Francisco em entrevista

“Sempre que o Papa está doente, há uma brisa ou um furacão de conclave”

| 30 Ago 21

papa francico entrevista radio cope, foto site cope

Papa Francisco e Carlos Herrera, durante a entrevista na Casa Santa Marta. Foto reproduzida a partir do site da Rádio Cope.

 

Entrevistado pela rádio espanhola Cope, o Papa falou sobre a sua saúde e os rumores de que iria renunciar em breve. À pergunta “Como está?”, respondeu com um bem humorado “Continuo vivo!”, para logo a seguir lembrar que,  “sempre que o Papa está doente, há uma brisa ou um furacão de conclave”. A entrevista só será transmitida na íntegra no dia 1 de setembro, mas a estação de rádio já divulgou algumas das declarações de Francisco.

A conversa teve lugar numa pequena biblioteca da Casa Santa Marta, onde o Papa reside, e durou cerca de uma hora e meia. De acordo com o jornalista que o entrevistou, Carlos Herrera, o Papa “respondeu a tudo”. “Viemos com muitas perguntas e saímos do Vaticano com muitas respostas”, assegura.

“O Papa fala de saúde, dos rumores de renúncia, mas também da eutanásia em Espanha, do Afeganistão, de emigração, da Catalunha, e enviou uma mensagem aos Estados Unidos e à Europa em relação ao que aconteceu no Afeganistão, que é um dos temas que mais o preocupa”, avança o repórter.

A entrevista poderá ser acompanhada na quarta-feira, dia 1, a partir das 8 horas de Espanha (7 horas, em Portugal), no site da rádio Cope e nas redes sociais, através da hashtag #ElPapaConHerrera.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

“Caminhada pela Vida” contra regresso do aborto e da eutanásia

Neste sábado, em dez cidades

“Caminhada pela Vida” contra regresso do aborto e da eutanásia novidade

Uma “caminhada pela vida” em dez cidades portuguesas é a proposta da Federação Portuguesa pela Vida e da Plataforma Caminhadas pela Vida para este sábado, 22, à tarde, com o objectivo de contrariar o regresso do debate da eutanásia e os projectos de lei de alargamento de prazos no aborto apresentados entretanto no Parlamento pelas duas deputadas não inscritas.

Sínodo em demanda de mudanças

Sínodo em demanda de mudanças novidade

Falo-vos da reflexão feita pelo Papa Francisco, como bispo de Roma, no início do Sínodo, cuja primeira etapa agora começa, de outubro de 2021 a abril de 2022, respeitando às dioceses individuais. Devemos lembrar que o “tema da sinodalidade não é o capítulo de um tratado de eclesiologia, muito menos uma moda, um slogan ou novo termo a ser usado ou instrumentalizado nos nossos encontros. Não! A sinodalidade exprime a natureza da Igreja, a sua forma, o seu estilo, a sua missão”.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This