Síria: 90% das crianças precisam de ajuda humanitária

| 12 Mar 21

Um dos meninos do campo informal de deslocados na Síria, próximo da fronteira com a Turquia, fotografado à entrada de uma tenda. Foto © UNICEF/Nour Alshami

Durante os dez anos de guerra na Síria, 12.500 crianças foram mortas ou feridas, revelou a Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) em comunicado divulgado esta quinta-feira, 11 de março. No relatório dedicado a este conflito, a organização adianta que 90% das crianças sírias vivem em situações precárias e precisam de ajuda humanitária.

Citado pelo Muslim News, o relatório refere outros números igualmente dramáticos: mais de meio milhão de crianças encontram-se atrofiadas no seu desenvolvimento por causa de malnutrição crónica, dois milhões não frequentam a escola, enquanto mais de 5.700 integram as fileiras das milícias e exércitos que se combatem em território sírio.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

O outro sou eu

O outro sou eu novidade

Há tanto que me vem à cabeça quando penso em Jorge Sampaio. Tantas ocasiões em que o seu percurso afetou e inspirou o meu, quando era só mais uma adolescente portuguesa da primeira geração do pós-25 de Abril à procura de referências. Agora, que sou só uma adulta que recusa desprender-se delas, as memórias confundem-se com valores e os factos com aspirações.

Líbano: Siro-católicos dizem-se marginalizados

Líbano tem novo Governo

Líbano: Siro-católicos dizem-se marginalizados novidade

O novo Governo do Líbano, liderado pelo muçulmano sunita Najib Mikati, obteve nesta segunda-feira, 20 de setembro, o voto de confiança do Parlamento. A nova estrutura de Governo reflete na sua composição a variedade do “mosaico” libanês, nomeadamente do ponto de vista das diversas religiões e confissões religiosas, mas os siro-católicos dizem ter sido marginalizados.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This