Confiscadas todas as propriedades

Regime de Ortega ilegaliza jesuítas na Nicarágua

| 25 Ago 2023

daniel ortega presidente nicaragua em discurso 28 setembro 2022 foto cortesia no site TN8

Daniel Ortega, Presidente da Nicarágua, em discurso no dia 28 de setembro de 2022. Regime tem atacado com expulsões e detenções confissões religiosas no país. Foto do site TN8.

 

Agosto tem sido um mês muito difícil para os jesuítas na Nicarágua. Depois de as autoridades do país terem confiscado os bens da Universidade Centro-Americana (UCA), confiada aos jesuítas, por decisão judicial, sob a acusação de aquela ser “um centro de terrorismo”, e depois de terem dado ordem de despejo a seis padres jesuítas, responsáveis dessa UCA, o Governo de Manágua declarou, na quarta-feira, 23 de agosto, que a Companhia de Jesus é ilegal na Nicarágua e ordenaram que fossem confiscadas “todas as suas propriedades”, segundo um comunicado da Província Centro-Americana, difundido pelo Vatican News, e citado pela agência Ecclesia.

A Província Centro-Americana da Companhia de Jesus condenou o que apelidou de nova agressão contra os jesuítas na Nicarágua, considerando que ela faz parte de um contexto nacional de repressão sistemática, que foi qualificada como “crimes contra a humanidade” pelos especialistas em Direitos Humanos para a Nicarágua das Nações Unidas.

Segundo o comunicado, o Estado da Nicarágua, através do Ministério do Interior, por meio do Acordo Ministerial N.105-2023, publicado esta quarta-feira, cancelou o status legal da Associação da Companhia de Jesus na Nicarágua e estabeleceu que a Procuradoria-Geral da República transfira para o Estado os seus bens imóveis e móveis; um acordo realizado sem dar aos jesuítas a oportunidade de legítima defesa e sem uma instância judicial imparcial.

O portal de notícias do Vaticano informa que os jesuítas pedem ao casal presidencial da Nicarágua (o Presidente Daniel Ortega e a sua mulher, Rosario Murillo, que é a vice-presidente do país) que “cesse a repressão” e aceite que se encontre “uma solução racional na qual prevaleçam a verdade, a justiça, o diálogo, o respeito aos direitos humanos e o Estado de Direito”.

“Respeitem a liberdade e a total integridade dos jesuítas e das pessoas que colaboram com eles ou com quem eles colaboram”, acrescenta a Província Centro-Americana da Companhia de Jesus, que se une “às milhares de vítimas nicaraguenses” que esperam “justiça e reparação pelos danos que o atual governo está a causar”.

No seu comunicado, os jesuítas, agradecem também os “inúmeros sinais de reconhecimento, apoio e solidariedade” que têm recebido, informa o Vatican News.

 

Ajuda em Ação lança campanha para alavancar projetos de educação e emprego

“Em cada oportunidade, estás tu”

Ajuda em Ação lança campanha para alavancar projetos de educação e emprego novidade

“Em cada oportunidade, estás tu” é o mote da nova campanha de Natal da fundação Ajuda em Ação, que apela a que todos os portugueses ofereçam “de presente” uma oportunidade a quem, devido ao seu contexto de vulnerabilidade social, nunca a alcançou. Os donativos recebidos revertem para apoiar os programas de educação, empregabilidade jovem e empreendedorismo feminino da organização.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

“Em cada oportunidade, estás tu”

Ajuda em Ação lança campanha para alavancar projetos de educação e emprego novidade

“Em cada oportunidade, estás tu” é o mote da nova campanha de Natal da fundação Ajuda em Ação, que apela a que todos os portugueses ofereçam “de presente” uma oportunidade a quem, devido ao seu contexto de vulnerabilidade social, nunca a alcançou. Os donativos recebidos revertem para apoiar os programas de educação, empregabilidade jovem e empreendedorismo feminino da organização.

Para o biénio 2023-2025

Centro de Reflexão Cristã elege direção “comprometida com orientações do Papa Francisco”

O Centro de Reflexão Cristã (CRC) acaba de eleger uma nova direção para o biénio 2023-2025, que se assume comprometida “com os princípios do Concílio Vaticano II e com as orientações do Papa Francisco”. Presidida por Inês Espada Viera (até agora vice-presidente), a direção que agora inicia funções promete “novas iniciativas”, que já estão a ser preparadas.

Francisco pede “mudança de mentalidade” para acolher pessoas com deficiência

O Vídeo do Papa

Francisco pede “mudança de mentalidade” para acolher pessoas com deficiência novidade

No mundo atual, muitas pessoas com deficiência “sofrem rejeição, baseada na ignorância e em preconceitos, que as transformam em marginalizadas”, denuncia Francisco. Por isso, chegou a hora de “mudar um pouco a nossa mentalidade para nos abrirmos às contribuições e aos talentos dessas pessoas com capacidades diferentes, tanto na sociedade como dentro da vida eclesial”, pede n’O Vídeo do Papa de dezembro, que acaba de ser divulgado pela Rede Mundial de Oração.

Governo sueco repudia apelo a derrubar mesquitas

Polarização aumenta

Governo sueco repudia apelo a derrubar mesquitas novidade

“Na Suécia, não demolimos locais de culto. Como sociedade, devemos lutar contra o extremismo violento, quaisquer que sejam os seus fundamentos, mas fá-lo-emos no quadro de um Estado democrático e do Estado de direito.” A afirmação chega do primeiro ministro da Suécia, Ulf Kristersson, em resposta a declarações do líder de extrema-direita que, por sinal, integra a coligação que suporta o atual governo do país.

Neste Advento, a Economia de Francisco convida-nos a redescobrir as razões da esperança

Em quatro encontros online

Neste Advento, a Economia de Francisco convida-nos a redescobrir as razões da esperança novidade

Porque a política e a economia, as empresas e os negócios “não podem continuar a ser lugares de desespero”, e precisamos – mais do que nunca – de “aumentar os atos virtuosos e os exercícios de esperança”, o movimento A Economia de Francisco vai realizar, ao longo do Advento (tempo da espera e da esperança por excelência), quatro encontros online, que pretendem ajudar a redescobrir “as verdadeiras razões” dessa esperança. Os encontros serão gratuitos e abertos a todos, para que a esperança se torne “contagiosa, mais do que o desânimo”.

O Papa Francisco e a COP28 do Dubai

O Papa Francisco e a COP28 do Dubai novidade

A COP28 do Dubai que inicia dia 30 de novembro motivou ao Papa Francisco a redação da exortação apostólica Laudate Deum sobre a crise climática, que regista uma intensa carga política: estatisticamente, dos seus 73 pontos, 60 são de natureza exclusivamente política e apenas 13 com conteúdo espiritual, religioso, ou diretamente ligado à vivência da fé cristã. (Dina Matos Ferreira)

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This