Quando os cristãos se encontram…

| 30 Jan 19

Longe dos holofotes das celebrações litúrgicas, de caráter local, regional ou mesmo nacional, que se multiplicam um pouco por todo o país por ocasião da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos, surgiu em 2010 o que foi designado pelos seus organizadores simplesmente como… “Encontro Cristão”. Dois casais com relações familiares entre si, um católico, o outro evangélico, com a preocupação comum de viver e proclamar a fé que partilhavam. Dois antigos colegas de faculdade, um católico, o outro evangélico, que se reencontravam ao fim de algumas décadas, mas com a mesma crença e igual inquietação em dar-lhe relevância no mundo atual.

Aos poucos, outros se foram juntando, mas fundamentalmente cristãos da paróquia de Algueirão-Mem Martins, estes ligados ao movimento dos Focolares, e da Igreja Evangélica de Sintra. Os que se encontraram naquele janeiro de 2010 não eram suficientes para lotar o salão paroquial da Igreja de Algueirão mas estava dado o mote para outros encontros que, sem falhar, se têm realizado desde então, uma vez por ano.

Com a persistência de uns poucos, esta iniciativa foi-se consolidando e alargando o seu âmbito confessional e geográfico. O que começou por ser modestamente o “Encontro Cristão de Sintra” tem hoje um caráter verdadeiramente nacional, atraindo os principais responsáveis da generalidade das estruturas eclesiásticas cristãs no nosso país. Será difícil encontrar outra realização, nesta ou noutra época do ano, que congregue uma tão grande diversidade de tradições cristãs num único espaço.

Do salão, já então repleto da Igreja de Algueirão, a organização decidiu, em 2018, “saltar” para o majestoso auditório do Centro Cultural Olga Cadaval, na vila de Sintra. Mais uma vez o desafio foi vencido, com casa cheia e com a presença e participação do mais alto magistrado da nação, Marcelo Rebelo de Sousa. E tem sido assim ao longo de praticamente uma década. Durante vários meses, algumas dezenas de empenhados voluntários preparam um programa que tem crescido em qualidade técnica e artística ao mesmo ritmo da quantidade de pessoas que atrai. Não obstante, a simplicidade de ideais e a profundidade de conteúdos tem-se mantido inalterável.

É verdade que, durante o resto do ano, as dinâmicas eclesiais próprias de cada família cristã acabam por ofuscar, quando não obliterar, outras oportunidades de encontro e de partilha. O cristianismo, talvez mais do que qualquer outra expressão religiosa ou mesmo ideológica, é identitariamente plural e diverso. E tal diversidade não é coisa nova. Em bom rigor, a diversidade no cristianismo é tão antiga quanto a sua existência. As igrejas de Jerusalém, Antioquia, Corinto, Filipos ou aquelas na Galácia são apresentadas nos livros neotestamentários como comunidades com características bem diversas, por vezes mesmo antagónicas. As opiniões manifestadas pelos apóstolos e seus seguidores nem sempre foram coincidentes.

Mas, no seio de tanta diversidade, é possível encontrar unidade. Como diz o antigo acróstico de data e de origem desconhecida: Um Deus – Dois Testamentos – Três Credos – Quatro Concílios – e, enfim, Cinco Séculos de uma relativa uniformidade doutrinal e eclesial. Como recordava o tema do IX Encontro Cristão já realizado em 2019, o fito último de cada cristão deve ser… “Perto de Ti”. Perto do irmão que vive o mesmo cristianismo com matiz diferente, mas também perto do que é repudiado ou negligenciado pela voraz sociedade que nos cerca e da qual fazemos parte. Acima de tudo, perto do Deus revelado no homem Jesus.

Timóteo Cavaco é coordenador pedagógico no Seminário Teológico Baptista e investigador do Instituto de História Contemporânea da Universidade Nova de Lisboa

Breves

Sessões gratuitas

Sol sem Fronteiras vai às escolas para ensinar literacia financeira

Estão de regresso as sessões de literacia financeira para crianças e jovens, promovidas pela Sol sem Fronteiras, ONGD ligada aos Missionários Espiritanos, em parceria com o Oney Bank. Destinadas a turmas a partir do 3º ano até ao secundário, as sessões podem ser presencias (em escolas na região da grande Lisboa e Vale do Tejo) e em modo online no resto do país.

Abertas as inscrições

Vai nascer o Coro e Ensemble Diocesano de Jovens de Lisboa

“Fazer música, aliando-a à Fé”… é esse o mote para a criação do Coro e Ensemble Diocesano de Jovens de Lisboa (CDJL), que terá como missão garantir o serviço musical necessário nas atividades organizadas pelo Serviço da Juventude do Patriarcado. Todos os cantores e instrumentistas ligados às paróquias e movimentos da diocese de Lisboa, com idades entre os 15 e os 35 anos, e que estejam interessados em integrar este grupo podem desde já fazer a sua pré-inscrição online.

Boas notícias

Líder do Conselho Mundial de Igrejas com líderes políticos e religiosos na Terra Santa para fazer ouvir o apelo a “uma paz justa”

Visita termina esta quinta-feira

Líder do Conselho Mundial de Igrejas com líderes políticos e religiosos na Terra Santa para fazer ouvir o apelo a “uma paz justa”

Ao longo dos últimos seis dias, o secretário-geral do Conselho Mundial de Igrejas (CMI), Jerry Pillay, empenhou-se a 100% naquela que designou de “uma missão especial”. E não é caso para menos. O líder religioso – que representa 352 igrejas protestantes, ortodoxas, anglicanas e evangélicas em todo o mundo – esteve em Israel e na Palestina, numa tentativa de “tornar mais forte” e verdadeiramente audível o apelo que há muito vem fazendo “por uma paz justa” na região.

Outras margens

Cultura e artes

Pessoas

A poesia que era um punhal contra si mesma

Daniel Faria morreu há 25 anos

A poesia que era um punhal contra si mesma novidade

“A Poesia de Daniel Faria ou a sua vocação poética” é o mote para os três encontros – o primeiro dos quais já nesta sexta-feira, 23 – que o Seminário do Bom Pastor promove, nos 25 anos da morte de Daniel Faria (1999-2024), o monge beneditino que desapareceu aos 28 anos.

Sete Partidas

Como lutar contra a extrema-direita

Como lutar contra a extrema-direita

Perante os ataques à Democracia – pérfida e cuidadosamente preparados – a que assistimos de momento em tantos países, perante sondagens que apresentam valores assustadores para a intenção de voto na extrema-direita, a questão que está na ordem do dia é: que fazer? [Texto de Helena Araújo, em Berlim]

Visto e Ouvido

Agenda

[ai1ec view=”agenda”]

Ver todas as datas

Entre margens

O apelo da desrazão – NATO versus Rússia

O apelo da desrazão – NATO versus Rússia novidade

Vão soando avisos aqui e ali sobre a eventualidade de uma guerra direta entre a NATO e a Rússia. Parece que há quem esteja preocupado em preparar a opinião pública para essa eventualidade – se é que, nos bastidores que movem o mundo, não se decidiu já que será mais do que uma eventualidade, e em breve. O maior exercício militar da NATO desde a Guerra Fria começou no dia 22 de janeiro – o “Steadfast Defender 24” -, mobilizando 90 mil soldados da Aliança. [Texto de Rúben Azevedo]

Nossa Senhora dos Milagres, um santuário para descobrir

Nossa Senhora dos Milagres, um santuário para descobrir

Na freguesia de Dois Portos, concelho de Torres Vedras, numa modesta elevação do terreno, rodeada por vinhas e campos agrícolas, ergue-se uma pequena construção, caiada de branco, que chama a atenção do viajante. As placas indicativas, na estrada M535, despertam a nossa curiosidade: referem que se trata da capela de Nª Senhora dos Milagres. [Texto de Joaquim Jesus]

Farei música e compreenderei em caminho

Farei música e compreenderei em caminho

Este texto corresponde à homilia do Padre Joaquim Félix no contexto do Lausperene Quaresmal – sábado depois das cinzas ─ vésperas do Santíssimo Sacramento proferida na  igreja de S. Paulo, do Seminário Conciliar de Braga. Lausperene na Cidade de Braga, tradição criada pelo Arcebispo D. Rodrigo de Moura Telles, em 1710. Tradição, note-se, jamais interrompida ao longo dos séculos.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This