em funcionamento desde janeiro e recebeu até ao momento 368 testemunhos, tendo encaminhado 17 casos para o Ministério Público. O relatório final da comissão deverá ser conhecido em dezembro.

 

Contactos da CI:
geral@darvozaosilencio.org
Tlm: 91 711 00 00

 

Silêncio: a luz adentra no corpo

Pré-publicação 7M

Silêncio: a luz adentra no corpo novidade

A linguagem não é só palavra, é também gesto, silêncio, ritmo, movimento. Uma maior atenção a estas realidades manifesta uma maior consciência na resposta e, na liturgia, uma qualidade na participação: positiva, plena, ativa e piedosa. Esta é uma das ideias do livro Mistagogia Poética do Silêncio na Liturgia, de Rafael Gonçalves. Pré-publicação do prefácio.

pode o desejo

pode o desejo novidade

Breve comentário do p. António Pedro Monteiro aos textos bíblicos lidos em comunidade, no Domingo I do Advento A. Hospital de Santa Marta, Lisboa, 26 de Novembro de 2022.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Bahrein

Descoberto mosteiro cristão sob as ruínas de uma mesquita

Há quem diga que este é o “primeiro fruto milagroso” da viagem apostólica que o Papa Francisco fez ao Bahrein, no início de novembro. Na verdade, resulta de três anos de trabalho de uma equipa de arqueólogos locais e britânicos, que acaba de descobrir, sob as ruínas de uma antiga mesquita, partes de um ainda mais antigo mosteiro cristão.

Manhã desta quinta-feira, 24

“As piores formas de trabalho infantil” em conferência

Uma conferência sobre “As piores formas de trabalho infantil” decorre na manhã desta quinta-feira, 24 de Novembro (entre as 9h30-13h), no auditório da Polícia Judiciária (Rua Gomes Freire 174, na zona das Picoas, em Lisboa), podendo assistir-se também por videoconferência. Iniciativa da Confederação Nacional de Ação Sobre o Trabalho Infantil (CNASTI), em parceria com o Instituto de Apoio à Criança (IAC), a conferência pretende “ter uma noção do que acontece não só em Portugal, mas também no mundo acerca deste tipo de exploração de crianças”.

Porque não somos insignificantes neste universo infinito

Porque não somos insignificantes neste universo infinito novidade

Muitas pessoas, entre as quais renomados cientistas, assumem frequentemente que o ser humano é um ser bastante insignificante, senão mesmo desprezível, no contexto da infinitude do universo. Baseiam-se sobretudo na nossa extrema pequenez relativa, considerando que o nosso pequeno planeta não passa de um “ponto azul” situado num vasto sistema solar.

Mais do que A Voz da Fátima

Pré-publicação

Mais do que A Voz da Fátima

Que fosse pedido a um incréu um texto de prefácio para um livro sobre A Voz da Fátima, criou-me alguma perplexidade e, ao mesmo tempo, uma vontade imediata de aceitar. Ainda bem, porque o livro tem imenso mérito do ponto de vista histórico, com o conjunto de estudos que contém sobre o jornal centenário, mas também sobre o impacto na sociedade portuguesa e na Igreja, das aparições e da constituição de Fátima e do seu Santuário como o centro religioso mais importante de Portugal. Dizer isto basta para se perceber que não é possível entender, no sentido weberiano, Portugal sem Fátima e, consequentemente, sem o seu jornal.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This