Aliança Evangélica Mundial

Sem liberdade religiosa, “todos os direitos humanos sofrem”

| 11 Jul 2022

Da esquerda para a direita: Alicia Edmund (EAUK), Janet Epp Buckingham (WEA), Danny Webster (EAUK), Thomas Schirrmacher (WEA), Godfrey Yogarajah (WEA), Gaetan Roy (Alemanha) e Yamini Yavindran (NCEASL). Foto © Martin Warnecke | WEA

Da esquerda para a direita: Alicia Edmund (EAUK), Janet Epp Buckingham (WEA), Danny Webster (EAUK), Thomas Schirrmacher (WEA), Godfrey Yogarajah (WEA), Gaetan Roy (Alemanha) e Yamini Yavindran (NCEASL). Foto © Martin Warnecke | WEA

 

Uma delegação da Aliança Evangélica Mundial (WEA, na sigla em inglês) e representantes das suas confissões no Reino Unido, Quénia e Sri Lanka participaram na Conferência Ministerial Internacional sobre Liberdade de Religião ou Crença 2022, que reuniu, em Londres, governos, parlamentares, representantes de fé e crença e sociedade civil de mais de 100 países com o objetivo de uma maior ação global sobre a liberdade de religião ou crença (LRC) para todos.

“Estamos gratos ao governo do Reino Unido por acolher esta reunião e destacar a perseguição de pessoas simplesmente com base na sua fé. Por muitos anos, a WEA defendeu os direitos de todos de praticar livremente sua fé. Continuamos a pedir aos governos que garantam que todos possam acreditar, adorar e viver de acordo com suas crenças religiosas”, disse o bispo Thomas Schirrmacher, secretário-geral da WEA.

A diretora de advocacia da WEA, Janet Epp Buckingham, comentou que a iniciativa incluiu “o quem é quem de especialistas e defensores no centro do ativismo pela liberdade religiosa”. “Quando todos esses defensores se reúnem num só lugar, facilita a colaboração que pode realmente fazer a diferença para as pessoas no terreno”, referiu.

O embaixador da WEA para a Liberdade Religiosa, Godfrey Yogarajah acrescentou: “Não tenho dúvidas de que a reunião ministerial ajudou a criar uma maior consciência global sobre a LRC, uma pedra angular de todos os direitos humanos. Onde a LRC é violada, todos os outros direitos humanos sofrem”, sustentou.

Falando em nome da Aliança Evangélica no Reino Unido que coordenou a participação da WEA e das Alianças Evangélicas nacionais, o diretor de advocacia Danny Webster disse que “Londres mostrou exatamente por que é que isso é tão essencial”. “As sociedades que apoiam a liberdade de religião ou crença para todos são mais fortes e saudáveis, e é um direito fundamental que promove outros direitos humanos e a promoção da democracia. Foi incrível ver tantos países, religiões e líderes da sociedade civil defendendo apaixonadamente a liberdade para todos. Mas a conferência deve ser apenas o começo, as palavras só podem significar muito até que sejam apoiadas por ação substancial e compromisso de longo prazo”, pediu, em jeito de conclusão e apelo à ação.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Índia

Carnataca é o décimo Estado a aprovar lei anticonversão

O Estado de Carnataca, no sudoeste da Índia, tornou-se, no passado dia 15 de setembro, o décimo estado daquele país a adotar leis anticonversão no âmbito das quais cristãos e muçulmanos e outras minorias têm sido alvo de duras perseguições, noticiou nesta sexta-feira, 23, o Vatican News, portal de notícias do Vaticano.

Neste sábado, em Lisboa

“Famílias naturais” em convívio contra a ideologia de género

Prometem uma “tarde de convívio e proximidade”, um concerto, diversão e “múltiplas actividades para crianças e adultos: o “Encontro da Família no Parque” decorre esta tarde de sábado, 24 de Setembro, no Parque Eduardo VII (Lisboa), a partir das 15h45, e “pretende demonstrar um apoio incondicional à família natural e pela defesa das crianças”.

Gratuito e universal

Documentário sobre a Laudato Si’ é lançado a 4 de outubro

O filme A Carta (The Letter) será lançado no YouTube Originals no dia 4 de outubro, anunciou, hoje, 21 de setembro, o Movimento Laudato Si’. O documentário relata a história da encíclica Laudato Si’, recolhe depoimentos de vários ativistas do clima e defensores da sustentabilidade do planeta e tem como estrela principal o próprio Papa Francisco.

Promessa cumprida, pacto assinado, e agora… “esperamos por ti em Lisboa”, Papa Francisco

Terminou o encontro em Assis

Promessa cumprida, pacto assinado, e agora… “esperamos por ti em Lisboa”, Papa Francisco novidade

“Espero por vocês em Assis.” Assim terminava a carta que o Papa escreveu aos jovens em maio de 2019, convidando-os a participar na Economia de Francisco. Apesar de uma pandemia o ter obrigado a adiar dois anos este encontro, e ainda que as dores no joelho o tenham impedido de vir pelo seu próprio pé, Francisco cumpriu a sua promessa, como só os verdadeiros amigos sabem fazer. Este sábado, 24, logo pela manhã, chegou à cidade de Assis para se juntar aos mil participantes do encontro A Economia de Francisco. Escutou atentamente os seus testemunhos e preocupações, deu-lhes os conselhos que só um verdadeiro amigo sabe dar, selou com eles um pacto e até reclamou por não terem trazido cachaça (bem sabemos que é próprio dos amigos rabujar e fazer-nos rir). Mas sobretudo provou-lhes que acredita neles e que é com eles que conta para fazer do mundo um lugar melhor.

Agenda

Fale connosco

Autores