Nicarágua

Regime de Ortega fecha 25ª universidade privada

| 19 Mai 2023

daniel ortega presidente nicaragua em discurso 28 setembro 2022 foto cortesia no site TN8

“De acordo com a notícia divulgada pelo jornal digital Alfa Y Omega no dia 19 de maio, esta é 25ª universidade privada obrigada a fechar, tal como aconteceu com a Universidade Católica San Juan Pablo II, ou a Universidade Autônoma Cristã da Nicarágua.” Foto: Daniel Ortega, cortesia no site TN8

 

A Universidade Católica Imaculada Conceição da Arquidiocese de Manágua (UCICAM), inaugurada em 2011 e que também funcionava como centro de formação para seminaristas de várias Igrejas locais da América Central, foi a mais recente vítima da feroz repressão que o regime nicaraguense de Daniel Ortega e de sua mulher Rosario Murillo vem lançando desde abril de 2018 contra todas as instituições que escapam ao seu controlo.

De acordo com a notícia divulgada pelo jornal digital Alfa Y Omega no dia 19 de maio, esta é 25ª universidade privada obrigada a fechar, tal como aconteceu com a Universidade Católica San Juan Pablo II, ou a Universidade Autônoma Cristã da Nicarágua. Em março último também a Cáritas Nicarágua foi obrigada a encerrar. O processo é sempre o mesmo e altamente kafkiano: o Governo decreta obrigações que sabe não poderem ser cumpridas pelas instituições, ficando estas compelidas a solicitar a sua “dissolução voluntária”.

Foi o que aconteceu com as Missionárias da Caridade, escreve o jornal Alfa e Ómega: “antes de serem expulsas do país no início de julho”, o Governo “aprovou uma lei obrigando 75 por cento das irmãs a serem nicaraguenses. Como não atingiam essa quota, as irmãs pediram ajuda às autoridades”. Mas, relatou na altura a Irmã Paola: “chamaram-nos no dia 13 de junho ao Ministério do Interior” e, em vez de ajudar as freiras, “começaram a lançar uma série de acusações e pouco depois expulsaram-nos”.

Há uma “nova vaga de terror contra os cristãos” no Paquistão

Ataques sucedem-se

Há uma “nova vaga de terror contra os cristãos” no Paquistão novidade

O recente ataque a um cristão falsamente acusado de ter queimado páginas do Corão, por uma multidão muçulmana enfurecida, no Paquistão, desencadeou “uma nova vaga de terror” contra a minoria religiosa no país. Depois deste incidente, que aconteceu no passado sábado, 25 de maio, já foram registados outros dois ataques devido a alegados atos de “blasfémia” por parte de cristãos.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

A memória presente em pequenas tábuas

Museu Abade de Baçal

A memória presente em pequenas tábuas novidade

“Segundo uma Promessa” é o título da exposição inaugurada a 18 de maio no Museu Abade de Baçal, em Bragança, e composta por uma centena de pequenos ex-votos, registados em tábuas, que descrevem o autor e o recetor de vários milagres, ao longo dos séculos XVIII e XIX. “O museu tem a obrigação de divulgar e de mostrar ao público algum do património que está disperso pela diocese de Bragança-Miranda”, disse ao 7MONTES Jorge Costa, diretor do museu.

A cor do racismo

A cor do racismo novidade

O que espero de todos é que nos tornemos cada vez mais gente de bem. O que espero dos que tolamente se afirmam como “portugueses de bem” é que se deem conta do ridículo e da pobreza de espírito que ostentam. E que não se armem em cristãos, porque o Cristianismo está nas antípodas das ideias perigosas que propõem.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This