35 anos depois de “A Última Tentação...”

Scorsese vai realizar novo filme sobre Jesus

| 1 Jun 2023

O Papa Francisco, Martin Scorsese e a sua mulher, Helen, no Vaticano, 27 de maio, 2023. Foto © Vatican Media)

 

Trinta e cinco anos depois de A Última Tentação de Cristo, o realizador Martin Scorsese acaba de anunciar que tem em curso um projeto com vista a realizar um novo filme sobre Jesus, em resposta a um apelo do Papa.

“Respondi ao apelo que o Papa fez aos artistas da única maneira que sei: imaginando e escrevendo um argumento para um filme sobre Jesus e estou pronto para começar a fazê-lo”, adiantou o cineasta à revista La Civiltà Cattollica, uma publicação da responsabilidade dos jesuítas.

Realizador de filmes como A Cor do Dinheiro, Tudo Bons Rapazes, A Idade da Inocência, Gangues de Nova Iorque ou A Última Tentação de Cristo. Este último, baseado num homónimo de Nikos Kazantzakis, provocou, na altura, acesas polémicas, motivadas sobretudo pela forma como Jesus foi retratado.

Refira-se que o realizador norte-americano acaba de conhecer um grande sucesso no Festival de Cannes, com o seu último filme Killers of the Flower Moon, sobre o morticínio dos índios Osage, na América dos anos 20, do século passado. O filme foi mesmo considerado o grande ou, pelo menos, um dos grandes acontecimentos da edição de 2023 do conhecido certame cinematográfico.

O realizador e a esposa foram recebidos em audiência pelo Papa, no último sábado, depois de ele ter participado num encontro de 40 católicos criativos, em Roma, sobre “A estética global da imaginação católica”, patrocinada por La Civiltà Cattolica e pela Universidade de Georgetown, em Washington.

Nesse encontro, o Papa pediu aos artistas que ajudem a “abrir a nossa imaginação para que ela possa transcender as nossas perspetivas estreitas e abrir-se ao santo mistério de Deus”.

Segundo reportagem publicada pela revista America, Francisco apelou ainda a que “continuem a sonhar, a ser inquietos, a evocar palavras e visões que possam ajudar a interpretar o mistério da vida humana e orientaras nossas sociedades em direção à beleza e à fraternidade universal”.

“Continuem a abraçar, poeticamente, os anseios presentes no coração humano, para que não arrefeçam e desapareçam”, disse o Papa. “Fazer isso permite que o Espírito aja, crie harmonia nas tensões e contradições da vida, alimente nossa paixão pelo bem e promova o crescimento da beleza em todas as suas formas, aquela beleza que encontra expressão privilegiada nas artes”, acrescentou o Papa.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Reunião do Conselho dos Cardeais com o Papa voltou a contar com três mulheres

Uma religiosa e duas leigas

Reunião do Conselho dos Cardeais com o Papa voltou a contar com três mulheres novidade

Pela quarta vez consecutiva, o papel das mulheres na Igreja voltou a estar no centro dos trabalhos do Papa e do seu Conselho de Cardeais – conhecido como C9 -, que se reuniu no Vaticano nos últimos dois dias, 17 e 18 de junho. Tratou-se de uma reflexão não apenas sobre as mulheres, mas com as mulheres, dado que – tal como nas reuniões anteriores – estiveram presentes três elementos femininos naquele que habitualmente era um encontro reservado aos prelados.

Liga Operária Católica apela aos trabalhadores que se sindicalizem

Reunida em Seminário Internacional

Liga Operária Católica apela aos trabalhadores que se sindicalizem novidade

“Precisamos que os sindicatos sejam mais fortes e tenham mais força nas negociações e apelamos a todos os os trabalhadores a unirem-se em volta das suas associações”. A afirmação é dos representantes da Liga Operária Católica/Movimento de Trabalhadores Cristãos (LOC/MTC), que estiveram reunidos no passado fim de semana no Museu da Central do Caldeirão, em Santarém, para o seu Seminário Internacional.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This