Novo programa na TSF

“Que mundo, meu Deus”

| 7 Mar 2022

página digital do programa "Que mundo, meu Deus"

 

A rádio TSF passa a ter, a partir desta semana, na sua grelha, um programa diário, de breve duração, em que a atualidade será lida à luz de três crenças religiosas, as chamadas “religiões do livro”.

Intitulado “Que mundo, meu Deus”, o programa conta com a leitura do muçulmano Khalid Sacoor, da judia Miriam Assor e do católico João Paiva, e irá para o ar nos dias úteis pela 7.20, com repetição logo a seguir às notícias das 16h.

Miriam Assor nasceu em Lisboa numa família judaica, é jornalista freelancer e autora de vários livros, com destaque para Aristides de Sousa Mendes, Um Justo Contra a Corrente. João Paiva é professor universitário na área das ciências químicas, interessando-se por cruzar a ciência com a literatura e a religião. Por sua vez, Khalid Jamal Sacoor é muçulmano, com responsabilidades diretivas e de aconselhamento junto da Comunidade Islâmica de Lisboa, tendo já publicado alguns textos no 7MARGENS.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

"Nada cristãs"

Ministro russo repudia declarações do Papa

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Serguei Lavrov, descreveu como “nada cristãs” as afirmações do Papa Francisco nas quais denunciou a “crueldade russa”, especialmente a dos chechenos, em relação aos ucranianos. Lavrov falava durante uma conferência de imprensa, esta quinta-feira, 1 de dezembro, e referia-se à entrevista que Francisco deu recentemente à revista America – The Jesuit Review.

À espera

[Os dias da semana]

À espera novidade

Quase todos se apresentam voltados para o sítio onde estão Maria e José, que têm, mais por perto, a companhia de um burro e de uma vaca. Todos esperam. Ao centro, a manjedoura em que, em breve, será colocado o recém-nascido. É tempo agora de preparar a sua chegada, esse imenso acontecimento, afinal de todas as horas.

Bispo Carlos Azevedo passa da Cultura para as Ciências Históricas

Novo cargo no Vaticano

Bispo Carlos Azevedo passa da Cultura para as Ciências Históricas novidade

O bispo português Carlos Azevedo foi nomeado neste sábado para o lugar de delegado (“número dois”) do Comité Pontifício para as Ciências Históricas, deixando o cargo equivalente que desempenhava no Dicastério para a Cultura e a Educação, da Santa Sé, que há poucas semanas passou a ser dirigido pelo também português cardeal José Tolentino Mendonça.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This