Proposta entregue à CEP

Siza Vieira vai “materializar” o pedido de desculpas às vítimas de abusos

| 10 Jul 2022

Apresentação da Comissão Independente para o Estudo dos Abusos Sexuais na Igreja Católica em Portugal, em 10 de Janeiro, na Fundação Gulbenkian, em Lisboa: foram 352 denúncias validadas a dia 10 de julho, seis meses depois. Foto © 7Margens.

 

A Comissão Independente (CI) para o Estudo de Abusos Sexuais de Crianças na Igreja Católica Portuguesa atualizou o número de denúncias de casos de abusos para 352, no dia em que faz o balanço dos seis meses sobre a criação da CI. Em comunicado enviado ao 7MARGENS, a equipa liderada por Pedro Strecht refere ainda que está em andamento o “implemento do estudo de Arquivos secretos e Históricos da Igreja – fase 1 – junto das diversas Dioceses, pelo Grupo de Investigação Histórico, liderado pelo Prof. Dr. Francisco Azevedo Mendes”.

A maior novidade está no facto de, apenas onze dias depois de falarem na necessidade da igreja portuguesa refletir sobre a melhor forma de “materializar” o pedido de perdão às vítimas numa iniciativa, a CI avançar com a notícia de que convidou o arquiteto Siza Vieira para a materializar essa ideia que está “em fase de estudo e de proposta à Conferência Episcopal Portuguesa (CEP)”, sem se conhecer ainda qual a posição oficial da CEP sobre isto.

A CI reafirma também a sua vontade de chegar a outro tipo de população e por isso deixa o “apelo a Dioceses e Comissões Diocesanas das respectivas regiões para envolvimento de proximidade junto destas pessoas e apelo ao testemunho”, assim como faz o “apelo junto do Ministério da Saúde para instalação de publicidade estática nos Centros de Saúde de todo o País” e o “envio para a Anafre, Associação de Juntas de Freguesias e respectivas delegações regionais, de apelo à divulgação dos contactos da CI”. Já concretizado, informam, foi a “divulgação junto de Associação Nacional de Farmácias, (…) através de reportagem incluída na revista Saúda deste mês”.

A Comissão Independente continua disponível pelos seguintes contactos:

https//darvozaosilencio.org
Endereço eletrónico: geral@darvozaosilencio.org
Telemóvel: 917 110 000
Correio postal:
CE COMISSÃO INDEPENDENTE
APARTADO 012079
EC PICOAS – LISBOA
1061 – 011 LISBOA

 

Luigino Bruni: “Se organizarmos a JMJ Lisboa como há dez anos, será um falhanço total”

Diretor d'A Economia de Francisco, em Assis, ao 7M

Luigino Bruni: “Se organizarmos a JMJ Lisboa como há dez anos, será um falhanço total” novidade

Professor de Economia Política da Universidade Lumsa de Roma, e consultor do Dicastério para os Leigos, Luigino Bruni é um apaixonado pela Bíblia e pelo cruzamento entre disciplinas como a Ética e a Economia. No final do encontro global d’A Economia de Francisco, que decorreu entre os passados dias 22 e 24 de setembro em Assis, falou ao 7MARGENS sobre o balanço que faz desta iniciativa, e deixou alguns conselhos aos organizadores da Jornada Mundial da Juventude 2023, que irá realizar-se em Lisboa.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Índia

Carnataca é o décimo Estado a aprovar lei anticonversão

O Estado de Carnataca, no sudoeste da Índia, tornou-se, no passado dia 15 de setembro, o décimo estado daquele país a adotar leis anticonversão no âmbito das quais cristãos e muçulmanos e outras minorias têm sido alvo de duras perseguições, noticiou nesta sexta-feira, 23, o Vatican News, portal de notícias do Vaticano.

Neste sábado, em Lisboa

“Famílias naturais” em convívio contra a ideologia de género

Prometem uma “tarde de convívio e proximidade”, um concerto, diversão e “múltiplas actividades para crianças e adultos: o “Encontro da Família no Parque” decorre esta tarde de sábado, 24 de Setembro, no Parque Eduardo VII (Lisboa), a partir das 15h45, e “pretende demonstrar um apoio incondicional à família natural e pela defesa das crianças”.

Gratuito e universal

Documentário sobre a Laudato Si’ é lançado a 4 de outubro

O filme A Carta (The Letter) será lançado no YouTube Originals no dia 4 de outubro, anunciou, hoje, 21 de setembro, o Movimento Laudato Si’. O documentário relata a história da encíclica Laudato Si’, recolhe depoimentos de vários ativistas do clima e defensores da sustentabilidade do planeta e tem como estrela principal o próprio Papa Francisco.

Prémio D. António Francisco homenageou pediatria e Serviço Nacional de Saúde

Ala pediátrica do São João e Centro Materno Infantil

Prémio D. António Francisco homenageou pediatria e Serviço Nacional de Saúde novidade

A ala pediátrica do Centro Hospitalar Universitário de São João e o Centro Materno Infantil do Norte (CMIN) receberam, ao início da tarde desta segunda-feira, o Prémio D. António Francisco correspondente à edição deste galardão para o ano de 2020. Em virtude da pandemia, o prémio só agora foi entregue, em cerimónia que decorreu no Palácio da Bolsa, no Porto. Ambas as entidades foram consideradas pelo júri como cumprindo “de forma exemplar os valores do Prémio”, que com esta atribuição fqaz também um “reconhecimento público ao Serviço Nacional de Saúde, pelo esforço desenvolvido na resposta à pandemia”.

Agenda

Fale connosco

Autores