Prémio Harambee vem a Lisboa para premiar documentários e video-clips acerca de África

| 8 Mar 19 | Cinema, televisão e média, Cooperação e Solidariedade, Últimas

A médica sul-africana Ozo Ibeziako e a enfermeira Cátia Sá Guerreiro, durante o anúncio da cerimónia em Lisboa; foto © Câmara Municipal de Lisboa

Em novembro deste ano, Lisboa será o palco da cerimónia de entrega do 8º Prémio Internacional Harambee Comunicar África, que pretende distinguir trabalhos de jornalistas e videoclips de jovens que lancem um novo olhar sobre África.

A organização “Harambee África International”, ligada à Opus Dei, criou a iniciativa com o objetivo de “contribuir para a difusão de uma informação mais real sobre África, de uma imagem que reflita os conflitos, mas também as razões da esperança, a riqueza e a diversidade das culturas e dos povos africanos, o firme compromisso com o desenvolvimento, e simultaneamente as necessidades, que continuam a ser bem reais”.

O prémio contempla duas categorias: “documentário ou reportagem” e “vídeo-clips” (sendo a última destinada a estudantes até aos 25 anos). O prémio monetário da primeira categoria é de cinco mil euros e, para o video-clip, o valor é de 1500 euros. No regulamento, pede-se que o documentário não tenha mais do que 60 minutos e que o video-clip não ultrapasse os cinco minutos. O prazo de entrega de candidaturas é 30 de setembro de 2019. 

O anúncio de Lisboa como sede da cerimónia final foi feito nesta quinta-feira, 7 de março. Trata-se de um prémio bianual, cuja primeira edição ocorreu em 2004 e a última em 2015.

A organização “Harambee África International” é uma ONG com sede em Roma. Harambee significa “todos juntos”, em suaíli. Para a organização, esta palavra tenta resumir a sua missão: “Todos juntos para acompanhar um continente que tem muito a ensinar ao mundo.”

Artigos relacionados

Breves

Encontro de artistas portugueses com músicas do grupo Gen Verde

Um encontro de artistas de várias áreas, que sejam sensíveis às dimensões do Sagrado, da Beleza e do Bem Comum, está convocado para a tarde deste sábado, 18 de Maio, entre as 16h30 e as 18h, no Auditório da Igreja São Tomás de Aquino (Laranjeiras), em Lisboa.

Bolsonaro contestado por cortes na Educação

As ruas de mais de duas centenas de municípios em 26 estados brasileiros foram tomadas esta quarta-feira, 15 de maio, por manifestações que registaram a participação de centenas de milhares de estudantes e professores.

Televisão: Fátima vence Cristina

As cerimónias da peregrinação de 13 de maio a Fátima, transmitidas pela RTP1, conquistaram 381 mil espectadores, deixando o programa Cristina, da SIC, a grande distância (317 mil).

Boas notícias

É notícia 

Entre margens

A União Europeia necessita de psicanálise

Importa olhar para o «subconsciente» da União Europeia e tentar perceber a causa de tão grande tormento. Dir-se-ia que a União Europeia necessita de fazer algumas sessões de psicanálise. Queiramos ou não, estejamos ou não de acordo, a realidade é que a União Europeia marcará o nosso futuro coletivo.

Cultura e artes

Uma audição comentada do Livro dos Salmos

Será uma audição comentada do Livro dos Salmos aquela que Alfredo Teixeira proporá nesta quarta-feira, 22 de Maio, a partir das 18h30, na Capela de Nossa Senhora da Bonança (Capela do Rato), em Lisboa (Calçada Bento da Rocha Cabral, 1-B).

Coro do Trinity College de Dublin em Lisboa para concerto e eucaristia

Neste sábado e domingo, 18 e 19 de Maio, Lisboa acolhe dois concertos do Coro da Capela do Trinity College de Dublin (Irlanda). Às 17 horas de sábado, o coro dará um concerto de música sacra na Sé de Lisboa; no domingo, participa na eucaristia dominical na Catedral Lusitana de S. Paulo em Lisboa (Comunhão Anglicana), com início às 11h00 (Rua das Janelas Verdes).

Sete Partidas

A Páscoa em Moçambique, um ano antes do ciclone – e como renasce a esperança

Um padre que passou de refugiado a conselheiro geral pode ser a imagem da paixão e morte que atravessou a Beira e que mostra caminhos de Páscoa a abrir-se. Na região de Moçambique destruída há um mês pelo ciclone Idai, a onda de solidariedade está a ultrapassar todas as expectativas e a esperança está a ganhar, outra vez, os corações das populações arrasadas por esta catástrofe.

Visto e Ouvido

Igreja tem política de “tolerância zero” aos abusos sexuais, mas ainda está em “processo de purificação”

D. José Ornelas

Bispo de Setúbal

Agenda

Mai
27
Seg
Conferências de Maio – “Os jovens chamados a transformar” – IV – “Os jovens descobrem Deus” @ Centro Nacional de Cultura
Mai 27@18:30_20:00

Participam Alfredo Teixeira, antropólogo e compositor, autor de Religião na Sociedade Portuguesa, Américo Aguiar, bispo auxiliar de Lisboa, e João Valério, arquitecto e músico.

Ver todas as datas

Fale connosco