Com transmissão a partir de Assis

Portugal une-se a mais um evento global da Economia de Francisco

| 1 Out 2021

 

economia francisco portugal logo

Em Portugal, haverá um evento regional, no Convento do Varatojo, em Torres Vedras, para partilhar o trabalho construído ao longo dos últimos dois anos.

 

O evento global anual da Economia de Francisco acontece este sábado, 2 de outubro,  entre as 12h30 e 16h30 (hora portuguesa), no Palácio Monte Fumentário, em Assis (Itália), a partir de onde será transmitido através do canal da iniciativa no Youtube. Este evento antecede o encontro com o Papa marcado para o Outono de 2022 na mesma cidade, e visa promover a partilha do caminho percorrido desde o dia em que Francisco lançou o desafio para esta nova Economia.

À luz da vida de São Francisco de Assis, serão discutidos temas como a Pobreza, Finanças, Trabalho, Ecologia e Empresas, com a ajuda de diferentes oradores como Vandana Shiva, Jennifer Nedelsky, Partha Dasgupta, Sabina Alkine e Jeffrey Sachs ou Stefano Mancuso. “E um dos pontos mais importantes será certamente o momento em que o Papa Francisco dirigirá a palavra aos jovens através de um vídeo, para partilhar a sua visão do
caminho percorrido até aqui”, destaca o comunicado enviado ao 7MARGENS pela rede da Economia de Francisco Portugal.

Em Portugal, o momento será acompanhado através de um evento regional, que terá lugar no Convento do Varatojo, em Torres Vedras, pertencente aos Franciscanos. “Teremos a oportunidade de não só acompanhar o evento global online, mas também discutir e partilhar os muitos projetos, ideias e trabalho construído ao longo destes dois anos, que surgiram como resposta ao apelo do Papa no nosso país”, refere a nota à imprensa.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

“Ucrânia tem direito à defesa, mas só meios militares é um risco”

Comissões Justiça e Paz da Europa

“Ucrânia tem direito à defesa, mas só meios militares é um risco” novidade

“O direito da Ucrânia a defender-se é indiscutível e todos os fornecimentos de armas que permitam a sua defesa no quadro dos imperativos da proporcionalidade e do direito humanitário internacional são legítimos”, diz a plataforma católica Justiça e Paz Europa. No entanto, “os meios militares, por si só, não podem trazer uma paz duradoura”.

A hermenêutica de Jesus (3): Jesus e as Parábolas

A hermenêutica de Jesus (3): Jesus e as Parábolas novidade

O ensino das sagradas escrituras na época de Jesus era uma prática comum entre o povo judeu. Desde cedo, os rabinos ensinavam às crianças a leitura e escrita da Torá e a memorizar grandes porções da mesma. Entre as várias técnicas de ensino, estava a utilização de parábolas.

Agenda

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This