Sínodo da Igreja da América Latina: já há um plano e documentos preparatórios

| 30 Mar 2021

Papa, América Latina

Papa com latino-americanos. Foto © DR/Consejo Episcopal Latinoamericano

Avança a Assembleia Eclesial para a América Latina e Caribe, com a elaboração e distribuição dos documentos preparatórios a constituição de instâncias coordenadoras em cada país da região.

O processo sinodal, anunciado em 24 de janeiro último, terá o ponto alto na cidade do México, em finais de novembro deste ano, sob o lema “Somos todos discípulos missionários em saída”.

No final da semana passada, os secretários gerais das conferências episcopais da região receberam os instrumentos preparatórios, que guiarão as actividades preparatórias a iniciar em abril, coordenadas por equipas em cada país, que vão permitir “ouvir o povo de Deus”, estimulando a “participação de todos”.

No encontro com os secretários gerais dos bispos, os responsáveis do CELAM (Conselho Episcopal Latino-Americano) sugeriram que as equipas de coordenação sejam paritárias, isto é, “compostas por igual número de rapazes e moças, religiosos e religiosas, leigos e leigas, cujas opiniões e decisões terão o mesmo nível e valor que as do clero (diáconos, padres ou bispos)”.

O processo de escuta das bases e das diferentes estruturas será acompanhado por um documento de fundo, elaborado por uma comissão de especialistas, intitulado “Documento do Caminho”; um Guia Metodológico, em versão expandida e versão popular; e uma plataforma que reunirá e sistematizará as informações. Será aberta a possibilidade de criação de fóruns de discussão temáticos, entre outros. Deste processo surgirá um documento de trabalho que será a base para o processo de decisão da Assembleia, em novembro.

Num vídeo dirigido ao arcebispo de Trujillo e presidente do CELAM, Miguel Cabrejos Vidarte, o papa explicitou dois critérios que devem ser seguidos em todo o percurso sinodal:

“Gostaria de lhes dar dois critérios para os acompanhar neste tempo, um tempo que abre novos horizontes de esperança para nós. Primeiro, junto do povo de Deus: que esta assembleia não seja uma elite separada do santo povo fiel de Deus. Junto do povo: não se esqueçam, somos todos parte do povo de Deus, somos todos parte dele. Que o povo de Deus que é infalível “in credendo”, como nos diz o Concílio, é o que nos dá a pertença. Fora do povo de Deus surgem as elites, as elites iluminadas por uma ideologia ou outra, e isso não é a Igreja. A Igreja acontece no partir do pão, a Igreja acontece com todos, sem exclusão. Uma assembleia eclesial é o sinal de uma Igreja sem exclusão. E a outra coisa a ter em conta é a oração.No meio de nós. Está o Senhor.  Que o Senhor se faça ouvir, daí o nosso pedido de que Ele esteja connosco”.

Mauricio López, coordenador da Comissão de Escuta desta Assembleia, citado pelo site especializado em assuntos socio-religiosos Kayros, disse recentemente que se pretende “promover a aproximação com vozes que habitualmente têm sido excluídas ou não tiveram acesso , e que só é possível na capilaridade eclesial da proximidade encarnada pelas tão diversas presenças” dos participantes.

 

Quando os padres não abusadores são as vítimas colaterais dos abusos do clero

Encontro “Cuidar” em Lisboa

Quando os padres não abusadores são as vítimas colaterais dos abusos do clero novidade

“O que encontramos assusta-me: desilusão, depressão, crise existencial, perda de identidade, fim da relação entre presbíteros, perda de confiança na instituição e na hierarquia.” O diagnóstico cáustico é feito ao 7MARGENS pelo padre inglês Barry O’Sullivan, 61 anos, da diocese de Manchester, que estudou o impacto dos abusos sexuais entre os padres não abusadores.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

De 1 a 31 de Julho

Helpo promove oficina de voluntariado internacional

  Encerram nesta sexta-feira, 24 de Junho, as inscrições para a Oficina de Voluntariado Internacional da Helpo, que decorre entre 1 e 3 de Julho. A iniciativa é aberta a quem se pretenda candidatar ao Programa de Voluntariado da Organização Não Governamental para...

Luz e negrume

Luz e negrume novidade

As obras de Pedro Costa, cineasta, Rui Chafes, escultor, e Paulo Nozolino, fotógrafo, e de Simon Hantaï, artista plástico, estão expostas em Paris, respectivamente no Centre Georges Pompidou e na Fundação Louis Vitton. Um autor, identificado como Anonymous, estabelece com elas um diálogo em dois poemas traduzidos por João Paulo Costa, investigador na área de filosofia e autor de À sombra do invisível (Documenta, 2020).

Paróquia de Nossa Senhora da Hora: Ouvir os leigos na nomeação de padres e bispos

Contributos para o Sínodo (23)

Paróquia de Nossa Senhora da Hora: Ouvir os leigos na nomeação de padres e bispos novidade

Os leigos devem ser ouvidos nos processos de nomeação de párocos e de escolha dos bispos e a Igreja deve ter uma lógica de reparação da situação criada pelos abusos de menores. Evitar o clericalismo e converter os padres a uma Igreja minoritária, pobre, simples, dialogante, sinodal é outra das propostas do Conselho Paroquial de Pastoral da Paróquia de Nossa Senhora da Hora (Matosinhos).

Saúde mental dos jovens: a urgência de um novo paradigma

Saúde mental dos jovens: a urgência de um novo paradigma novidade

A saúde mental dos jovens tem-se vindo a tornar, aos poucos, num tema com particular relevância nas reflexões da sociedade hodierna, ainda que se verifique que estas possam, muitas das vezes, não resultar em concretizações visíveis e materializar em soluções para os problemas que afetam os membros desta mesma sociedade. A verdade é que, apesar de todos os esforços por parte dos profissionais de saúde e também das pessoas, toda a temática é, ainda, envolvida por uma “bolha de estigmas”, o que a transforma numa temática-tabu.

Agenda

There are no upcoming events.

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This