Indicadores

Retratos quantitativos da pobreza em Portugal

| 19 Out 21

A jornada internacional para a erradicação da pobreza, que ocorreu neste domingo, 17, e à qual o 7MARGENS se referiu, foi pretexto para a publicação de alguns dados que constituem afloramentos quantitativos de um problema crónico com que Portugal se defronta.

Para deixar à mão dos leitores alguns indicadores sintomáticos dos últimos anos, aqui fica um quadro que chama a atenção para diferentes facetas da pobreza, cujo combate exige que sejam tidos em consideração. 

Recorde-se que a erradicação da pobreza – que é um dos objetivos de desenvolvimento sustentável – deveria estar efetivamente concretizada em 2030, de acordo com as metas definidas pelas Nações Unidas. 

Os dados são, na sua totalidade, extraídos da Pordata. 

Combater bem o mal

Combater bem o mal novidade

Os tempos que se vivem na Igreja Católica suscitam especial dor a todas as pessoas, sejam ou não crentes, provocando revolta em muitos contra um aparentemente imobilismo na resposta a uma crise que já se prolonga por demasiado tempo. A Igreja, enquanto realidade operante no mundo, não ficou imune a este fenómeno transversal à humanidade que é o abuso sexual de menores.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Comissão quer “dar voz ao silêncio” das vítimas dos “crimes hediondos” dos abusos do clero

Pedro Strecht apresentou membros

Comissão quer “dar voz ao silêncio” das vítimas dos “crimes hediondos” dos abusos do clero novidade

Daqui a um ano haverá relatório, que pode ser o fim do trabalho ou o início de mais. A comissão para estudar os abusos sexuais do clero português está formada e quer que as vítimas percam o medo, a vergonha e a culpa. Ou seja, que dêem voz ao seu silêncio. Pedro Strecht apresentou razões, o presidente dos bispos disse que não quer mais preconceitos nem encobrimentos, mas “autêntica libertação, autenticidade e dignidade para todos”.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This