Rússia: Retratos de Putin e Estaline decoram nova igreja ortodoxa, entre anjos e santos

| 3 Mai 20

Está quase pronta a Igreja das Forças Armadas, um novo templo ortodoxo perto de Moscovo, que deverá ser inaugurado neste mês de maio para assinalar os 75 anos da vitória sobre o regime nazi. Uma das obras de arte pensadas para decorar a igreja é um painel de mosaicos em que surgem representadas, entre santos e anjos, as figuras do atual Presidente russo, Vladimir Putin, e do ditador Josef Estaline, entre outras figuras políticas.

Nas paredes da igreja, pensada como um panteão para glorificar a história da nação e os seus líderes, podem também ser encontradas pinturas representativas de alguns dos momentos mais marcantes do passado da Rússia, como a anexação da Crimeia, segundo na quinta-feira, 30 de abril, o jornal digital AsiaNews.

Depois de algumas reações negativas e de o jornal russo Vedomosti ter apelidado a nova igreja de “paródia da história e do estado russos”, o Patriarcado russo comunicou que o destino dos mosaicos será decidido pelo Sínodo dos bispos e que talvez não venham a ser expostos para a devoção dos fiéis, mas referiu que a “opinião do Presidente” será tida em consideração.

Artigos relacionados