Hans Zollner em Fátima e Braga

Responsável do Vaticano no combate aos abusos sexuais faz formações em Portugal

| 27 Mai 21

Hans Zollner

Hans Zollner. Foto © Rebecski/Wikimedia Commons

 

O padre Hans Zollner, presidente do Centro para a Proteção de Menores, do Vaticano, integrado no Instituto de Psicologia da Universidade Pontifícia Gregoriana, estará nos próximos dias em Portugal a dirigir várias acções de formação sobre como lidar com os abusos sexuais de membros da Igreja e melhorar a protecção de menores.

No sábado, 29 de Maio, em Fátima, Zollner estará com bispos e membros das comissões diocesanas que, nos últimos anos, foram nomeadas para este sector, por determinação do Papa Francisco. O padre jesuíta, que é também membro da Comissão Pontifícia para a Tutela dos Menores, desde a sua criação em 2014, desenvolverá dois temas, informa a Ecclesia:

“A protecção de menores e de pessoas vulneráveis como parte integrante da missão da Igreja”; e “A missão das comissões diocesanas para a protecção de menores e de pessoas vulneráveis”.

Segunda-feira, 31, o padre Zollner falará aos superiores das congregações religiosas em Portugal e, na terça, 1 de Junho, falará ao clero de Braga, também com os mesmos temas.

A CEP publicou no início do ano as suas novas directrizes para a “protecção de menores e adultos vulneráveis”, nas quais se pede uma atitude de vigilância nas várias actividades pastorais e de colaboração com as autoridades.

“Os menores e os mais vulneráveis merecem ser tutelados por todos os meios à disposição, não só da Igreja, mas também da sociedade, dando especial importância à colaboração com as autoridades civis e recorrendo a especialistas qualificados de várias áreas disciplinares”, refere o documento.

As normas do Vaticano para estes casos, que são integradas no documento português, prevêem a obrigação de notificar as autoridades civis sobre eventuais denúncias e investigações prévias abertas, no respeito pelas leis do Estado e pela “vontade da presumível vítima”, neste caso, também, “encorajando-a, no exercício dos seus deveres e direitos perante as autoridades estatais”.

 

‘Caminho Minhoto Ribeiro’ reconhecido pelos arcebispos de Braga e Santiago

Em ano Xacobeo

‘Caminho Minhoto Ribeiro’ reconhecido pelos arcebispos de Braga e Santiago novidade

A cidade de Braga foi palco, nesta sexta-feira, 17, da declaração oficial de reconhecimento do Caminho Minhoto Ribeiro por parte dos arcebispos de Braga e de Santiago de Compostela, depois de esse processo ter decorrido já por parte das autarquias do lado português e galego. Na conferência que decorreu em Braga, cidade que é ponto de partida dos dois itinerários que compõem este Caminho, foi igualmente feita a apresentação da investigação documental que fundamenta este novo percurso, a cargo do professor e historiador galego Cástor Pérez Casal.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Só a capacidade de nos maravilharmos sustenta a resistência à crueldade e ao horror

Edgar Morin em entrevista

Só a capacidade de nos maravilharmos sustenta a resistência à crueldade e ao horror novidade

“Se formos capazes de nos maravilhar, extraímos forças para nos revoltarmos contra essas crueldades, esses horrores. Não podemos perder a capacidade de maravilhamento e encantamento” se queremos lutar contra a crise, contra as crises, afirmou Edgar Morin à Rádio Vaticano em entrevista conduzida pela jornalista Hélène Destombes e citada ontem, dia 18 de setembro, pela agência de notícias ZENIT

A votar, a votar!

[Segunda leitura]

A votar, a votar! novidade

“Começa hoje a campanha eleitoral para as eleições autárquicas de 26 de setembro”. Juro que ouvi isto na passada terça-feira, dia 14 de setembro. Assim mesmo, sem tirar nem pôr, na abertura de um noticiário na rádio: “Começa hoje a campanha eleitoral para as eleições autárquicas de 26 de setembro”. Juro.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This