Nos 77 anos do ataque atómico

Representante dos sobreviventes de Nagasaki solidário com a Ucrânia

| 10 Ago 2022

Sobreviventes da bomba atómica de Nagasaki, lançada a 9 de agosto de 1945, percorrendo as ruas da cidade nesse mês. Foto © National Archives at College Park, Public domain, via Wikimedia Commons.

Sobreviventes da bomba atómica de Nagasaki, lançada a 9 de agosto de 1945, percorrendo as ruas da cidade nesse mês. Foto © National Archives at College Park, Public domain, via Wikimedia Commons.

 

“Apelo a todos os membros” do Parlamento japonês, “bem como aos membros dos conselhos municipais e provinciais” para que se “encontrem com os hibakusha (sobreviventes da bomba atómica), ouçam como eles sofreram, aprendam a verdade sobre o bombardeio atómico e transmitam o que aprenderem ao mundo”, escreve, na carta do Compromisso pela Paz lida durante as cerimónias dos 77 anos do ataque atómico sobre Nagasaki, por um dos seus sobreviventes, Takashi Miyata.

A carta pode ser lida em tradução inglesa no diário japonês The Mainichi de dia 9 de agosto e inclui uma crítica definitiva à teoria do equilíbrio atómico, desafiando o país “a declarar uma Zona Livre de Armas Nucleares do Nordeste Asiático, cumprir estritamente o Artigo 9 da sua Constituição e assinar e ratificar o Tratado sobre a Proibição de Armas Nucleares” que entrou em vigor no ano passado.

Recordando a guerra na Ucrânia, Takashi Miyata escreve: “As sirenes de alerta de ataque aéreo que soaram na Ucrânia”, no dia 24 de fevereiro, “inspiraram-me o mesmo medo que aquela bomba atómica” de 9 de agosto de 1945 sobre Nagasaki. Um ataque tão impiedoso e indiscriminado lembra-me o bombardeamento atómico de há 77 anos, que causou o sofrimento de muitas pessoas inocentes”. Sim, “já se passaram 77 anos após a Segunda Guerra Mundial”, continua Miyata, “mas a Rússia deu a entender que usaria armas nucleares, expondo o mundo à ameaça de guerra nuclear. É algo que absolutamente não pode ser tolerado”.

O representante dos sobreviventes do ataque atómico sobre Nagasaki termina lembrando: “Os hibakusha viveram esses 77 anos superando o sofrimento e a dor. Continuaremos a perseverar e cooperar com a sociedade civil global, acreditando num futuro brilhante, esperançoso e livre de armas nucleares. Nesta nova era trazida pelo Tratado sobre a Proibição de Armas Nucleares, prometemos comprometer- nos a transmitir os nossos desejos para a realização de um mundo livre de armas nucleares aos nossos filhos e aos filhos dos nossos filhos.”

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Uma coleção de livros infanto-juvenis que é uma missão para estas férias… e para o resto da vida

[O papel das estórias]

Uma coleção de livros infanto-juvenis que é uma missão para estas férias… e para o resto da vida novidade

Miúdos de férias rima com… leituras sérias. Calma: o objetivo era rimar, não assustar! Até porque os livros sobre os quais vos venho falar são, de facto, sobre temas sérios, mas não são nada aborrecidos. Ou, como diriam os miúdos a quem se dirigem: não são “uma seca”. Pelo contrário, podem ser uma lufada de ar fresco neste verão que se adivinha estar para aquecer.

Um casal em 2024

Um casal em 2024 novidade

“A D. Georgina e o Senhor Amaro comentam o trânsito dos jovens, ele irritado: isto é gente de fora, do karaté ou lá o que é, daquelas coisas chinesas de dar porrada. Ela, rancorosa: pois, deixam-nos vir para cá para aprenderem a fazer-nos mal, deviam era mandá-los a todos para a terra dele”. Um texto de Nuno Caiado, baseado num episódio real testemunhado em Lisboa.

Clientes de supermercados convidados a apoiar a Cruz Vermelha

Campanha Vale +

Clientes de supermercados convidados a apoiar a Cruz Vermelha novidade

Até ao próximo dia 26 de julho, uma nova edição da campanha Vale +, promovida pela Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), está a decorrer em 597 grandes superfícies de todo o país. Os clientes dos supermercados podem contribuir para esta iniciativa através da aquisição de vales monetários ou alimentares no ato de pagamento das suas compras, sendo que no próximo fim de semana, dias 20 e 21, donativos como bens alimentares e de higiene poderão ser diretamente entregues a voluntários que estarão em loja.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This