Semana Laudato Si’ (9): Exigências para o equilíbrio ecológico (e agora vem aí um ano Laudato Si’)

| 25 Mai 20

Cardeal António Marto: Três exigências para o equilíbrio ecológico

Depoimento do cardeal António Marto, bispo de Leiria-Fátima.
Semana “Laudato Si’”, proposta pelo Papa Francisco para assinalar os cinco anos da publicação da encíclica sobre o “cuidado da casa comum”.
Iniciativa da Rede Cuidar da Casa Comum, com a colaboração do 7MARGENS.

 

Um ano pela Terra

“O cuidado da natureza faz parte dum estilo de vida que implica capacidade de viver juntos e de comunhão. Jesus lembrou-nos que temos Deus como nosso Pai comum e que isto nos torna irmãos.” Foi com esta referência que o Papa anunciou a sua adesão ao ano especial dedicado à Laudato Si’, a encíclica sobre o cuidado da casa comum que neste domingo, 24 de Maio, assinalou o quinto aniversário de publicação.

Este ano especial é organizado pelo Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, e decorrerá até 24 de Maio de 2021. Entre os objectivos da iniciativa estão o conseguir um compromisso público comum em favor da sustentabilidade total” dentro dos próximos sete anos, envolvendo famílias, universidades, hospitais e estruturas de saúde, mundo dos negócios e rural, dioceses, escolas e ordens religiosas, pode ler-se na página do Secretariado da Pastoral da Cultura.

O Dicastério propõe, em particular, mais utilização de energia renovável limpa e uma redução dos combustíveis fósseis; maior acesso à água potável para quem não a tem; defesa de todas as formas de vida na Terra; atenção aos grupos vulneráveis, como as comunidades indígenas, migrantes e crianças em risco de escravidão; produção sustentável; comércio justo e solidário; consumos e investimentos éticos.

A nível individual recomenda-se a adoção de estilos de vida simples: sobriedade no uso dos recursos e da energia, evitar os plásticos de um só uso, adotar uma dieta mais vegetal e reduzir os consumos de carne, maior utilização dos transportes públicos em relação àqueles que mais poluem.

 

Catarina Sá Couto: Em que mudou a nossa vida?

Depoimento de Catarina Sá Couto, missionária leiga da Igreja Lusitana.
Semana “Laudato Si’”, proposta pelo Papa Francisco para assinalar os cinco anos da publicação da encíclica sobre o “cuidado da casa comum”.
Iniciativa da Rede Cuidar da Casa Comum, com a colaboração do 7MARGENS.

 

Nove traduções do Cântico das Criaturas

A encíclica Laudato Si’ (“Louvado sejas”) foi buscar o seu título ao Cântico das Criaturas, composto por Francisco de Assis há 800 anos. Para assinalar a Semana Laudato Si’, que terminou neste domingo, os franciscanos portugueses divulgaram nove traduções diferentes do Cântico das Criaturas, noticiou a Ecclesia.

As últimas foram dos poetas Jorge de Sena e Pedro Tamen, mas também há versões em português de três franciscanos: Fernando Félix Lopes, historiador e escritor; Mário Branco, poeta do século XX, autor de Sonetos (publicado postumamente em 2002); e Aloísio Tomás Gonçalves, autor de uma Vida de São Francisco de Assis (1928).

Os outros quatro são da autoria de protagonistas do movimento franciscanófilo português da primeira metade do séc. XX: Jaime de Magalhães Lima, Severo Portela e Afonso Lopes Vieira, que participaram no volume Em louvor de S. Francisco (1927), e Júlio Eduardo dos Santos, autor de São Francisco de Assis. Versão dos seus opúsculos (1927). As leituras das diferentes versões podem ser vistas no canal YouTube da agência Ecclesia.

Artigos relacionados


Notice: Undefined index: HTTP_REFERER in /home/setemargve/www/wp-content/plugins/smart-marketing-for-wp/egoi-for-wp.php on line 188