Roberto Malgesini, o padre assassinado enquanto distribuía o pequeno-almoço aos pobres

| 17 Set 2020

roberto malgesini, Foto_ Comunidade de Sant'Egidio

O padre Roberto Malgesini era como “um pai” para os mais pobres, afirma o bispo de Como, Oscar Cantoni. Foto: Comunidade de Sant’Egídio.

 

Um “mártir da caridade”: é assim que o Papa define Roberto Malgesini, o padre assassinado na manhã de terça-feira, 15 de setembro, na cidade de Como (Lombardia, norte de Itália). Foi a ele “e a todos os padres, freiras, leigos, leigas que trabalham com pessoas necessitadas e descartadas pela sociedade” que dedicou as suas últimas palavras, antes de se despedir da pequena multidão que acompanhou a audiência geral desta quarta-feira.

“Uno-me à dor e à oração dos seus familiares e da comunidade de Como e, como disse o seu bispo, louvo a Deus pelo seu testemunho, isto é, pelo martírio, desta testemunha da caridade para com os mais pobres“, afirmou Francisco, citado pelo Vatican News.

O corpo do padre Roberto foi encontrado na manhã de terça-feira, pelas 7 horas, nas proximidades da paróquia de San Rocco, no centro de Como, onde trabalhava desde 2008.

Apresentava numerosos ferimentos de faca, e um deles, fatal, no pescoço. Segundo uma reconstrução inicial feita pelos investigadores, o padre Roberto estaria a iniciar a sua habitual ronda de distribuição de refeições quando encontrou o assassino à sua espera: um sem-abrigo que já conhecia, com quem aparentemente tinha bom relacionamento e a quem prestava assistência regularmente. Devido à falta de testemunhas, as circunstâncias em que ocorreu o assassinato são ainda desconhecidas, mas sabe-se que o sem-abrigo em questão sofria de perturbações mentais.

Muitos dos pobres a quem diariamente dava assistência foram ao local para prestar uma última homenagem, perplexos com o sucedido, pois era considerado como um pai. “Para os pobres, ele foi realmente um pai”, diz o bispo da diocese de Como, Oscar Cantoni, em entrevista ao Vatican News. “Um padre que sempre esteve ao lado das pessoas em dificuldade, tímido e despojado, nunca deixou de dar apoio aos que encontrava no seu caminho, com constância e parcimónia, ao serviço de toda forma de fragilidade humana”.

Para si, como bispo, o padre Roberto era, por outro lado, como um filho: “Sim, era como um filho e encontrávamo-nos com frequência. Ele falava-me da sua atividade, revelando as mais belas realidades, porque exercia este seu ministério com alegria. Uma vocação dentro da vocação”, explica. E conclui: “Era um homem e um sacerdote feliz porque descobriu que uma maneira de seguir Jesus era encontrá-lo na sua carne viva: os pobres”.

 

Pena de morte volta a matar em 2021

Relatório da Amnistia Internacional

Pena de morte volta a matar em 2021 novidade

Em 2021 a Amnistia Internacional (AI) confirmou 579 execuções de pessoas condenadas à morte pelo sistema judicial de 18 países. De acordo com a documentação da AI enviada ao 7MARGENS no dia 23 de maio, aquele número representa um crescimento de 20 por cento em relação ao registado no ano anterior. Contudo, graças à pandemia, em 2021 o número de execuções certificadas continua baixo, sendo o segundo menor desde 2010.

Comunicar, o verbo que urge conjugar

[A Igreja e os Média] – 3

Comunicar, o verbo que urge conjugar novidade

É urgente (sim, é esta a palavra certa) que a Igreja – a sua hierarquia, os seus múltiplos departamentos – entenda que, para manter a sua respeitabilidade não pode furtar-se ao escrutínio da comunicação social, não pode fechar-se na sua concha. Tem de comunicar, comunicar com todos, esclarecer sempre que questionada, com a rapidez e a linguagem dos tempos que correm.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Igreja no apoio às vítimas das cheias

Bangladesh e Índia

Igreja no apoio às vítimas das cheias novidade

Os católicos indianos juntaram-se aos esforços de socorro e resgate organizados por ONG e agências governamentais, na sequência daquilo que os especialistas já consideram ser as piores cheias dos últimos 20 anos, já que o número de mortos pelas inundações em Assam chegou a 24 no estado do nordeste.

Uma renovação a precisar de novos impulsos

Uma renovação a precisar de novos impulsos novidade

  A experiência que fizemos no Concílio Vaticano II constitui o rosto dos documentos tão ricos que ficam como acervo da sua memória, dizia frequentemente o bispo de Aveiro, D. Manuel de Almeida Trindade. Eu era seu colaborador pastoral. E pude verificar como...

Agenda

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This