Religiosas oferecem edifício em Roma para acolher refugiados, em resposta a desafio do Papa

| 14 Out 20

villa serena casa refugiados roma

O edifício oferecido pelas Irmãs Servas da Divina Providência tem capacidade para 60 pessoas e irá acolher em especial mulheres e famílias vulneráveis que chegam a Roma através de corredores humanitários. Foto: Irmãs Servas da Divina Providência.

 

O Papa lançou o desafio na sua última encíclica, Fratelli tutti: “Preparar um acolhimento adequado aos migrantes que fogem de guerras, perseguições e catástrofes naturais”. A resposta das Irmãs Servas da Divina Providência de Catânia (Itália), não se fez esperar: decidiram oferecer a Francisco, a título de “empréstimo gratuito”, um prédio pertencente à congregação, em Roma, para que seja transformado num abrigo para refugiados, anunciou esta segunda-feira, dia 12 de outubro, a Esmolaria Apostólica da Santa Sé.

O edifício, com o sugestivo nome de Villa Serena, tem capacidade para 60 pessoas e irá acolher, em particular, famílias vulneráveis e mulheres sozinhas ou acompanhadas por menores, que chegam a Itália através da iniciativa dos Corredores Humanitários.

Esta nova casa de acolhimento, que pretende dar abrigo aos refugiados nos primeiros meses após a sua chegada, mas também apoiá-los na sua integração, será administrada pela Comunidade de Sant’Egidio. Este movimento católico de leigos, fundado em Roma em 1968, desempenha, desde 2015, um papel determinante na abertura dos corredores humanitários para refugiados oriundos da Síria, África e Grécia, em particular da ilha de Lesbos, tendo já acolhido mais de 2.600 pessoas.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Um Grande Homem: Integrado Marginal

José Cardoso Pires por Bruno Vieira Amaral

Um Grande Homem: Integrado Marginal novidade

Integrado Marginal foi leitura de férias junto ao mar, entre nevoeiros e nortadas que me levavam a recorrer a esplanadas cobertas para ler enquanto tomava um café bem quente. Moledo do Minho no seu inquieto esplendor… e capricho! Tinha lido algumas obras de José Cardoso Pires: Lisboa. Livro de Bordo (feito para a Expo 1998); O Burro em Pé (livro para crianças); Alexandra Alpha; De Profundis: Valsa lenta; O Delfim.

Crescimento ou Decrescimento, eis a questão

[Mãos à obra]

Crescimento ou Decrescimento, eis a questão novidade

O conceito de desenvolvimento sustentável tem duas interpretações: para os intelectuais humanistas é um desenvolvimento que respeita o ambiente, de forma abstrata, sem contabilizar desenvolvimento ou impacte ambiental, mas pode levar a questionar o modelo económico e até o modo de vida actuais; para os industriais, políticos e economistas entende-se como um desenvolvimento que possa ser eterno.

A ideia de Deus

A ideia de Deus novidade

Não é certo que quem nasça numa família de forte tradição religiosa esteja em melhores condições do que qualquer outra pessoa para desenvolver a componente espiritual e uma relação com o divino. Pode acontecer exatamente o inverso. Crescer com uma ideia de Deus pode levar-nos a cristalizá-la nos ritos, hábitos ou procedimentos que, a dada altura, são desajustados ou necessariamente superficiais.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This