Auditoria no Vaticano para averiguar transações financeiras

| 2 Out 19

Uma brigada da polícia do Vaticano fez uma investigação aos escritórios da Secretaria de Estado do Vaticano e da autoridade de vigilância das finanças do estado pontifício, por causa de suspeitas relativas a transações financeiras não-especificadas.

A Sala de Imprensa do Vaticano não deu detalhes sobre o que está a ser averiguado, esclarecendo apenas que “documentos e aparelhos eletrónicos” foram recolhidos para investigar transações feitas durante o verão. A auditoria foi autorizada pelo promotor de justiça do Vaticano, na sequência de um relatório sobre a matéria, feito pelo auditor geral do Vaticano e responsáveis do Instituto para as Obras de Religião (IOR), mais conhecido como banco do Vaticano, informa ainda o comunicado, citado pelo National Catholic Reporter.

 

[related_posts_by_tax format=”thumbnails” image_size=”medium” posts_per_page=”3″ title=”Artigos relacionados” exclude_terms=”49,193,194″]