Entrevista de Bernardo Cervellera

Relatos da repressão dos católicos na China

| 17 Ago 2021

Cristãos a rezar no santuário dedicado a Nossa Senhora nas montanhas. Foto: ACN-Portugal

 

Apesar de muitos católicos e de vários padres – incluindo o bispo de Beijing, Joseph Li Shan –, terem organizado atos públicos relacionados com o centenário do Partido Comunista Chinês que teve lugar este ano, “a peregrinação a Nossa Senhora de Sheshan, o santuário nacional de Nossa Senhora na China, foi, de novo, proibida” disse o missionário Bernardo Cervellera à Catholic News Agency.

O padre Cervellera cobriu durante mais de duas décadas a atualidade chinesa para a agência de notícias Asian News, de que foi editor-chefe. Na entrevista. citada pelo National Catholic Register, são reveladas várias formas da repressão organizada pelo regime de Beijing contra os católicos chineses, apontadas as diferenças de tratamento dado aos católicos na clandestinidade e aos que se encontram sob o chapéu da autorizada Associação Patriótica e recordadas várias medidas tomadas pelo Partido Comunista Chinês para eliminar a presença católica no país.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Festival D’ONOR: a cultura com um pé em Portugal e outro em Espanha

Este fim de semana

Festival D’ONOR: a cultura com um pé em Portugal e outro em Espanha novidade

Está de regresso, já a partir desta sexta-feira, 19 de julho, o evento que celebra a cooperação transfronteiriça e a herança cultural de duas nações: Portugal e Espanha. Com um programa “intenso e eclético”, que inclui música, dança, gastronomia e outras atividades, o Festival D’ONOR chega à sexta edição e estende-se, pela primeira vez, às duas aldeias.

Bonecos de corda e outras manipulações

Bonecos de corda e outras manipulações novidade

“Se vivermos em função do loop que as redes sociais e outros devoradores de dados nos apresentam, do tipo de necessidades que vão alimentando e das opiniões e preconceitos que vão fabricando, vivemos uma fraca vida. Essa será, sem dúvida, uma vida de prazo expirado, por mais que o dispositivo seja de última geração e as atualizações estejam em dia.” – A reflexão de Sara Leão

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This