Fundação AIS apoia iniciativa

Se da Síria é difícil vir à JMJ, faz-se uma JMJ na Síria

| 28 Jul 2023

Jovens sírios. Foto © ACN

A JMJ Síria irá reunir, a mais de cinco mil quilómetros de Lisboa, cerca de mil jovens daquele país. Foto © ACN.

 

Há quem vá acompanhar a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Lisboa 2023 pela televisão ou através das redes sociais, e há os que estão a organizar a sua própria Jornada… não porque queiram concorrer com o maior encontro de jovens com o Papa, mas porque estão impossibilitados de vir a Lisboa e ainda assim querem experienciar um pouco do espírito que ali se vai viver. Assim, na cidade de Saydnaya, nos arredores de Damasco, terá lugar de 1 a 6 de agosto, a JMJ Síria.

“Devido à situação muito difícil em que se encontra este país do Médio Oriente, que atravessa uma crise económica muito forte, foi decidido organizar localmente pela Igreja umas jornadas que permitam aos jovens viver um espírito de comunhão e partilha como se estivessem em Lisboa”, explica, em comunicado enviado ao 7MARGENS, a Fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), que apoiou a iniciativa com cerca de 180 mil euros.

O encontro irá reunir, a mais de cinco mil quilómetros de Lisboa, cerca de mil jovens das dioceses de Alepo, Homs, Lattakia, Tartus, Hauran, Hama, Qamishli, Hasaka e Damasco. Saydnaya, a cidade que acolhe esta concentração de juventude, é um importante centro de peregrinação consagrado a Maria.

“Tendo em conta os numerosos atentados jihadistas sofridos em Saydnaya durante a guerra civil, o facto de este evento se poder realizar ali é já um pequeno milagre”, sublinha Xavier Bisits, coordenador dos projetos da AIS no Líbano e na Síria. Bisits destaca ainda o facto de que este será “o primeiro evento nacional” com uma grande dimensão destinado à juventude síria.

O responsável pela organização desta JMJ Síria, o padre Raafaat Abou Al-Naser, refere por seu lado que este tipo de eventos é muito importante para ajudar a mobilizar os jovens de forma a que eles se sintam motivados a permanecer no país, apesar da crise em que se encontra.

O encontro será presidido pelo Patriarca da Igreja Greco-Católica Melquita, Joseph I Absi, e o Papa já aplaudiu a iniciativa. “Jesus está ao vosso lado e toda a Igreja está próxima de vós, rezando convosco e por vós, e amando-vos com a vossa esperança, coragem e solidariedade. Reavivareis as vossas Igrejas e reconstruireis o vosso país, restabelecereis a paz e a tranquilidade”, assegurou Francisco na mensagem que fez questão de enviar aos jovens que irão participar.

 

“As estatísticas oficiais subestimam a magnitude da pobreza e exclusão em Portugal”, denuncia Cáritas

Estudo apresentado dia 27

“As estatísticas oficiais subestimam a magnitude da pobreza e exclusão em Portugal”, denuncia Cáritas novidade

Ao basear-se em inquéritos junto das famílias, as estatísticas oficiais em Portugal não captam as situações daqueles que não vivem em residências habituais, como as pessoas em situação de sem-abrigo, por exemplo. E é por isso que “subestimam a magnitude da pobreza e exclusão em Portugal”, denuncia a Cáritas Portuguesa na introdução ao seu mais recente estudo, que será apresentado na próxima terça-feira, 27 de fevereiro, na Universidade Católica Portuguesa do Porto.

Ver teatro que “humaniza” e aprender a “salvar a natureza”? É no Seminário de Coimbra

Atividades abertas a todos

Ver teatro que “humaniza” e aprender a “salvar a natureza”? É no Seminário de Coimbra novidade

Empenhado em ser “um lugar onde a Cultura e a Espiritualidade dialogam com a cidade”, o Seminário de Coimbra acolhe, na próxima segunda-feira, 26, a atividade “Humanizar através do teatro – A Importância da Compaixão” (que inclui a representação de uma peça, mas vai muito além disso). Na terça-feira, dia 27, as portas do Seminário voltam a abrir-se para receber o biólogo e premiado fotógrafo de natureza Manuel Malva, que dará uma palestra sobre “Salvar a natureza”. 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Sessões gratuitas

Sol sem Fronteiras vai às escolas para ensinar literacia financeira

Estão de regresso as sessões de literacia financeira para crianças e jovens, promovidas pela Sol sem Fronteiras, ONGD ligada aos Missionários Espiritanos, em parceria com o Oney Bank. Destinadas a turmas a partir do 3º ano até ao secundário, as sessões podem ser presencias (em escolas na região da grande Lisboa e Vale do Tejo) e em modo online no resto do país.

O princípio de Betânia

O princípio de Betânia novidade

Numa sexta-feira, seis dias antes da Páscoa, no regresso de Jericó para Jerusalém, Jesus faz uma pausa em Betânia, uma pequena aldeia a três quilómetros de Jerusalém que visitava regularmente, sendo amigo da família de Lázaro, Marta e Maria. É que no sábado a lei judaica não permitia viajar. Entretanto, um tal Simão denominado “o leproso” (talvez um dos que Jesus tinha curado) convida-o para um jantar no sábado à noite na sua casa, também em Betânia. [Texto de José Brissos-Lino]

Ortodoxos denunciam imoralidade do conluio de Cirilo com Putin e a sua guerra

Carta nos dois anos da guerra na Ucrânia

Ortodoxos denunciam imoralidade do conluio de Cirilo com Putin e a sua guerra novidade

No momento em que passam dois anos sobre a invasão russa e o início da guerra na Ucrânia, quatro académicos do Centro de Estudos Cristãos Ortodoxos da Universidade de Fordham, nos Estados Unidos da América, dirigiram esta semana uma contundente carta aberta aos líderes das igrejas cristãs mundiais, sobre o papel que as confissões religiosas têm tido no conflito.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This