Investigação

Quem traiu Anne Frank?

| 18 Jan 2022

Anne Frank, imagem de 1942. Foto © Unknown photographer, Public domain, via Wikimedia Commons

 

Quem traiu Anne Frank, a autoria do conhecido Diário, e a sua família? Uma equipa que se entregou à tarefa de investigar acredita ter encontrado a chave do mistério. Mas trata-se de “um cenário provável”, sem certezas absolutas.

O trabalho, com a respetiva conclusão, foi publicado em livro intitulado “The Betrayal of Anne Frank: A Cold Case Investigation” (A traição de Anne Frank: investigação de um caso arquivado) e tem por autora a académica canadiana Rosemary Sullivan. A ideia, porém, foi do cineasta Thisjs Bayens, que se lembrou de juntar uma equipa liderada por um agente do FBI aposentado.

A equipa trabalhou sobre o caso durante cinco anos, tendo analisado mais de três dezenas de possibilidades, em busca do cenário mais provável. Sabia-se que a família Frank e outros quatro judeus se esconderam num anexo, ao qual se acedia por uma escada secreta escondida atrás de uma estante. Entraram nesse espaço em julho de 1942 e aí ficaram até serem descobertos em agosto de 1944 e deportados para campos de concentração.

A conclusão a que os investigadores chegaram, segundo a Associated Press, aponta para a possibilidade de ter sido um proeminente notário judeu chamado Arnold van den Bergh a indicar o esconderijo aos alemães. O motivo do notário terá sido salvar sua própria família da deportação e assassinato em campos de concentração nazistas.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Índia

Carnataca é o décimo Estado a aprovar lei anticonversão

O Estado de Carnataca, no sudoeste da Índia, tornou-se, no passado dia 15 de setembro, o décimo estado daquele país a adotar leis anticonversão no âmbito das quais cristãos e muçulmanos e outras minorias têm sido alvo de duras perseguições, noticiou nesta sexta-feira, 23, o Vatican News, portal de notícias do Vaticano.

Neste sábado, em Lisboa

“Famílias naturais” em convívio contra a ideologia de género

Prometem uma “tarde de convívio e proximidade”, um concerto, diversão e “múltiplas actividades para crianças e adultos: o “Encontro da Família no Parque” decorre esta tarde de sábado, 24 de Setembro, no Parque Eduardo VII (Lisboa), a partir das 15h45, e “pretende demonstrar um apoio incondicional à família natural e pela defesa das crianças”.

Fraternidade sem fronteiras

Fraternidade sem fronteiras novidade

A fraternidade é imprescindível na vida e na missão. No Congresso sobre o tema, a realizar nos dias 14 e 15 de Outubro, em Lisboa, queremos reflectir sobre a construção da fraternidade na sociedade, na política, na economia, na missão, no diálogo entre as religiões e na reconstrução da esperança.

Irmã Elis Santos: “São mais de 500 anos a sobreviver, e nós queremos existir”

Indígena do povo Mura em entrevista

Irmã Elis Santos: “São mais de 500 anos a sobreviver, e nós queremos existir” novidade

Aos 35 anos, Elis Santos, religiosa da Divina Providência, é uma das vozes mais ativas no Brasil na luta pelos direitos dos povos indígenas. Descendente do povo Mura e mestre em Antropologia Social, a irmã Elis falou ao 7MARGENS durante o encontro d’A Economia de Francisco, que decorreu na semana passada em Assis, e lamentou que no seu país continue a prevalecer “uma economia que mata”. 

Agenda

There are no upcoming events.

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This