Entrevista de Bernardo Cervellera

Relatos da repressão dos católicos na China

| 17 Ago 2021

Cristãos a rezar no santuário dedicado a Nossa Senhora nas montanhas. Foto: ACN-Portugal

 

Apesar de muitos católicos e de vários padres – incluindo o bispo de Beijing, Joseph Li Shan –, terem organizado atos públicos relacionados com o centenário do Partido Comunista Chinês que teve lugar este ano, “a peregrinação a Nossa Senhora de Sheshan, o santuário nacional de Nossa Senhora na China, foi, de novo, proibida” disse o missionário Bernardo Cervellera à Catholic News Agency.

O padre Cervellera cobriu durante mais de duas décadas a atualidade chinesa para a agência de notícias Asian News, de que foi editor-chefe. Na entrevista. citada pelo National Catholic Register, são reveladas várias formas da repressão organizada pelo regime de Beijing contra os católicos chineses, apontadas as diferenças de tratamento dado aos católicos na clandestinidade e aos que se encontram sob o chapéu da autorizada Associação Patriótica e recordadas várias medidas tomadas pelo Partido Comunista Chinês para eliminar a presença católica no país.

 

Humanizar não é isolar

Humanizar não é isolar novidade

É incontestável que as circunstâncias de vida das pessoas são as mais diversas e, em algumas situações, assumem contornos improváveis e, muitas vezes, indesejáveis. À medida que se instalam limitações resultantes ou não de envelhecimento, alguns têm de habitar residências sénior, lares de idosos, casas de repouso,…

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Pena de morte volta a matar em 2021

Relatório da Amnistia Internacional

Pena de morte volta a matar em 2021 novidade

Em 2021 a Amnistia Internacional (AI) confirmou 579 execuções de pessoas condenadas à morte pelo sistema judicial de 18 países. De acordo com a documentação da AI enviada ao 7MARGENS no dia 23 de maio, aquele número representa um crescimento de 20 por cento em relação ao registado no ano anterior. Contudo, graças à pandemia, em 2021 o número de execuções certificadas continua baixo, sendo o segundo menor desde 2010.

Agenda

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This