Nicarágua

Sétimo pré-candidato à presidência detido por Daniel Ortega

| 28 Jul 2021

Daniel Ortega mandou prender todos os pré-candidatos à presidência da Nicarágua. Foto © Cancillería del Ecuador

 

O governo da Nicarágua prendeu o sétimo pré-candidato da oposição à presidência, abrindo caminho para a reeleição do autoritário presidente Daniel Ortega, um ex-guerrilheiro de 75 anos que governa o país desde 2007. Durante a sua gestão, Ortega acabou com grande parte da imprensa independente da Nicarágua, perseguiu opositores e, em 2014, mudou as regras sobre reeleição, possibilitando que ele continue no poder. Em junho, o regime chegou a prender quatro pré-candidatos numa semana.

Perante a comunidade internacional, Ortega defende que os detidos são “criminosos” que pretendem realizar um golpe” com apoio dos EUA. Foi nesse sentido que, este sábado dia 24, Noel Vidaurre, pré-candidato pela Aliança de Cidadãos pela Liberdade, assim como o jornalista Jaime Arellano, foram colocados em prisão domiciliária, acusados de “minar a independência, a soberania, a autodeterminação e incitar a intervenção estrangeira”, segundo um comunicado da polícia citado pelo portal Unisinos.

Vidaurre afirmou que “nunca disse que a Nicarágua deveria ser sancionada, nem nada parecido. Não sei qual é o motivo [para a prisão]. Eles não me explicaram absolutamente nada”, afirmou.

As eleições na Nicarágua estão marcadas para 7 de novembro, e as candidaturas devem ser registadas entre 28 de julho e 2 de agosto. No entanto, as regras do país indicam que quem está sob investigação de crimes ou prisão não pode concorrer a um cargo eletivo. A polémica lei, promovida pelo Executivo e aprovada em dezembro passado, enumera “traidores da pátria” e desqualifica-os para concorrer a cargos públicos.

Anteriormente, as autoridades do país já haviam prendido os candidatos presidenciais da oposição Cristiana Chamorro, Arturo Cruz, Félix Maradiaga, Juan Sebastián Chamorro, Miguel Mora e Medardo Mairena, entre outras pessoas críticas do regime.

Do seu lado, Ortega ainda não anunciou oficialmente que é candidato à reeleição em novembro, mas os seus aliados presumem que ele será o candidato da Frente Sandinista de Libertação Nacional.

 

Representante dos sobreviventes de Nagasaki solidário com a Ucrânia

Nos 77 anos do ataque atómico

Representante dos sobreviventes de Nagasaki solidário com a Ucrânia novidade

“Apelo a todos os membros” do Parlamento japonês, “bem como aos membros dos conselhos municipais e provinciais” para que se “encontrem com os hibakusha (sobreviventes da bomba atómica), ouçam como eles sofreram, aprendam a verdade sobre o bombardeio atómico e transmitam o que aprenderem ao mundo”, escreve, numa carta lida nas cerimónias dos 77 anos do ataque atómico sobre Nagasaki, por um dos seus sobreviventes, Takashi Miyata.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Evento "importantíssimo" para o país

Governo assume despesas da JMJ que Moedas recusou

A ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares, Ana Catarina Mendes, chegou a acordo com o presidente da Câmara de Lisboa sobre as Jornadas Mundiais da Juventude, comprometendo-se a – tal como exigia agora Carlos Moedas – assumir mais despesa do evento do que aquela que estava inicialmente prevista, noticiou o Expresso esta quarta-feira, 3.

Multiplicar o número de leitores do 7MARGENS

Em 15 dias, 90 novos assinantes

Durante o mês de julho o 7MARGENS registou 90 novos leitores-assinantes, em resultado do nosso apelo para que cada leitor trouxesse outro assinante. Deste modo, a Newsletter diária passou a ser enviada a 2.863 pessoas. Estamos ainda muto longe de duplicar o número de assinantes e chegar aos 5.000, pelo que mantemos o apelo feito a 18 de julho: que cada leitor consiga trazer outro.

Parceria com Global Tree

JMJ promove plantação de árvores

A Fundação Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023 e a Global Tree Initiative estabeleceram uma parceria com o objectivo de levar os participantes e responsáveis da organização da jornada a plantar árvores. A iniciativa pretende ser uma forma de assinalar o Dia Mundial da Conservação da Natureza, que se assinala nesta quinta-feira, 28 de julho.

Padres de Lisboa saem em defesa do patriarca

Abusos sexuais

Padres de Lisboa saem em defesa do patriarca

O Secretariado Permanente do Conselho Presbiteral do Patriarcado de Lisboa saiu em defesa do cardeal patriarca, D. Manuel Clemente, numa nota publicada esta terça-feira à noite no site da diocese. Nas últimas semanas, Clemente tem sido acusado de não ter dado seguimento a queixas que lhe foram transmitidas de abusos sexuais.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This