Sínodo da Igreja da América Latina: já há um plano e documentos preparatórios

| 30 Mar 21

Papa, América Latina

Papa com latino-americanos. Foto © DR/Consejo Episcopal Latinoamericano

Avança a Assembleia Eclesial para a América Latina e Caribe, com a elaboração e distribuição dos documentos preparatórios a constituição de instâncias coordenadoras em cada país da região.

O processo sinodal, anunciado em 24 de janeiro último, terá o ponto alto na cidade do México, em finais de novembro deste ano, sob o lema “Somos todos discípulos missionários em saída”.

No final da semana passada, os secretários gerais das conferências episcopais da região receberam os instrumentos preparatórios, que guiarão as actividades preparatórias a iniciar em abril, coordenadas por equipas em cada país, que vão permitir “ouvir o povo de Deus”, estimulando a “participação de todos”.

No encontro com os secretários gerais dos bispos, os responsáveis do CELAM (Conselho Episcopal Latino-Americano) sugeriram que as equipas de coordenação sejam paritárias, isto é, “compostas por igual número de rapazes e moças, religiosos e religiosas, leigos e leigas, cujas opiniões e decisões terão o mesmo nível e valor que as do clero (diáconos, padres ou bispos)”.

O processo de escuta das bases e das diferentes estruturas será acompanhado por um documento de fundo, elaborado por uma comissão de especialistas, intitulado “Documento do Caminho”; um Guia Metodológico, em versão expandida e versão popular; e uma plataforma que reunirá e sistematizará as informações. Será aberta a possibilidade de criação de fóruns de discussão temáticos, entre outros. Deste processo surgirá um documento de trabalho que será a base para o processo de decisão da Assembleia, em novembro.

Num vídeo dirigido ao arcebispo de Trujillo e presidente do CELAM, Miguel Cabrejos Vidarte, o papa explicitou dois critérios que devem ser seguidos em todo o percurso sinodal:

“Gostaria de lhes dar dois critérios para os acompanhar neste tempo, um tempo que abre novos horizontes de esperança para nós. Primeiro, junto do povo de Deus: que esta assembleia não seja uma elite separada do santo povo fiel de Deus. Junto do povo: não se esqueçam, somos todos parte do povo de Deus, somos todos parte dele. Que o povo de Deus que é infalível “in credendo”, como nos diz o Concílio, é o que nos dá a pertença. Fora do povo de Deus surgem as elites, as elites iluminadas por uma ideologia ou outra, e isso não é a Igreja. A Igreja acontece no partir do pão, a Igreja acontece com todos, sem exclusão. Uma assembleia eclesial é o sinal de uma Igreja sem exclusão. E a outra coisa a ter em conta é a oração.No meio de nós. Está o Senhor.  Que o Senhor se faça ouvir, daí o nosso pedido de que Ele esteja connosco”.

Mauricio López, coordenador da Comissão de Escuta desta Assembleia, citado pelo site especializado em assuntos socio-religiosos Kayros, disse recentemente que se pretende “promover a aproximação com vozes que habitualmente têm sido excluídas ou não tiveram acesso , e que só é possível na capilaridade eclesial da proximidade encarnada pelas tão diversas presenças” dos participantes.

 

Encontra um trabalho que não amas, não perderás um minuto da tua vida

Encontra um trabalho que não amas, não perderás um minuto da tua vida novidade

Ainda antes de acabar o curso fui à minha primeira entrevista de trabalho “a sério”, numa produtora de filmes num bairro trendy de Lisboa. Roubei um dia à escrita da tese de mestrado, apanhei o comboio e lá fui eu, tão nervosa quanto entusiasmada. O dono começou por me perguntar se fazer cinema era o meu sonho. Fiquei logo sem chão. Sofri, desde muito cedo, de um mal que me acompanha até hoje: sonhava demais e muitos sonhos diferentes.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Papa faz viagem escaldante e talvez leve afegãos para Roma

Francisco no Chipre e Grécia

Papa faz viagem escaldante e talvez leve afegãos para Roma novidade

“A Europa não pode ignorar o Mediterrâneo”, diz o Papa, que inicia nesta quinta-feira uma viagem para recordar a convivência inter-religiosa que Chipre já viveu e a osmose entre o pensamento grego e o cristianismo. Mas Francisco atravessará terreno escaldante, tensões políticas e tragédias humanitárias ao rubro: a última capital do mundo partida ao meio, Grécia e Turquia zangadas, refugiados, migrações, diálogo com os ortodoxos, convivência com os muçulmanos…

“o Filho do homem numa nuvem…”

Tempo de Advento (I)

“o Filho do homem numa nuvem…” novidade

Desde há vários anos, a comunidade da Capela de Nossa Senhora da Bonança (conhecida como Capela do Rato), em Lisboa, assinala o tempo litúrgico do Advento com a publicação de postais com uma pintura encomendada a um(a) artista e um poema alusivo ao dia. Este ano, a convidada foi a artista algarvia Lígia Rodrigues, sendo os textos da autoria da escritora Leonor Xavier e do actor e encenador Luís Miguel Cintra.

Pelo menos 27 mil crianças detidas na Síria, sem acesso a direitos básicos

Amnistia Internacional pede repatriamento

Pelo menos 27 mil crianças detidas na Síria, sem acesso a direitos básicos novidade

São pelo menos 27 mil as crianças detidas no campo de refugiados de al-Hol, no nordeste da Síria, sem acesso adequado a alimentos, água potável e serviços essenciais, como saúde e educação, enquanto os governos “desrespeitam as suas obrigações” de defesa dos direitos humanos e de proceder ao repatriamento com a máxima urgência, defendeu a Amnistia Internacional (AI) num comunicado enviado esta terça-feira, 30, ao 7MARGENS.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This