Semana Laudato Si’ (6) – Desafio ecológico e luta por um mundo mais justo

| 21 Mai 20

Jorge Pina Cabral: Vencer o desafio ecológico

 

Depoimento de Jorge Pina Cabral, bispo da Igreja Lusitana e presidente do Conselho Português de Igrejas Cristãs (Copic).
Semana “Laudato Si’”, proposta pelo Papa Francisco para assinalar os cinco anos da publicação da encíclica sobre o “cuidado da casa comum”.
Iniciativa da Rede Cuidar da Casa Comum, com a colaboração do 7MARGENS.

 

Celia Deane-Drummond: há responsabilidades humanas na pandemia

Reduzir a pandemia de covid-19 a um mal natural é “simplista demais”. A crise pandémica pode compreender-se, antes, como um efeito das acções humanas e da interferência irresponsável na natureza, e também como uma consequência das decisões políticas, sociais e económicas das últimas décadas. Nesse sentido, o novo coronavírus é um exemplo de “um mal antropogénico que possui paralelos com as mudanças climáticas, isto é, o mal que surge com as ações humanas, mas que se expressa através de um desastre natural”.

Quem o afirma é a investigadora Celia Deane-Drummond, directora do Instituto de Pesquisa Laudato Si’, da Universidade de Oxford, numa entrevista ao portal do Instituto Unisinos, da Universidade do Vale do Rio dos Sinos, dos jesuítas, em Porto Alegre (Brasil).

A pandemia era um “desastre” previsível, apesar de ter apanhado a humanidade de surpresa, por causa dos mercados ilegais que, em diferentes partes do mundo, possibilitam a transferência de doenças entre espécies, muitas vezes vulneráveis e à beira da extinção e comercializadas para ganhos ilícitos. Por trás desse comércio estão causas como a procura dos mercados ocidentais ou as desigualdades sociais e económicas que levam pessoas em situações de pobreza a procurar rendimentos.

Nada disto é alheio à encíclica publicada a 24 de Maio de 2015, da qual se assinalam agora cinco anos. “A Laudato Si’ enfatiza a interconexão, o que é bastante óbvio nas circunstâncias em que nos encontramos; enfatiza a necessidade do diálogo e de trabalharmos em conjunto, o que está começando a surgir; e destaca a necessidade de relações sociais genuínas em vez de uma confiança demasiada no uso da tecnologia”, afirma.

Celia Deane-Drummond comenta também a recepção do documento do Papa Francisco em outros sectores para lá da Igreja Católica: a encíclica “visa o diálogo entre os que se encontram em desacordo, enquanto ao mesmo tempo pressiona por uma mensagem mais dura contra as injustiças de toda espécie”, assegura a investigadora na entrevista, que pode ser lida na íntegra no portal da Unisinos.

 

Teresa Palma Rodrigues: Conversão ecológica, a luta por um mundo mais justo

 

Depoimento de Teresa Palma Rodrigues, membro do Foco de Conversão Ecológica de Chelas e Marvila.
Semana “Laudato Si’”, proposta pelo Papa Francisco para assinalar os cinco anos da publicação da encíclica sobre o “cuidado da casa comum”.
Iniciativa da Rede Cuidar da Casa Comum, com a colaboração do 7MARGENS.

(A vigília promovida pela Rede Cuidar da Casa Comum, nesta quinta-feira, 21 de Maio, às 21h30, pode ser acompanhada pelo canal YouTube ou na página do Facebook daquela organização)

Artigos relacionados

Pin It on Pinterest

Share This