Sociedade

Viver no ritmo certo

Enquanto pensava no que iria escrever este mês, havia uma palavra que não saía da minha mente: “descanso”. Obtive a confirmação desta quando, por coincidência ou não, este foi o tema escolhido pela Aliança Evangélica Europeia para a sua semana universal de oração, realizada de 9 a 16 de janeiro de 2022. Os líderes evangélicos apelam a que todos possam viver no ritmo de Deus porque estamos a ser engolidos por uma onda de homens e mulheres sobrecarregados, completamente esgotados e sem força para lutar mais pela vida.

ONG de direitos humanos

Guterres criticado por não denunciar a China

A supressão de direitos humanos na China é um dos pontos fortes do relatório anual da Human Rights Watch, divulgado esta quinta-feira, dia 13. A liderança desta ONG, em declarações a propósito do relatório, fez um apelo aos estados democráticos para que que boicotem os Jogos Olímpicos de inverno, prestes a começar.

Carta pastoral

Arcebispo de Santa Fé pede fim da corrida nuclear actual, “mais perigosa do que a primeira”

“Já não podemos negar ou ignorar a situação extremamente perigosa da nossa família humana e que estamos numa nova corrida ao armamento nuclear muito mais perigosa do que a primeira.” Quem o escreve é o arcebispo John C. Wester, de Santa Fé, Novo México (Estados Unidos), numa carta pastoral em que defende a eliminação de todas as armas nucleares e a necessidade de reflectir sobre a situação actual e a razão pela qual o mundo precisa urgentemente de iniciar agora o processo de desarmamento nuclear.

Maratona de Cartas da Amnistia

Mikita Zalatarou, o rapaz que gosta de andar de bicicleta

Esta é uma história complexa, cheia de intriga nacional e internacional. Cheia de influência, de procura de poder e de vontade de poder. É uma história de gente agarrada ao poder, que não olha a meios para o atingir. É uma história com muitas histórias dentro. Com muitos protagonistas e muitos interesses económicos e políticos. Com negócios internacionais, gás e outros combustíveis fósseis. E heróis, pessoas inocentes que não escolheram esse heroísmo, mas que se viram no meio de uma tempestade caótica que hoje se chama Bielorrússia.

Apareci nas notícias!

14 de dezembro de 2021. Apareci nas notícias: sou um dos 3591 novos casos de infeção por covid-19. Bem tentei, mas não consegui: cancelei jantares grandes, privilegiei estar só com a minha família e amigos mais próximos, evitei ambientes com demasiadas pessoas, reforcei a máscara, andei menos de transportes públicos, cumpri todas as regras e recomendações e, mesmo assim, o vírus entrou cá em casa.

Comissão divulgou contactos e métodos

Dar voz ao silêncio: 917 110 000. E agora, é a vez das vítimas de abusos sexuais

Está dito ao que vem a nova comissão: apelos a que as eventuais vítimas percam o medo e ultrapassem o difícil que será reviver histórias que se queriam enterradas; o objectivo de recolher testemunhos e não fazer qualquer estudo exaustivo ou inquérito judicial – mas abrindo a possibilidade a que, no final do ano, se veja que há matéria para mais trabalho.

20 anos de Guantánamo

Amnistia pressiona Biden para fechar prisão

A diretora do programa Segurança com Direitos Humanos da secção americana da Amnistia Internacional, Daphne Eviatar, informou nas páginas da organização que nesta terça-feira, 11 de janeiro, vão ter lugar várias ações para pressionar o Presidente Biden a “fechar de uma vez por todas” a prisão de Guantánamo “um local de tortura e detenção injustificada por tempo indeterminado” aberto há 20 anos.

Ser pai no inverno da Estónia

Estou a viver na Estónia há oito anos e fui pai recentemente. Vim para aqui estudar e, como acontece a muitos outros portugueses espalhados por esse mundo, apaixonei-me por uma mulher deste país, arranjei trabalho, casei e o mais recente capítulo da minha história é o nascimento do meu filho, no mês de dezembro de 2021.

[Os dias da semana]

Os ultracrepidários

O ultracrepidarianismo é um termo recente que designa um hábito antigo. Foi agora eleita na Bélgica como a palavra do ano de 2021 para assinalar a extraordinária generalização da prática de emitir juízos sobre assuntos que se desconhecem.

Nas margens da filosofia (XLI)

A importância de desacelerar

Um dos alertas que nos foi dado pelo Papa Francisco na sua encíclica Laudato Si’ foi a necessidade de tomarmos consciência do ritmo frenético que se instalara nas nossas vidas. O termo por ele usado foi rapidación, essa velocidade imposta às acções humanas, fortemente contrastante com a lentidão natural da evolução biológica.”

Índia

Exército despeja Missionárias da Caridade

O Ministério da Defesa da Índia ordenou o despejo das Missionárias da Caridade do edifício do lar Shishu Bhavan para crianças órfãs no Estado de Uttar Pradesh. O despejo foi ordenado na sequência do termo da concessão do terreno em que o lar está implantado, concessão que o Estado Indiano não quis renovar.

[Os dias da semana]

Uma palavra do ano

  Escolher a palavra em que melhor se pode encaixar um ano é uma prática comum em diversos países. Em Portugal, tem sido a Porto Editora a dinamizar esse exercício, que possibilitou que, até sexta-feira, 31, se pudesse seleccionar uma de entre dez palavras para...

A crise da demografia portuguesa (3)

A evolução demográfica do país a partir da evolução dos concelhos

Sessenta anos de estagnação demográfica para três quartos do território criam condições para o envelhecimento e a ausência de juvenilização. E os municípios do chamado litoral começam a dar sinais de que a sua população jovem emigra também para os vários estrangeiros onde consegue sobreviver. Terceiro texto da série sobre a crise da demografia em Portugal.

2021-2022, marcas do tempo (3)

A pandemia do nosso descontentamento

este ano termina com a certeza de que a pandemia e as suas consequências são fenómenos que se vão prolongar no tempo. A fadiga causada por esta consciência acrescida ou, mais simplesmente, o sentimento de incapacidade e de impotência para vencer definitiva e rapidamente o vírus constitui um terreno propício a movimentos de cariz autoritário, xenófobo e populistas. A resiliência das democracias e as convicções democráticas das suas populações serão, assim, postas à prova em 2022.

2021-2022, marcas do tempo (2)

A voz profética de David Attenborough sobre o clima

Na cimeira de Glasgow, David Attenborough, o conhecido documentarista sobre a vida no planeta e ativista das causas ambientais, interveio na sessão de abertura. O seu discurso passou relativamente despercebido, no bruaá das outras vozes. E no entanto ele teve o mérito de ir além das abordagens catastrofistas, por vezes paralisantes, para colocar o foco na esperança e nas oportunidades que se abrem.

E hoje, onde vamos?

Há pouco menos de um mês lançámo-nos em mais uma viagem de carro neste país que nos acolhe. Nove dias, cerca de dois mil quilómetros percorridos. De tudo, no entanto, destacou-se uma pergunta. Uma pergunta livre, sem agenda. Simples. Direta.

Desmond Tutu (1931-2021)

A bondade, o riso, a alegria e a compaixão

Desmond Tutu, rosto da luta contra o regime do apartheid, presidente da Comissão Verdade e Reconciliação (CVR) depois do fim do regime segregacionista, defensor da não-violência, riso e humor aberto, construtor de pontes entre cristãos, crentes e pessoas de boa-vontade, morreu neste domingo, 26 de Dezembro, na Cidade do Cabo, África do Sul.

O mundo nas nossas mãos (6)

Cuidarmos e sermos cuidados não tem fim

A necessidade humana não tem fim. Não sei se terá sido por isso, também, que Jesus disse: “os pobres sempre os tereis entre vós”. Na minha vida tenho aprendido que muitas vezes a pobreza humana, seja material ou espiritual, está um pouco por todo o lado, até onde menos a esperava. Tenho-lhe dedicado uma boa parte do meu percurso, combatendo-a como sei e posso, a começar em mim próprio.

O mundo nas nossas mãos (4)

A arte do encontro

Escrevi, há mais de ano e meio, um texto de opinião no 7MARGENS sobre a minha experiência dos tempos de quarentena; entre outras coisas, num projecto que dava os primeiros passos: uma cantina solidária que nascia no Colégio Luso-Internacional de Braga para dar resposta aos casos de emergência alimentar que se multiplicavam, um pouco por toda a cidade, ao mesmo tempo que várias respostas sociais se viam forçadas a fechar as portas por causa da pandemia. Se, no início, pensávamos que seria um projecto para durar o tempo do confinamento, quiçá mais umas semanas, enquanto as respostas que tinham encerrado se recompunham, rapidamente nos apercebemos de que não era bem assim…

O mundo nas nossas mãos (3)

Desinvistam das consolas!

Desde pequeno fui incentivado a participar em campos de férias de verão. Devo-o em especial à minha mãe que me fazia combater a insegurança e me convencia a entrar no comboio em Santa Apolónia para passar quinze dias das férias a acampar com outros quarenta da minha idade. 

[Os dias da semana]

A tralha natalícia

No período do advento natalício, o frenesi consumista nota-se mais. O dinheiro esbanjado em coisas desnecessárias é mais ostensivo. Em vez de ser uma festa que aponta para a alegria e a liberdade, o Natal parece homenagear a tristeza de uma insaciabilidade cumulada de tralha.

“Amor e cuidado”

Igrejas europeias apelam à vacinação

Os bispos católicos europeus e a organização que representa as igrejas ortodoxas, protestantes e anglicanas emitiram um comunicado conjunto apelando à vacinação contra a covid-19 como forma de combater a propagação da nova variante da pandemia e também de manifestar o cuidado para com os mais frágeis. 

"Grupo Wagner"

União Europeia aprova sanções contra mercenários russos

O Conselho de Ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia adoptou um conjunto de sanções contra pessoas e entidades ligadas ao Grupo Wagner, empresa paramilitar de mercenários russos tem sido acusada pela UE de desenvolver actividades militares ilegais e de violar direitos humanos, nomeadamente em países de África. 

Velório e funeral na Capela do Rato

Leonor Xavier (1943-2021): Uma fé enxuta, mulher de certezas e de esperança

A escritora e jornalista Leonor Xavier, co-fundadora do núcleo português do movimento Nós Somos Igreja, morreu na noite deste domingo, 12 de Dezembro, em Lisboa. O velório realiza-se a partir das 17h desta segunda-feira, na Capela do Rato, onde Leonor Xavier dinamizou muitas actividades, nos últimos anos. A eucaristia de exéquias será celebrada terça, 14, também na Capela do Rato, às 10h. 

Mais pobres sem vacinas

Covax atinge menos de metade do previsto

A iniciativa Covax não chegará a distribuir este ano muito mais de 800 milhões de doses de vacinas contra a covid-19, número muito abaixo do objetivo inicial de dois mil milhões de doses previstos para entregar aos países mais pobres do mundo, concluiu uma investigação conduzida por jornalistas do Washington Post, publicada nesta sexta, 10 de dezembro.

Criminalizar os pobres?

A sociedade suíça é muitas vezes encarada como modelo de civilização, ordem, limpeza e harmonia. Este caso choca-nos porque denota a intenção de esconder a pobreza (sem a eliminar) como algo de indecoroso ou incómodo, que dá “mau aspeto”, como quem varre o lixo para não destruir essa suposta limpeza, ordem ou harmonia.

[Os Dias da Semana]

Não nos siga nas redes sociais

As redes sociais oferecerão vantagens que alguns terão competências para aproveitar, mas, hoje, é impossível desconhecer os seus abundantes inconvenientes, congénitos, há quem garanta. As vozes dos que têm denunciado que o modelo de negócio das redes sociais – a sua razão de ser, portanto – assenta na rendibilidade dos seus efeitos mais nefastos têm sido assaz audíveis. Muitos dos que se manifestam contra elas conhecem-nas internamente, por nelas terem desempenhado funções de relevo. Sabem, pois, muito bem do que falam. Entretanto, os que julgam que as desvantagens das redes sociais suplantam os benefícios têm-se multiplicado. Por essa razão, abandonam-nas, mesmo que daí resulte algum prejuízo. Não algum, mas imenso, foi o que a Lush, uma famosa marca de produtos de cosmética britânica com 400 lojas próprias em todo o mundo, teve ao encerrar milhares de contas do Facebook, Instagram, Snapchat e TikTok.

Ombros sedutores? “Nem tanto ao mar, nem tanto à terra”

Um texto a propósito de algumas atitudes pouco abonatórias adoptadas como política ou como procedimento em algumas instituições moçambicanas. Refiro-me ao preconceito de que os ombros das mulheres são sedutores e que os seus cabelos, quanto menos naturais, melhor. Ainda não me fiz entender, eu sei.

SNS ou Gesundheitsamt?

Muito se tem falado sobre vacinas, obrigatoriedade ou não. Como portuguesa a viver na Alemanha tento observar e perceber os processos que levam a que Portugal tenha 87% da população com duas doses da vacina contra a covid e a Alemanha tenha 69%. E a minha resposta é: SNS.

[Segunda leitura]

Um murro no estômago

Não é muito difícil apanhar um murro no estômago, basta a gente pôr-se a jeito, e pôr-se a jeito pode ser abrir os olhos para as páginas de um jornal e ler um daqueles trabalhos que nos deixam a cara à banda, um aperto na garganta, um incómodo pelo corpo todo, um… um… um murro no estômago! Por exemplo: “Há crianças a trabalhar para nós neste preciso momento. Em toda a parte. Exatamente 160 milhões, segundo os dados oficiais. Os extraoficiais desconhecem-se”.

Infosys premeia historiadora

Investigação sobre Goa e catolicismo oriental distingue Ângela Barreto Xavier na Índia

O Prémio Infosys 2021 em Humanidades, da prestigiada fundação indiana Infosys Science Foundation, foi atribuído à historiadora portuguesa Ângela Barreto Xavier “pela sua profunda pesquisa e sofisticada análise da conversão e violência no Império Português na Índia, especialmente em Goa”. O júri destaca a contribuição significativa da galardoada para a “história social e cultural do colonialismo português”, concretizando uma voz “importante e original” no que à história colonial e imperial diz respeito.

EUA

Dois terços dos jovens adultos católicos não vão à missa

Mais de um terço (36%) dos jovens adultos católicos americanos nunca frequentava a missa e quase um terço (31%) raramente o fazia, revela um inquérito realizado pelo centro de estudos CARA e divulgado esta quinta-feira, 2 de dezembro. Os dados recolhidos dizem respeito às práticas deste grupo anteriores à pandemia.

Encontra um trabalho que não amas, não perderás um minuto da tua vida

Ainda antes de acabar o curso fui à minha primeira entrevista de trabalho “a sério”, numa produtora de filmes num bairro trendy de Lisboa. Roubei um dia à escrita da tese de mestrado, apanhei o comboio e lá fui eu, tão nervosa quanto entusiasmada. O dono começou por me perguntar se fazer cinema era o meu sonho. Fiquei logo sem chão. Sofri, desde muito cedo, de um mal que me acompanha até hoje: sonhava demais e muitos sonhos diferentes.

Francisco no Chipre e Grécia

Papa faz viagem escaldante e talvez leve afegãos para Roma

“A Europa não pode ignorar o Mediterrâneo”, diz o Papa, que inicia nesta quinta-feira uma viagem para recordar a convivência inter-religiosa que Chipre já viveu e a osmose entre o pensamento grego e o cristianismo. Mas Francisco atravessará terreno escaldante, tensões políticas e tragédias humanitárias ao rubro: a última capital do mundo partida ao meio, Grécia e Turquia zangadas, refugiados, migrações, diálogo com os ortodoxos, convivência com os muçulmanos…

Amnistia Internacional pede repatriamento

Pelo menos 27 mil crianças detidas na Síria, sem acesso a direitos básicos

São pelo menos 27 mil as crianças detidas no campo de refugiados de al-Hol, no nordeste da Síria, sem acesso adequado a alimentos, água potável e serviços essenciais, como saúde e educação, enquanto os governos “desrespeitam as suas obrigações” de defesa dos direitos humanos e de proceder ao repatriamento com a máxima urgência, defendeu a Amnistia Internacional (AI) num comunicado enviado esta terça-feira, 30, ao 7MARGENS.

República Centro-Africana

Grande Reportagem: Mercenários e meninos soldados

Enquanto isso… a guerra continua, morrem mais pessoas, mais crianças continuam a ser incorporadas em grupos de guerrilha e a matar. Enquanto isso, em Portugal discute-se se um ministro deveria ter dado informações sobre um roubo e exportação ilegal de diamantes, mas não se fala do que se passa na República Centro-Africana. Reportagem de Rui Araújo no país.

Abusos sexuais em pano de fundo

Críticas, demissões e acusações na Igreja Católica em França aprofundam crise

Uma troca de acusações sérias: um documento de oito membros da Academia Católica de França critica severamente o relatório sobre os abusos sexuais. Os bispos e o presidente da Comissão que o elaborou responde dizendo que as críticas são ocas e que as vítimas de abuso foram de novo atingidas. Um tremblement no catolicismo gaulês, uma crise que se agrava.

[Os dias da semana]

Tardes de Novembro

  Numa tarde de Novembro, um professor universitário aposentado lê e redescobre algo que, aliás, não ignorava. O que agora apreende de um modo novo é o que muitos desconhecem; compreende que o “movimento das pessoas através dos continentes já dura há milhares de...

Timor-Leste

Ramos-Horta apela à adoção da Declaração de Abu Dhabi

José Ramos-Horta vai insistir junto do Presidente e do Governo de Timor-Leste para que o país adote a Declaração de Abu Dhabi assinada pelo Papa Francisco e pelo Grande Imã de Al-Azhar, Ahmad Al-Tayyeb, sobre a Fraternidade Humana em Prol da Paz Mundial e da Convivência Comum, noticiou esta sexta, 26 de novembro, a UCA News, citando a Tatoli, a agência noticiosa de Timor-Leste.

Casa comum e COP26

Agora é connosco, diz a Comissão Justiça e Paz

Se ficarmos só com as decisões tomadas na COP26, a cimeira mundial sobre o clima que decorreu em Glasgow (Escócia),“poucas coisas se alterarão, as desigualdades continuarão a aumentar e serão sempre os mais vulneráveis os que mais sofrerão”, diz a Comissão Nacional Justiça e Paz sobre os resultados da COP26. 

Deixa sacerdócio

Padre de Timor-Leste concorre a presidente

O padre Martinho Gusmão, da diocese de Baucau, Timor-Leste, anunciou a intenção de concorrer em 2022 ao cargo de Presidente da República do seu país, tendo, desde o último dia 21, domingo, o caminho aberto por parte da Igreja, depois de o Papa ter “revogado” a sua condição de presbítero.

Médicos Sem Fronteiras

Violência e violência de género aumentam no Haiti

O agravamento da violência no Haiti foi denunciado esta quarta-feira pela Organização Não Governamental Médicos Sem Fronteiras. Apesar de o país estar a ser há anos assolado por uma constante violência, “os níveis de insegurança atualmente testemunhados no terreno pela MSF em Port au Prince são os mais graves desde há décadas.

Dia pela eliminação da violência contra as mulheres

Rede de combate ao tráfico humano lança apelo mundial

No Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres, que se assinala nesta quinta-feira, 25 de novembro, a Talitha Kum, rede mundial de combate ao tráfico humano, vai divulgar um apelo mundial à Igreja, aos governos e às organizações governamentais e intergovernamentais “para que continuem a comprometer-se com o combate ao tráfico, e a manter o trabalho de inserção económica e social das pessoas vítimas de tráfico.”

Maid: a série que todos devemos ver

Netflixicamente, é excelente, não se enreda no drama ou no feminismo fácil, tem o seu quê de humor, não caricatura personagens, e a actriz principal, Margaret Qualley, merece todos os prémios da temporada. Mas não é isto que interessa, que não sou crítica de televisão. Com pena, admito. Em dez episódios, acompanhamos a jornada de Alex para se autonomizar da relação abusiva que mantém com Sean, o pai de Maddy, a filha de quase três anos.

Nas margens da filosofia (XXXIX)

Cultivemos a amizade na era das redes sociais

As redes sociais em que hoje nos movimentamos põem em causa o conceito de amizade e as suas exigências. Todos os dias somos inundados com mensagens de pessoas que se apresentam como amigos e que permanentemente nos comunicam os seus estados de alma, partilhando alegrias e tristezas, anunciando eventos, dando-nos conta das suas preocupações, revelando intimidades que as mais das vezes preferíamos ignorar.

Amnistia: “declínio humanitário” a Leste

Futebolistas afegãs acolhidas em Portugal pelo JRS

Um grupo de 220 cidadãos afegãos, incluindo as restantes 115 jogadoras e seus familiares da da Equipa Nacional de Futebol Juvenil Feminino do Afeganistão, será acolhido em Portugal, depois de ter sido resgatado do país. O anúncio foi feito pelo Serviço Jesuíta aos Refugiados (JRS Portugal) e pela Romulus T. Weatherman Foundation, num comunicado enviado ao 7MARGENS pelo JRS.

Ensaio – COP26

Glasgow: soube a pouco, mas ainda resta a esperança

Terminou a 26ª Cimeira do Clima, em Glasgow, na qual a ZERO marcou presença. Se o balanço desta COP26 não é consensual para todas as Partes, há uma coisa em que, pelo menos, todos concordamos: a Escócia e os seus habitantes são de uma simpatia invulgar e uns anfitriões muito acolhedores. Mas enquanto Glasgow aquecia os corações, as negociações na COP continuavam a aquecer o planeta.

A liberdade de morrer

Muito se tem escrito e falado nos últimos tempos sobre a votação da reformulação da eutanásia. Infelizmente, grande parte do discurso público parece nascido de frases feitas, pensamentos soltos e sem grande suporte científico e moral. Pensar a morte, a nossa morte, decidir o seu momento, as razões desse momento, não é um pensamento catequizável. Implica o empenho de toda a nossa realidade.

Editorial

Cuidar do planeta: a hora dos cidadãos e das comunidades

Como escrevíamos em editorial no início da Cimeira do Clima, “enquanto os políticos, cientistas e ativistas discutem em Glasgow, chegou a hora de vermos com pragmatismo o que é que cada um(a) e todos nós podemos fazer. Aos bispos cabe uma responsabilidade especial nesta matéria que é, no seu alcance profundo, crucial para a salvação do planeta, a justiça social e a paz entre os povos.”

[Segunda leitura]

Prrriiiuuu!… Cartão branco!

Li esta história no jornal O Minho e também na página de Facebook do SC Vianense. Gostei muito, até porque não conhecia a coisa, nunca tinha ouvido falar do tal cartão branco, nunca o tinha visto em qualquer competição desportiva. E fui à procura de mais.

Cimeira do clima termina sem ambição

Acordo final não garante limite dos 1,5º Celsius

Sem ambição, nem brilho, deixando “o nosso frágil Planeta preso por um fio”, no dizer de António Guterres, terminou ontem, dia 13 de novembro, a Cimeira do Clima de Glasgow aprovando um acordo final que ninguém é capaz de defender como contendo compromissos suficientes para garantir que em 2050 a temperatura média da terra não esteja 1,5º Celsius acima da que existia antes da era industrial.

Apologia da simplicidade

Provavelmente, nos tempos que correm, este título não interessa mesmo nada. Ainda assim há que arriscar. Todos temos imensas coisas para dizer e um manancial infindável de opiniões a dar. Vamos assoberbando os canais através dos quais comunicamos com dezenas de assuntos, ditos e reditos de milhares de maneiras.

Cimeira de Glasgow

Prolongamento sem acordo à vista

A Cimeira do Clima de Glasgow seguiu os passos das anteriores e não terminou esta sexta, 12 de novembro, conforme estava inicialmente previsto. Ao fim da tarde. o seu presidente, Alok Sharma, anunciou que uma terceira versão do documento final seria trabalhada durante a noite para ser debatida e finalmente aprovada durante a tarde de sábado.

30 anos do massacre de Santa Cruz

Timor-Leste recordou os heróis que morreram pela liberdade

O 30º aniversário do massacre de Santa Cruz foi assinalado esta sexta-feira, 12 de novembro, com uma missa na Igreja de Santo António em Díli (Timor-Leste), não muito longe do local onde onde ocorreu a tragédia que provocou a morte a mais de 200 pessoas. Familiares das vítimas, líderes religiosos e políticos e dezenas de jovens estiveram presentes para celebrar aquele que é também o Dia Nacional da Juventude, noticiou a UCA News.

Eutanásia e conceitos indeterminados

O motivo que levou o Tribunal Constitucional a declarar a inconstitucionalidade de algumas normas do decreto aprovado pelo Parlamento que vem legalizar a eutanásia e o suicídio assistido foi a invocada violação do princípio da determinabilidade da lei, como corolário dos princípios do Estado de Direito e da reserva de lei (reserva de lei no sentido em que determinadas matérias, pela sua relevância, devem ser reguladas por lei e não estar dependentes de decisões casuísticas).

Cimeira de Glasgow

Iniciativas, negociações e ceticismo generalizado

Alok Sharma terminou quinta-feira mais cedo o plenário “para dar tempo aos ministros presentes” para trabalharem no acordo final que deveria ser aprovado esta sexta-feira, último dia da Cimeira do Clima de Glasgow. Mas, para além dos desejos do seu presidente e das inúmeras negociações e iniciativas em curso, um acordo capaz de retomar os objetivos da Cimeira de Paris continua a parecer uma miragem.

Aplicar os direitos humanos nas prisões

O Parlamento votará na quinta-feira, dia 11, uma proposta apresentada pelo CDS, para revogação da lei 9/2020. Em 10 de Abril de 2020 foi publicada a Lei nº 9/2020 que estabeleceu um regime excecional de flexibilização da execução das penas e de medidas de graça, no âmbito da pandemia da doença covid-19.

Presidente da Zero sobre Glasgow

Esta é “a última das últimas chamadas”

Esta conferência é “verdadeiramente a última das últimas chamadas”, afirmou Francisco Ferreira, presidente da Zero, durante a entrevista Renascença/Ecclesia publicada hoje, 7 de novembro, na véspera da semana decisiva da Cimeira do Clima de Glasgow. Para Ferreira, é indiscutível que “a humanidade enfrenta um desafio sem precedentes. “

“Menino Menina” – um livro só para crianças?

Recentemente tive acesso ao livro de Joana Estrela, Menino, Menina (Planeta Tangerina, 2020) que aborda as questões de género. Não pude deixar de ter este pensamento recorrente: dramatiza-se e lançam-se impropérios sobre a ideologia de género e aqui está tudo tão bem explicado às crianças, de modo simples e objetivo!

Bispo católico denuncia

São já quase 7 milhões os venezuelanos que deixaram o país

Calcula-se que serão já mais de sete milhões os venezuelanos que deixaram o seu país para fugir à crise económica que tem vindo a agravar-se nos últimos anos. O bispo de La Guaira (Venezuela), Raul Biord, esteve na sede internacional da Fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), em Königstein, na Alemanha, e descreveu um país à beira da rutura, avançou esta sexta-feira, 5 de novembro, a instituição.

[Os dias da semana]

Tempo de sobriedade

Suspensa no ano passado devido à crise mundial de saúde pública, a Conferência das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (COP26) decorre até 12 de Novembro no Reino Unido. Os media têm concedido à iniciativa uma significativa e justificada atenção e o jornal digital francês Mediapart teve a boa ideia de lançar na quarta-feira, 27 de Outubro, uma newsletter quinzenal sobre ecologia, destacando uma pergunta assaz relevante: “Por onde anda a sobriedade?”

Política e informação ao nível da sarjeta em matéria religiosa

Hoje é moda o ataque descabelado à religião, tanto por parte de alguns políticos, em nome de determinadas agendas, como de jornalistas – mas estes, regra geral, em nome da ignorância e incompetência. Um caso recentemente passado em Portugal ilustra bem esta segunda afirmação. Uma estação de televisão generalista em Portugal, num dos seus programas, relatou o caso duma família que terá contratado um empreiteiro brasileiro para reconstruir uma casa.

Etiópia

Agravamento do conflito no Tigré leva a fuga das populações

“As coisas estão a piorar e agora nós temos de fugir.” A curta mensagem, enviada domingo, 31 de Outubro, por um missionário católico para a directora de comunicação da fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), traduz o desespero que se vive na cidade de Kombolcha, no centro-norte da Etiópia, 380 quilómetros a norte de Adis-Abeba.

Reino Unido

Enfermeira acusa hospital de não a deixar usar cruz ao pescoço

Mary Onuoha, 61 anos, é uma enfermeira nigeriana que vive no Reino Unido desde 1988. Começou a trabalhar no Croydon University Hospital em 2002. Mas desde 2015, relata a agência católica de notícias Gaudium Press, citada pela Ajuda à Igreja que Sofre, começou a ser pressionada por responsáveis do hospital para deixar de usar em serviço uma cruz ao pescoço, alegando “questões de segurança”.

A crise da demografia portuguesa: ainda há solução?

Damos aqui início a uma série de artigos sobre a demografia portuguesa, desde 1864, ano da publicação do primeiro Censo da População de Portugal. Procuraremos destacar os principais períodos demográficos, as suas causas e as suas consequências. Mais do que números – embora estes sejam a alma da estatística – interessa-nos a compreensão do que aconteceu e a projeção do futuro à luz dos factos. Restringimos a análise ao Portugal do Continente Europeu, que inclui a Madeira e os Açores.

Diocese de Santo António

Bolsonaro “persona non grata” em Pádua, na visita à terra do seu avô

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, em visita a Itália, será esta segunda-feira feito cidadão da pequena cidade de Anguillara Veneta, onde nasceu o seu avô, mas não terá honras de chefe de Estado na visita que pretende fazer no mesmo dia à basílica de Santo António, em Pádua. A diocese local diz-se embaraçada e envergonhada com a visita e os monges franciscanos da basílica recusam-se a recebê-lo,

Audiência no Vaticano

Modi convidou Papa a visitar a Índia

O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, convidou este sábado o Papa Francisco a visitar a Índia, anunciou o próprio nas suas páginas nas redes sociais, depois de uma audiência de cerca de uma hora no Vaticano. “Tive um encontro muito caloroso com o Papa Francisco. Tive a oportunidade de discutir muitos assuntos com ele e também o convidei a visitar a Índia”, escreveu Modi no Twitter, segundo um despacho da Lusa citado pela TSF.

Novo surto de covid-19 na Rússia

Arcebispo de Moscovo: perplexidade e ansiedade

Perplexidade e ansiedade, mais do que medo, é como o arcebispo de Moscovo e presidente da Conferência Episcopal Russa, Pavel Pezzi, caracteriza a reação da população perante a atual vaga de covid-19 que não para de fazer vítimas em toda a Rússia: só nas últimas 24 horas (entre 28 e 29 de outubro) foram confirmados 39.849 novos casos de Covid-19 e 1.163 mortes.

[Segunda leitura]

Morrer de “selfie”

Anda imensa gente a morrer só por arriscar demais nessa atividade (que devia ser) lúdica a que chamamos (sem grande possibilidade de tradução) “tirar selfies”. Imensa gente mesmo. Lá voltamos à notícia: o estudo ali citado revela que, entre janeiro de 2008 e julho de 2021, morreram no mundo, no contexto de “tirar selfies”, pelo menos 379 pessoas. Trezentas e setenta e nove pessoas. Dá, em média, uma morte cada 13 dias.

Cimeira do Clima

Papa convida na BBC a “escolhas radicais”

Os ouvintes (e telespetadores) do programa Pensamento do Dia da BBC Radio 4 foram na manhã desta sexta-feira, 29, surpreendidos pela voz (e imagem) do Papa apelando à solidariedade global em favor de “escolhas radicais” que nos permitam sair da “tempestade perfeita”, produto das diversas crises simultâneas que a humanidade hoje enfrenta.

Carta do cardeal Hollerich

Bispos europeus querem que UE lidere combate pelo clima

A Comissão dos Episcopados Católicos da União Europeia (Comece) considera, numa mensagem a propósito da COP26, que se inicia neste domingo, 31, em Glasgow (Escócia), que os Estados-membros da UE devem assumir a liderança global no combate às alterações climáticas. “Limitar o aquecimento global a 1,5 graus centígrados é um profundo imperativo moral”, escreve o presidente da estrutura dos bispos católicos dos países da UE, cardeal Jean-Claude Hollerich.

Jacobabad, Paquistão

Na cidade mais quente do mundo, os 32°C são amenos mas não evitam a violação dos direitos humanos

Nos últimos quatro verões, a cidade paquistanesa de Jacobabad ultrapassou com frequência os 50°C. Uma situação que tem origem nas alterações climáticas e, denuncia a Amnistia, consequência nos direitos humanos: por exemplo, o abandono escolar tem crescido entre as crianças, que não se sujeitam a andar quilómetros debaixo de altas temperaturas para chegar a escolas sem qualquer protecção contra o calor.

Max Stahl

Morreu o jornalista que filmou o massacre de Santa Cruz

O jornalista britânico-timorense Max Stahl, que filmou o massacre de Santa Cruz, em Díli, em Novembro de 1991 – e cujas imagens fizeram que a ocupação indonésia de Timor-Leste saltasse para a ribalta dos noticiários internacionais – morreu na quarta-feira, 27, num hospital da cidade australiana de Brisbane.

Confederação Nacional

Situações de “trabalho escravo” de crianças

Continuam a ser numerosas e diversificadas as situações de trabalho escravo de crianças no mundo e o problema não é apenas dos países mais pobres. A mensagem foi sublinhada esta quarta-feira numa videoconferência promovida pela CNASTI – Confederação Nacional de Ação sobre Trabalho Infantil, com apoio da representação em Lisboa da Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Alterações climáticas

Seca deixa um milhão à fome em Madagáscar

A crise climática em Madagáscar provocou uma seca devastadora no sul do país, deixando um milhão de pessoas à fome. Segundo a Amnistia Internacional, no relatório “It will be too late to help us once we are dead” (“Quando estivermos mortos, será tarde demais para nos ajudarem”), 91% das pessoas vivem abaixo do limiar da pobreza.

A um mês das eleições

Bispos chilenos denunciam violência nas ruas

Perante o crescimento dos confrontos nas ruas, o episcopado chileno tornou pública uma mensagem em que lamenta que “as manifestações violentas estejam a aumentar” e que “o protesto político legítimo se esteja a tornar, devido às ações de alguns grupos, frequentemente destrutivo da propriedade e dos espaços públicos e privados.” 

Golpe de Estado no Sudão

Bispo critica interrupção do processo de paz

“Tínhamos muita esperança neste Governo”, reconheceu o bispo Christian Carlassare, de Rumbek, uma diocese do sul do Sudão, criticando o golpe de Estado perpetrado pelo líder militar do Conselho Soberano, o general Abdel Fattah al-Burhan. O golpe de Estado foi condenado pela comunidade internacional, à exceção da Rússia.

PR no encerramento da Jornada da Memória e da Esperança

“Viemos aqui pelos mais esquecidos. Eles, mais do que todos, são portugueses”

O Presidente da República plantou uma Árvore da Memória no Hospital de Santa Maria, uma Árvore da Esperança ficou no Estádio Universitário de Lisboa, enquanto duas bandas militares encheram de música a praça do Rossio, em Lisboa, com muitos turistas a querer saber o que se passava. Foram as cerimónias conclusivas da Jornada da Memória que, durante três dias, mobilizou milhares de pessoas por todo o país.

LOC/MTC de Braga

Combater a “imoralidade do precariado”

Promover a dignidade e igualdade entre homens e mulheres e o respeito pelos direitos conquistados; e “combater a imoralidade do precariado, que mata a dignidade, a saúde e a família e desmantela a sociedade” são algumas das preocupações do Movimento de Trabalhadores Cristãos (LOC/MTC), da diocese de Braga.

Fronteira com Bielorrússia

Afegãos detidos de forma violenta na Polónia

Um grupo de 17 pessoas, incluindo pelo menos um menor, foi detido de forma violenta à entrada na Polónia, na quarta-feira, dia 20, depois de ter atravessado a vedação da fronteira, e expulsos de novo em direção à Bielorrússia pelas autoridades polacas, denunciou esta quinta-feira a Amnistia Internacional.

Confinar o medo?

Todos sentimos o impacto da pandemia, seja por conhecermos alguma vítima ou algum familiar ter sido afetado, por termos ouvido dezenas de reportagens nos media sobre a crise económica ou até por, mais de um ano depois, ainda detestarmos as máscaras. Após quase dois anos de distanciamento, continua o receio de estar perto do outro, a tentação de evitar um café com alguém porque “não tem cuidado nenhum”, de nos afastarmos porque temos receio de levar o vírus para dentro das nossas casas.

Comentário

O segundo apagamento de Aristides

“Mesmo que me destituam, só posso agir como cristão, como me dita a minha consciência; se estou a desobedecer a ordens, prefiro estar com Deus contra os homens do que com os homens contra Deus.” Esta afirmação de Aristides de Sousa Mendes, cônsul de Portugal em Bordéus em 1940, confirmada por muitas outras de cariz semelhante, mostra bem qual foi o fundamento para a sua decisão de, contra as ordens expressas de Salazar, conceder indiscriminadamente vistos de passagem a milhares de pessoas em fuga do terror nazi.

Relatório da Amnistia Internacional

Pandemia teve impacto devastador sobre liberdade de informação

“Os ataques à liberdade de expressão por parte de governos, combinados com uma enchente de desinformação por todo o mundo durante a pandemia da covid-19, tiveram um impacto devastador sobre a capacidade das pessoas para acederem a informação precisa e oportuna, que as ajudasse a lidar com a crescente crise de saúde global.” A conclusão é da Amnistia Internacional.

Jornada Memória e Esperança de 22 a 24

Árvores, vigílias, música, humor… e o Presidente

Uma exposição de cartoons, uma música para ser cantada por toda a gente, plantação de árvores a recordar as vítimas da pandemia ou a manifestar a esperança numa sociedade mais justa e solidária, vigílias cívicas ou religiosas, murais em escolas ou espaços públicos, bandas no coreto ou em praças públicas e ainda uma evocação que contará com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. Estas são algumas das dezenas de iniciativas já previstas no âmbito da jornada Memória e Esperança, que decorrerá em todo o país, no próximo fim-de-semana.

Eleições

Da personalização do voto

Sempre achei confuso e difícil isto de escolher duas coisas com um só boletim de voto. Uma coisa é escolher com que partido ou com que programa de governo me identifico mais, outra coisa é escolher quem é a pessoa ou o partido que eu acho que representa melhor os interesses da minha região no parlamento. Na minha cidade natal, o Porto, aconteceu-me diversas vezes querer votar num partido com um determinado programa de governo, mas achar que o deputado X de outro partido poderia fazer a diferença no Parlamento.

[Segunda leitura]

Dá-me um abraço…

Aqui há dias fui a um concerto. Um concerto mesmo, ao vivo, numa igreja, com um grande coro e alguns instrumentos, e mais um órgão, tudo uma maravilha. E as saudades que eu já tinha, as saudades que a gente tem, de ir a concertos assim, não só quando o rei faz anos, mas muito, tipo quase todas as semanas, e estarmos ali, todos juntos, perto uns dos outros, a ouvir e a sentir ao mesmo tempo, um pulsar cá do fundo tão bom…

Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza

Tertúlia, caminhada e música para combater a exclusão

A associação Impossible – Passionate Happenings irá assinalar este domingo, 17 de outubro, o Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza, com uma uma série de eventos em Lisboa. A jornada irá iniciar-se com uma tertúlia subordinada ao tema “Pobreza, Exclusão e Performance”, que decorrerá entre as 10h e as 13h no auditório do Instituto Português da Juventude (um dos parceiros da iniciativa), no Parque das Nações.

Casos em investigação

Dois padres suspeitos de abuso sexual de menores na diocese de Viseu

Dois padres da diocese de Viseu estão a ser investigados por suspeita de abuso sexual de menores. Um deles terá enviado mensagens de teor sexual a um adolescente e foi suspenso preventivamente pelo bispo da diocese, António Luciano. O outro processo está em fase de instrução e não foram revelados quaisquer pormenores sobre o mesmo, avançou esta quarta-feira, 13 de outubro, a Rádio Renascença.

Carta aberta aos Estados-membros

Mais de 323 mil de todo o mundo pedem à ONU que aja sobre as atrocidades em Xinjiang

Mais de 323.000 pessoas em todo o mundo assinaram uma petição da Amnistia Internacional (AI) intitulada “Liberdade para todos os detidos de Xinjiang”, acerca da situação que se vive nesta província chinesa, informou a organização de defesa dos direitos. Ao mesmo tempo, uma carta aberta da secretária-geral da organização de defesa dos direitos humanos apela à ONU para que investigue violações de direitos humanos contra uigures, cazaques e outras minorias muçulmanas naquela região do noroeste da China.

Anúncio da OMS

Vacina “histórica” contra a malária nas crianças

Os dados dizem que, desde 2000, as mortes caíram para mais de metade e a doença foi erradicada em muitas partes do mundo, mas este progresso estagnou num nível “inaceitavelmente alto”, com mais de 200 milhões de casos por ano. E dois terços das pessoas que morrem da doença são crianças menores de cinco anos em África.

Ensaio

Esperança: “Paixão pelo possível”

Escutar, nomear, cuidar, paciência, acreditar, confiar, caminhar e aceitar a incerteza são elementos essenciais no desenho de uma possível matriz que nos possa aproximar de uma melhor compreensão do que possa ser a esperança e do que leva homens e mulheres a unirem-se em torno de uma ideia. A esperança é a paixão pelo possível – o que significa a possibilidade do radicalmente novo.

Saúde Mental, níveis e sentido de vida

Os níveis e categorias de saúde mental tomam contornos e provocam efeitos evidentes e diferenciados. Não vamos esboçar um manual de saúde mental. Apenas passar ao papel algumas reflexões à volta da saúde mental. As décadas de trabalho em casas de saúde em que só alguns dos muitos doentes mentais entram em tratamento por se tornarem perigosos para outros, na própria família e para a sociedade, fazem pensar.

Maria Ressa, das Filipinas, e Dmitry Muratov, da Rússia

Prémio Nobel da Paz 2021 foi para jornalismo de coragem e liberdade de expressão

“Pelos seus esforços para salvaguardar a liberdade de expressão, que é uma pré-condição para a democracia e uma paz duradoura”, os jornalistas Maria Ressa, das Filipinas, e Dmitry Muratov, da Rússia, partilham o Prémio Nobel da Paz 2021. A novidade foi anunciada esta sexta-feira, 8 de outubro, em Oslo, por Reiss-Andersen, presidente do Comité Nobel e membro da Fundação com o mesmo nome. O prémio constitui um tributo ao jornalismo sério e de qualidade, que investiga e não se cala perante as pressões e os poderes, bem como a todos os jornalistas que procuram pô-lo em prática.

[Segunda leitura]

Gente fina é outra coisa

João Rendeiro é um homem fino. Muito fino mesmo. Um finório de todo o tamanho. “Fino como um rato”, como se diz na minha terra. Vê-se no fugir (perdão: no ausentar-se…), vê-se no enganar, vê-se no mentir, vê-se no enriquecer, vê-se no gozar com a nossa cara e com a cara da justiça. Ai vê-se, vê-se. Mas agora ao longe, muito ao longe…

António Guterres

Não-violência é “um modelo” para enfrentar os tempos difíceis de hoje

O Dia Internacional da Não-Violência, celebrado este sábado, oferece uma oportunidade para inaugurar uma “nova era de paz, confiança e tolerância”, defendeu o secretário-geral das Nações Unidas numa mensagem para assinalar a data. António Guterres sublinhou que não é por acaso que o dia coincide com o aniversário de Mahatma Gandhi. “Para Gandhi, a não-violência, o protesto pacífico, a dignidade e a igualdade eram mais do que palavras, representavam um farol para a humanidade, um mapa para um futuro melhor.”

Estudo internacional

Perseguição religiosa diminuiu, mas restrições dos governos estão no nível mais elevado

O número de países onde foi registada atividade terrorista relacionada com a religião diminuiu pelo quinto ano consecutivo, concluiu o Pew Research Center no seu 12º estudo anual sobre as restrições globais à religião, divulgado esta quinta-feira, 30 de setembro. As restrições governamentais face às crenças e práticas religiosas estão, no entanto, no nível mais elevado desde que o estudo começou a ser realizado, em 2007.

Santa Maria da Feira

Corticeira condenada no caso de assédio moral a trabalhadora

A corticeira Fernando Couto foi condenada pelo Tribunal da Feira a pagar uma coima de cerca de 11 mil euros por ter despedido a operária Cristina Tavares, após esta ter denunciado ter sido vítima de assédio moral. A inspetora da ACT que acompanhou o caso considerou que o segundo despedimento da operária foi uma “retaliação” pela empresa.

Mensagem ao Conselho da Europa

“Não há tempo para esperar, é preciso agir” contra emergência climática, diz o Papa

O Papa Francisco considera que “já não há tempo para esperar, é preciso agir” em relação à emergência climática, que será tema central da COP-26, a realizar em Glasgow (Escócia), em Novembro. “Qualquer instrumento que respeite os direitos humanos e os princípios da democracia e do estado de direito, que são valores fundamentais do Conselho da Europa, pode ser útil para enfrentar este desafio global”, escreveu o Papa na sua mensagem aos participantes no Encontro de Alto Nível da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa.

Dia Internacional sobre Desperdício Alimentar

Portugal desperdiça um milhão de toneladas de alimentos por ano

Em Portugal, há anualmente um milhão de toneladas de bens alimentares desperdiçados, que nunca chegam ao prato de alguém. Essa quantidade daria para 50 mil refeições diárias. “É imoral que uma parte da população que tem acesso aos bens alimentares ainda se dê ao luxo de os desperdiçar”, diz o coordenador do movimento Unidos Contra o Desperdício (UCD), Francisco Mello e Castro, em declarações ao Expresso (ligação disponível apenas para assinantes).

A loucura furiosa

Por vezes parece que estamos a viver numa espécie de loucura furiosa entre loucos, oportunistas e gente alienada, à beira dum ataque de nervos. Ultimamente temos tido de tudo. Quem chegue agora a Portugal será tentado a pensar que o coronavírus afectou a cabeça de muita gente. Será apenas uma coincidência curiosa ou estamos a entrar numa onda de extremismo?

Como vai a “saúde” na Igreja?

No passado dia 14 de setembro, foi inaugurada a Faculdade de Medicina da Universidade Católica. Ao acto foi dada a maior importância e solenidade. E não era caso para menos. Para além das autoridades da universidade e de inúmeras entidades e instituições convidadas estiveram, também, presentes o sr. primeiro-ministro, o sr. ministro do Ensino Superior e o sr. magno chanceler da Universidade (cardeal-patriarca de Lisboa).

Sondagem de setembro

Maioria dos franceses não acredita em Deus

A maioria dos franceses não professa nenhuma religião nem acredita em Deus. É a primeira vez que uma sondagem de âmbito nacional chega a esta conclusão. O inquérito nacional foi encomendado pela Associação de Jornalistas de Informação Religiosa ao instituto de sondagens IFOP e mostra que apenas 49% dos franceses confessa acreditar em Deus.

Procriação artificial: Compra e venda

O Salon Désir d’Enfant, cuja segunda edição se realizou em Paris no fim de semana de 5 e 6 de setembro, faz com que nos venha à memória o célebre romance distópico de Aldous Huxley Admirável Mundo Novo. Trata-se de uma verdadeira feira comercial de promoção de várias formas de procriação artificial. Empresas de maternidade de substituição de vários países aí publicitam os seus serviços, com testemunhos de quem a ela recorreu, como “cliente” ou como “prestadora de serviços”.

Filmes, debates e edições

Jean Moulin enterrou a pistola, mas cumpriu o “banal dever cívico” de resistir; agora, será evocado em Lisboa

Quando se tornou líder da Resistência francesa ao nazismo, foi-lhe dada uma pistola que ele enterrou e nunca usaria. Jean Moulin foi um cidadão banal que entendeu que o seu dever era resistir à barbárie. Uma quinzena de actividades em Lisboa evoca a sua passagem por Portugal, onde durante cinco semanas redigiu um importante relatório que permitiria unir a Resistência.

[Mãos à obra]

Crescimento ou Decrescimento, eis a questão

O conceito de desenvolvimento sustentável tem duas interpretações: para os intelectuais humanistas é um desenvolvimento que respeita o ambiente, de forma abstrata, sem contabilizar desenvolvimento ou impacte ambiental, mas pode levar a questionar o modelo económico e até o modo de vida actuais; para os industriais, políticos e economistas entende-se como um desenvolvimento que possa ser eterno.

Ponte aérea "inumana"

EUA deportam haitianos para um “país colapsado”

Há 13 mil pessoas debaixo da ponte que liga Del Rio, no Texas (EUA), a Ciudad Acuña, no México, para tentar atravessar deste país para os EUA. Desde domingo, um ritmo de sete aviões por dia começaram a levar essas pessoas de volta ao seu país. No principal aeroporto do Haiti, muitos deportados tentaram voltar para o avião. 

Líbano tem novo Governo

Líbano: Siro-católicos dizem-se marginalizados

O novo Governo do Líbano, liderado pelo muçulmano sunita Najib Mikati, obteve nesta segunda-feira, 20 de setembro, o voto de confiança do Parlamento. A nova estrutura de Governo reflete na sua composição a variedade do “mosaico” libanês, nomeadamente do ponto de vista das diversas religiões e confissões religiosas, mas os siro-católicos dizem ter sido marginalizados.

Edgar Morin em entrevista

Só a capacidade de nos maravilharmos sustenta a resistência à crueldade e ao horror

“Se formos capazes de nos maravilhar, extraímos forças para nos revoltarmos contra essas crueldades, esses horrores. Não podemos perder a capacidade de maravilhamento e encantamento” se queremos lutar contra a crise, contra as crises, afirmou Edgar Morin à Rádio Vaticano em entrevista conduzida pela jornalista Hélène Destombes e citada ontem, dia 18 de setembro, pela agência de notícias ZENIT

[Segunda leitura]

A votar, a votar!

“Começa hoje a campanha eleitoral para as eleições autárquicas de 26 de setembro”. Juro que ouvi isto na passada terça-feira, dia 14 de setembro. Assim mesmo, sem tirar nem pôr, na abertura de um noticiário na rádio: “Começa hoje a campanha eleitoral para as eleições autárquicas de 26 de setembro”. Juro.

Homenagem às vítimas da pandemia

Jornada Nacional Memória & Esperança 2021 já tem site

O site oficial da Jornada Nacional Memória & Esperança 2021, iniciativa que visa homenagear as vítimas da pandemia com ações em todo o país entre 22 e 24 de outubro, ficou disponível online esta sexta-feira, 17. Nele, é possível subscrever o manifesto redigido pela comissão promotora da iniciativa e será também neste espaço que irão sendo anunciadas as diferentes iniciativas a nível nacional e local para assinalar a jornada.

42 anos do SNS: memória e homenagem espirituais

Hoje, 15 de setembro, celebro e comemoro e agradeço e relembro António Arnaut, o criador em 1979 do Serviço Nacional de Saúde, o SNS da sobrevida de tantos de nós, portugueses. Depois de ter passado um dia de quase dez horas como doente de oncologia em imenso espaço de hospital, entre variadas mãos, procedimentos, cuidados, não posso deixar vazio na data.

Deixem o vice-almirante em paz!

Só há uma coisa de que as pessoas gostam mais do que de fabricar heróis, é deitá-los por terra na primeira curva da estrada. Se Gouveia e Melo cair na asneira de entrar na política vai arrepender-se depressa.

Relatório da Global Witness

227 ativistas ambientais assassinados em 2020

O número de ativistas ambientais assassinados que é possível documentar subiu no ano passado para 227, refere a Global Witness no seu relatório “A Última Linha de Defesa”. A organização contabiliza apenas os assassinatos de pessoas de quem conhece o nome e analisou as circunstâncias da morte. E não tem dúvidas de que apenas consegue documentar uma parte muito reduzida da violência praticada contra os ambientalistas. 

Velhice aos 60, doença obrigatória

Fomos de férias. Que lugar-comum esse que apenas descreve a clássica paragem de Agosto! Nada de novo e tudo diferente ao ir e ao regressar. É mesmo estranho o que estamos a viver – um mundo de imprevistos e de incertezas, no qual antes pareciam só existir convicções e controlos; um lugar de todos e de ninguém, aquele que, antes, sem apregoar, deixava sempre um cantinho livre para quem quer que chegasse.

Funeral do antigo Chefe de Estado

Os “valores cristãos” de Jorge Sampaio, segundo o patriarca de Lisboa

Os valores que o Presidente Jorge Sampaio viveu na sua vida pública eram “com certeza” valores “essencialmente cristãos”, disse o cardeal-patriarca de Lisboa, a propósito da acção política do antigo Presidente da República. Sábado ao final da manhã, na fila no meio de outros cidadãos para velar o corpo de Sampaio, o patriarca disse, em declarações à RTP, que os princípios da “solidariedade, atenção a todos, sobretudo os mais pobres, os mais excluídos, e a preocupação não apenas pelo que está próximo” mas também por quem está mais longe, “tudo isso é essencialmente cristão”.

Visita à Hungria e Eslováquia

Papa enfrenta teste à saúde e à diplomacia no centro do populismo xenófobo europeu

Num dos pontos altos da viagem à Eslováquia, o Papa visita a minoria cigana num bairro onde não há água, nem luz nem gás. Será um recado também para a Hungria vizinha, que Francisco visita neste domingo durante sete horas. A política anti-imigração dos dois países será um teste à diplomacia, mas a própria viagem é um teste à saúde de Francisco, depois da intervenção cirúrgicas a que foi submetido há dois meses. 

O que acontecerá à religião após a pandemia?

O que acontecerá à religião após a pandemia? Como poderão as igrejas reagir ao declínio da sua influência direta num mundo ocidental cada vez mais secularizado, relativizado e individualizado? a ampla difusão de uma mentalidade secular compreende a religião como um conjunto de crenças e práticas que se tornaram na sua maioria redundantes, de pouca ou nenhuma utilidade nas sociedades avançadas. A religião ainda é útil ou podemos substituir as funções que lhe são atribuídas por novos meios e mais eficientes?

Antigo Presidente morre aos 81 anos

Jorge Sampaio (1939-2021): “Pés na terra, coração no lugar e olhar num futuro melhor”

Em 1997, preparava-se para se encontrar com João Paulo II no Vaticano, mas soube que o protocolo obrigava a esposa a ficar à porta, por ser divorciado. Recusou a visita, que só se concretizaria sete anos depois. Mas esse foi um episódio que não maculou a abertura de espírito de Jorge Sampaio em relação às religiões, às culturas, à urgência da paz, do respeito pelos direitos humanos e da solidariedade. O antigo Presidente morreu nesta sexta-feira. O Governo decretou três dias de luto nacional.

Iniciativa COVAX

Acesso desigual às vacinas é “inaceitável”

As Nações Unidas e os seus parceiros denunciaram o que dizem ser um acesso “inaceitável” às vacinas pelos países mais pobres. Enquanto 80 por cento dos cidadãos em países com rendimentos mais elevados receberam pelo menos uma dose da vacina contra a covid-19, esse número é de apenas 20 por cento para os países de menores rendimentos.

Reino Unido

Relatório denuncia “falhas chocantes” das instituições religiosas na prevenção dos abusos sexuais

A generalidade das instituições religiosas em Inglaterra e no País de Gales revela “falhas chocantes” e “hipocrisia” na forma como lida com os casos de abusos sexuais de menores. “O seu propósito é ensinar o bem, e no entanto falham em proteger as crianças”, denuncia um estudo realizado ao longo do último ano pelo Independent Inquiry into Child Sexual Abuse (IICSA), publicado esta quinta-feira, 2 de setembro.

Nigéria

Libertados alguns dos estudantes raptados de uma escola cristã

Foram libertados 15 jovens estudantes que tinham sido raptados no passado dia 5 de julho de uma escola protestante situada no estado de Kaduna, na Nigéria, avançou esta quinta-feira, 2 de setembro, a Fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS). Na ocasião, homens armados invadiram o estabelecimento de ensino e raptaram mais de uma centena de alunos.

A visão do diretor-geral da OMS

Comunidades religiosas são “vitais na luta contra a covid-19”

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, destacou o importante papel que as comunidades religiosas têm desempenhado na luta contra a pandemia de covid-19. O responsável falava durante um encontro em Genebra, que reuniu na passada segunda-feira, 30, diversos representantes religiosos, ministros, embaixadores, e organizações não governamentais.

Faleceu aos 92 anos

A “Madre Teresa” portuguesa que deixou de ser freira, mas dedicou a vida aos que mais precisavam

“Só há que ter medo de não fazer o outro feliz” e “cada um de nós pode fazer muito mais por quem precisa”. Duas frases de Teresa Granado que resumem e explicam uma vida dedicada aos pobres, aos reclusos, aos mais frágeis e necessitados, e sobretudo às crianças e adolescentes vítimas de maus tratos e abandonados. Mare Teresa, como era conhecida, fundadora da Comunidade Juvenil de São Francisco de Assis, em Coimbra, faleceu esta segunda-feira, 30 de agosto, aos 92 anos, na sequência de um AVC. 

Afeganistão duas décadas depois

Líderes religiosos e políticos falam de vergonha e solidariedade

A propósito da situação que se vive no Afeganistão, o cardeal Jean-Claude Hollerich, arcebispo de Luxemburgo e presidente da Comissão das Conferências Episcopais da União Europeia (COMECE), disse no dia 25 de agosto, em entrevista à agência católica de notícia SIR (italiana): “Sinto-me envergonhado. Que vergonha para a Europa e para o Ocidente! Falamos muito sobre valores, mas onde estão os nossos valores no Afeganistão agora?”

Política de imigração

Bispos criticam decisão do Supremo americano

“Com esta decisão, a situação vai piorar. Ela não foi tomada tendo em conta o bem das pessoas. É muito trágico”, comentou o arcebispo de San Antonio no Texas (EUA), Gustavo García-Siller, a propósito de o Supremo Tribunal de Justiça ter reposto em vigor legislação da administração Trump que obriga quem solicita asilo a aguardar fora das fronteiras do país pela resposta ao seu pedido.

Imigração e direito de asilo

Supremo obriga Biden a retomar política de Trump

A administração Biden não pode deixar entrar nos Estados Unidos da América pessoas que solicitem o estatuto de exilado antes de concluir a análise do seu processo. O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) decidiu esta quarta-feira, 25 de agosto, vincular o Governo à legislação da administração Trump, que obriga quem solicita asilo a aguardar fora das fronteiras do país pela resposta ao seu pedido.

Guerra e alterações climáticas

Seca atinge 12 milhões de pessoas na Síria e no Iraque

À medida que as temperaturas continuam a subir devido às mudanças climáticas, 12 milhões de pessoas na Síria e no Iraque correm sérios riscos de deixar de ter acesso a água potável, eletricidade e alimentos. O nível da água na bacia do Eufrates, controlado em boa parte pelas vizinhas autoridades turcas, continua a descer, depois de já ter atingido sucessivos recordes negativos, noticiava esta terça-feira, 24, a agência Asian News.

Alojamento de emergência gratuito

Airbnb acolhe 20 mil refugiados afegãos

A Airbnb, empresa que gere uma plataforma internacional de aluguer temporário de apartamentos, emitiu esta terça-feira, 24 de agosto, um comunicado afirmando que irá disponibilizar em todo o mundo alojamento gratuito para cerca de 20 mil refugiados afegãos. Os custos da oferta serão, refere o comunicado, “cobertos por contribuições da Airbnb e de Brian Chesky (cofundador e diretor executivo da Airbnb), bem como de benfeitores do Fundo para Refugiados da Airbnb.org”.

Ao lado dos sem-abrigo em São Paulo

Padre Lancellotti ganha prémio Zilda Arns

O padre Júlio Lancellotti, da pastoral do Povo da Rua da arquidiocese de São Paulo, vai receber o prémio Zilda Arns de Direitos Humanos de 2021, como reconhecimento pelo seu trabalho “em benefício da população em situação de rua” e pela sua atividade em defesa dos “direitos humanos”, anunciou no dia 19 de agosto a Câmara de Deputados do Brasil.

Aquecimento global e o futuro da humanidade

Nos últimos 150 anos, a população mundial cresceu exponencialmente como em nenhum outro momento da história humana, e com ela as cidades progrediram em prejuízo das florestas, e a indústria libertou mais CO2 para a atmosfera do que havia sido libertado, arrisco-me a dizer, durante todos os milhares de anos anteriores, desde que existe história escrita.

Vacinas e ética da vida

Um pouco por todo o lado, sucedem-se tomadas de posição e manifestações contra a obrigatoriedade da vacinação contra a Covid-19, ou contra a exigência dessa vacinação para acesso a diversas atividades. É, sobretudo, o valor da autonomia individual que é invocado para justificar tais posições.

Apoio ao desenvolvimento

Fundos europeus obrigam Estados a respeitar direitos humanos

Os mil milhões de euros de fundos da União Europeia (UE) “destinados à ajuda ao desenvolvimento nos próximos sete anos estão vinculados a condições estritas que os países destinatários têm de cumprir: respeito pelos direitos humanos, bom tratamento das minorias e respeito pelos direitos das mulheres e raparigas, só para citar algumas”, afirmou este sábado, 21 de agosto, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen.

Meio milhão de euros

AIS aprovou ajuda de emergência para o Haiti e pede apoio

A fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) aprovou uma ajuda de emergência de 500 mil euros para a população do Haiti, após o terramoto de magnitude 7,2 na escala de Richter que há uma semana atingiu sobretudo o sul do país e cujo balanço já vai em mais de dois mil mortos, cerca de 12 mil feridos e mais de 115 mil casas destruídas. 

Antecipada segunda fase de desconfinamento

Visitar reclusos não obriga a passe sanitário

Para visitar um recluso em qualquer prisão portuguesa não é necessário mostrar certificado de vacinação, nem qualquer outro passe sanitário, nomeadamente teste covid-19, pois não existe nestas visitas qualquer contacto com os presos. Para aceder à sala de visitas das prisões é obrigatório o uso de máscara e lavar as mãos com gel hidroalcoólico disponível na entrada. O mesmo procedimento é seguido na maioria dos países da União Europeia.

Cécile Renouard

A religiosa que silenciosamente iniciou uma revolução ecológica

Cécile Renouard é uma religiosa da Assunção que há muito faz das preocupações ambientais o seu modo de vida e de fé. Em 2017, na sequência dos seus trabalhos e parcerias com empresas, organizações não-governamentais e agências de desenvolvimento, fundou o chamado Campus da Transição, que pretende ajudar as pessoas a encontrar maneiras mais sustentáveis de viver e interagir.

Nem só de ecrã vive o Homem

O Facebook tem mais utilizadores que cristãos existentes no mundo. A receita financeira pela captura da nossa atenção atingiu já um trilião de dólares, mas o Facebook não está ainda satisfeito. O seu novo alvo é a religião.

As Lídias e os Pichardos desta vida

Temos que escolher entre viver acantonados num território, agarrados a um passado longínquo, por mais glorioso que tenha sido, de modo saudosista e deprimido, ou darmo-nos ao mundo. De resto, apenas se optarmos pela segunda hipótese estaremos a ser fiéis à vocação histórica universal dos nossos antepassados.

Otelo como criação shakespeareana

A notícia da morte de Otelo (1936-2021) diz pouco sobre a sua vida, mas os comentários produzidos em público a esse respeito são extremamente elucidativos sobre os seus autores. No meio da cacofonia destaca-se a lucidez e sentido da História de Ramalho Eanes.

Energias limpas: solução ou ilusão?

O deserto chileno de Atacama é considerado uma das regiões mais áridas do planeta, havendo locais que nunca sentiram um pingo de chuva. Chuquicamata é nome conhecido por aí se situar a maior mina de cobre a céu aberto. Mas Chuquicamata também foi, até fevereiro de 2008, uma pequena cidade que cresceu à sombra da mina e na qual viviam cerca de 25.000 pessoas que dependiam direta ou indiretamente da mina

Cenário terrível de emergência climática

Tarefa urgente e universal: salvar o planeta e as pessoas

As atuais concentrações globais de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera encontram-se nos níveis mais altos dos últimos dois milhões de anos, pelo menos. A temperatura global à superfície da Terra continuará a subir até, pelo menos, meados deste século, qualquer que seja o cenário considerado. Sem fortes reduções na emissão de dióxido de carbono e outros gases como o metano, ultrapassar-se-ão os 1,5 ou mesmo 2 graus centígrados no aquecimento global, o que terá consequências catastróficas.

Trabalho

Operária perde na Relação processo por assédio moral

O Tribunal da Relação do Porto deu razão a uma empresa corticeira que foi acusada de assédio moral contra uma trabalhadora sua e pedia uma indemnização no valor de 80 mil euros. Numa decisão em primeira instância, o Tribunal de Santa Maria da Feira, seguindo também o parecer do procurador-geral adjunto naquele tribunal, tinha decidido a favor da trabalhadora.

Refugiados na Sicília

Chegaram a bom porto, com dores, pesadelos e sonhos

Finalmente chegaram a dois portos da Sicília, este fim-de-semana, o Ocean Viking e o Sea Watch, dois navios carregados até mais não de gente, de humanos, de pessoas como nós. Salvos em condições dramáticas no fim-de-semana anterior, incluindo várias crianças e uma mulher em fim de gravidez. Eram mais de meio milhar numa das embarcações e perto de 260 noutra.

Economia

Universidade Católica anuncia nova edição do programa “Gestão do Luxo”

A 14ª edição do programa “Gestão do Luxo” da Católica Lisbon Business & Economics (o nome da faculdade é em inglês) “propõe uma visão abrangente do universo do luxo e é dirigido a todos os profissionais que pretendam incorporar mais valor às marcas e projetos que dirigem” [sic]. O programa “propõe ainda o estudo dos principais setores de atividade que compõem este heterogéneo mercado, revelando as suas estratégias, ilustradas e enriquecidas com case studies e best practices” [em inglês no original].

"Rumo a um Nós cada vez maior"

Semana Nacional das Migrações de 8 a 15 de agosto

A 49ª Semana Nacional de Migrações realiza-se de 8 a 15 de agosto, sob o tema «Rumo a um nós cada vez maior». O ponto alto, como habitual, é a Peregrinação Internacional Aniversária de agosto, que será presidida pelo Cardeal Jean-Claude Höllerich, do Grão Ducado do Luxemburgo e Presidente da COMECE (Comissão das Conferências Episcopais da União Europeia).

Avanca Film Festival

Há festa na aldeia do cinema

Não é só um festival de cinema no sentido clássico do termo. Antes, cruzamento de várias artes e horizontes, palco dos Encontros Internacionais de Televisão, Vídeo, Multimédia. O Avanca Film Festival é tudo isto e muito mais. Também ajuda a fazer filmes, a desvendar os segredos da câmara e os jovens, cada vez em maior número, chegam atraídos pelo conhecimento e prazer das imagens. Não sei se o país lhes dará a atenção merecida. O festival continua vivo e recomenda-se. Vinte e cinco anos depois, fintou a pandemia e reinventou-se.

Futebol em tempos de cólera

A ideia de associar o desporto a uma actividade lúdica, como no mundo antigo (mens sana in corpore sano, diria Juvenal), de modo a desenvolver a saúde física e mental mas também as boas relações entre indivíduos e as virtudes sociais parece estar há muito lançada por terra, pelo menos no futebol profissional.

7MARGENS divulga estudo de Frei José Nunes, O.P.

Missões cristãs nas colónias de África: submissão e resistência ao colonialismo português

“Durante o Estado Novo, a Igreja conheceu momentos de grande entendimento e submissão ao poder colonial, mas também assumiu posturas críticas de profundo distanciamento das políticas governamentais”. É esta a principal conclusão de um estudo do frade dominicano José Nunes, que foi a base de uma conferência por ele proferida recentemente na Universidade do Minho, com o título “As missões cristãs nas colónias portuguesas de África: submissão e resistência ao colonialismo durante o Estado Novo”.

Solução interministerial para apoiar as famílias

Presidente da Cáritas defende que a “crise social ainda não chegou”

Rita Valadas, presidente da Cáritas portuguesa, afirmou, em entrevista à Rádio Renascença e ao jornal Público, que “a crise social ainda não chegou” no que toca aos efeitos da pandemia. “O tempo da crise social é sempre diferente do tempo da crise económica. A situação das pessoas só começa a ser visivelmente crítica quando as empresas que lhes pagam o salário não conseguem manter o emprego. E só quando o subsídio de desemprego acaba, sem que a economia tenha feito uma retoma, é que as pessoas caem em crise”, considerou.

Vacina covid-19

Desigualdade no acesso dificulta recuperação dos países mais pobres

África teve uma queda de 1,7% de novos casos da Covid-19 na última semana, com o continente a reportar quase 282 mil infetados durante o período. Os dados foram revelados pela diretora regional da Organização Mundial da Saúde (OMS) para África, citada pelo portal das Nações Unidas, Matshidiso Moeti, que, no entanto, afirmou aos jornalistas, em Brazzaville, que “não se deve ter ilusões, porque a terceira onda não chegou ao fim na região”.

Responsável também pelas obras no Mar da Palha

José Sá Fernandes preside a Grupo de acompanhamento da JMJ 2023

O governo português anunciou a criação de um Grupo de Projeto com vista a acompanhar e agilizar todas as questões relacionadas com o “acompanhamento, em termos operacionais, dos trabalhos de preparação deste evento”. “Considerando a diversidade, a complexidade, a natureza e a dimensão das ações a desenvolver no âmbito da preparação da JMJ 2023, o Governo, através Resolução do Conselho de Ministros n.º 45/2021, criou um Grupo de Projeto para assegurar o acompanhamento”, pode ler-se no comunicado de imprensa a que o 7Margens teve acesso.

Nicarágua

Sétimo pré-candidato à presidência detido por Daniel Ortega

O governo da Nicarágua prendeu o sétimo pré-candidato da oposição à presidência, abrindo caminho para a reeleição do autoritário presidente Daniel Ortega, um ex-guerrilheiro de 75 anos que governa o país desde 2007. Durante a sua gestão, Ortega acabou com grande parte da imprensa independente da Nicarágua, perseguiu opositores e, em, 2014, mudou as regras sobre reeleição, possibilitando que ele siga no poder. Em junho, seu regime chegou a prender quatro pré-candidatos numa semana.

Cabo Delgado, Moçambique

Ajuda humanitária não pode ser “indústria do sofrimento”

Crescem as dificuldades humanitárias em Cabo Delgado, Moçambique. Agora é o administrador apostólico, D. António Juliasse Sandramo, que vem alertar para o perigo de criação de “uma indústria do sofrimento” que “dissipa” a ajuda humanitária. “Quando há situações de sofrimento, pode ser criada uma indústria do sofrimento, que se aproveita do sofrimento do povo”, afirmou Sandramo.

Como regressar à vida?

Num recente inquérito à opinião pública, as pessoas consideram que as medidas contra a Covid-19 foram positivas, mas queixam-se que a democracia se viu limitada. É um julgamento natural. Importa, porém, compreender que fomos surpreendidos por uma enfermidade que continuamos a desconhecer.

Dia Mundial dos Avós e dos Idosos

Papa destaca importância de quem acompanha os mais idosos e frágeis

O Papa evoca o sofrimento dos mais velhos durante a pandemia, na mensagem para o I Dia Mundial dos Avós e dos Idosos, que a Igreja Católica vai celebrar este domingo. “A pandemia foi uma tempestade inesperada e furiosa, uma dura provação que se abateu sobre a vida de cada um, mas a nós, idosos, reservou-nos um tratamento especial, um tratamento mais duro”, escreve Francisco, de 84 anos.

Dia dos Avós

Papa quer aliança de jovens e idosos e JMJ sugere gestos de aproximação entre gerações

Os idosos são necessários e o “futuro do mundo está nesta aliança entre os jovens e os idosos”, diz o Papa Francisco na sua mensagem para o Dia dos Avós, que a Igreja Católica assinala neste domingo, 25 de Julho, na véspera do dia em que celebra a memória litúrgica de Santa Ana e São Joaquim, que a tradição aponta como avós de Jesus. Para simbolizar essa aliança, a organização da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Lisboa 2023 convida os jovens a terem um gesto de aproximação aos idosos e aos avós.

Cidadãos vítimas de spyware

Amnistia exige resposta do governo húngaro ao escândalo Pegasus

Uma investigação publicada esta terça-feira, 20 de julho, pelo Direkt36 (órgão de comunicação húngaro sem fins lucrativos) revelou que os telefones de mais de 300 cidadãos daquele país foram identificados como possíveis alvos do software de vigilância Pegasus, comercializado pela empresa israelita NSO Group. Peritos da Amnistia Internacional (AI) confirmaram que, em inúmeros casos, este software tinha, de facto, sido instalado, e a organização exige agora uma reação da parte das autoridades húngaras.

[Os Dias da Semana]

Derrota no estádio, pancada em casa

A condescendência perante o machismo ou, pelo menos, perante as suas manifestações mais degradantes – dir-se-ia – acabou. Mas continua a haver demasiadas notícias que revelam existir ainda uma injustificada complacência perante a agressividade contra as mulheres e também contra os que, de algum modo, são mais vulneráveis.

Privilégios políticos são abraço de urso para a Igreja

Basta de desancar o secularismo para justificar a quebra da prática e adesão à fé cristã nos países desenvolvidos. Há alguns paradoxos que ajudam a determinar onde está realmente o problema. Muitos se questionam por que razão a fé cristã cresce nalguns países e áreas do mundo e diminui noutros.

[Segunda leitura]

“Mãe, pai, tirei um 20!”

Há um colégio no Porto que é barra no ensino da Educação Física. Sabia-se já há tempos e recordou-se por estes dias, pelas notícias. Há dois anos, nenhum dos alunos do 10º ano desse colégio teve menos de 18 valores a Educação Física. Grandes ginastas… Mas ainda os houve mais grandes, por assim dizer: metade desses alunos concluiu a disciplina com nada menos que 20 valores

Brasil

Bispos exigem apuramento de responsabilidades na pandemia

“A trágica perda de mais de meio milhão de vidas está agravada pelas denúncias de prevaricação e corrupção no enfrentamento da pandemia da covid 19”, denuncia a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), naquele que considera “um dos períodos mais desafiadores” da história da democracia no país. E por isso pedem o apuramento irrestrito e imparcial de todas as denúncias.

Haiti

Religiosos pedem justiça para todas as vítimas da violência

A Conferência dos Religiosos do Haiti (CRH) quer que “seja levada a cabo uma investigação para esclarecer” o “crime hediondo” do assassinato do até agora Presidente Jovenel Moïse e que “todos os culpados possam ser levados à justiça”, mas acrescenta que esta ocasião deve ser aproveitada para “exigir justiça para todas as outras vítimas de violência em todo o país”.

A partir do hospital Agostinho Gemelli

Papa pede serviços de saúde “acessíveis a todos”

O Papa presidiu hoje à recitação do Ângelus no Hospital Agostino Gemelli, de Roma, onde se encontra há uma semana, após uma intervenção cirúrgica, agradecendo a acompanha na recuperação e sublinhando a importância dos sistemas de saúde. “Nestes dias de internamento, experimentei a importância de um bom serviço de saúde, acessível a todos, como é o caso da Itália e de outros países. Um serviço de saúde gratuito, que garanta um bom serviço, acessível a todos. Este precioso bem não deve ser perdido”, referiu Francisco, desde o 10.º andar da instituição, na qual foi operado a um problema no cólon, no último domingo.

O caminho da vida

Um destes dias estive na festa de 60 anos de uma amiga. Parece estranho – 60 anos. Para os mais novos é muita, muita idade. Para quem já lá chegou ou chegará em breve, é uma existência com esperança de que mais possa ser desfrutado numa boa condição.

Região enfrenta "vaga devastadora"

Amnistia Internacional apela a mais vacinas para a África Austral

A Amnistia Internacional, em conjunto com outras 27 organizações não governamentais, está a apelar aos governos, líderes regionais e empresas, para que intensifiquem os esforços no combate à pandemia e aumentem os recursos para vacinar, rapidamente, o maior número de pessoas possível, particularmente na África Austral, “região a enfrentar uma terceira vaga de covid-19 devastadora, mas onde o acesso à vacinação permanece uma miragem”.

Em reunião com "Movimento por Cabo Delgado"

Marcelo considera insuficiente o apoio dado a Moçambique

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, reconheceu que o apoio prometido até agora pelas instituições europeias é insuficiente para a dimensão do problema da região moçambicana de Cabo Delgado, durante uma reunião com representantes do Movimento por Cabo Delgado, que decorreu esta quinta-feira, 8 de julho, em Belém. O encontro foi o culminar de um conjunto de reuniões já realizadas com eurodeputados, grupos parlamentares e membros do Governo.

Jerusalém Oriental

Famílias desalojadas e deslocadas à força por Israel

“Iniciativa de Jerusalém Oriental”, do Conselho Mundial de Igrejas, procura acompanhar, mesmo sem uma presença física, as famílias que estão a enfrentar o desalojamento das suas casas e um deslocamento forçado das comunidades de Sheij Yarrah, Silwan e outras localidades de Jerusalém Oriental, para outras regiões.

Missionários redentoristas denunciam

Emigrantes haitianos proibidos de andar de transportes nas Honduras

“As imagens são muito impressionantes: na estrada de Trojes, vemos muita gente a caminhar para Tegucicalpa [capital das Honduras], que o governo hondurenho proibiu de entrar nos meios de transporte, obrigando-os a andar a pé enormes distâncias… Muitas são mulheres grávidas com crianças ao colo”. O testemunho é do padre Oscar Danilo Orozco Martínez, missionário redentorista a trabalhar naquela região, e é apenas um entre os inúmeros que têm sido partilhados nas redes sociais da congregação e divulgados esta terça-feira, 7, pela agência Fides. Referem-se aos emigrantes vindos do Haiti, que procuram chegar aos Estados Unidos da América.

União Europeia

A crise da covid-19 no emprego, quando veio, não foi igual para todos

Em 2021, na União Europeia, o emprego cresceu em atividades que podem ser realizadas em casa e requerem pouca interação social.  Pelo contrário, trabalhos que não podiam ser realizados em casa diminuíram o número de empregos. Estas são algumas das conclusões da edição deste ano da análise “Emprego e Desenvolvimento Social na Europa” (EDSE), publicadas esta terça-feira, 6, pela Comissão Europeia, que, naturalmente, surgem marcadas pelo impacto da covid-19.

Covid-19

Amnistia quer mortes evitáveis investigadas no Brasil

A Amnistia Internacional (AI) lançou uma petição com o objectivo de pressionar para que se apurem todas as responsabilidades no modo como “a gestão desastrosa da pandemia” no Brasil “tem criado um prejuízo humano incalculável e agravado a crise de direitos humanos” no país.

Baptismo foi há 100 anos, no Fundão

A “bricolage” espiritual e o catolicismo de Amália

Olhos cerrados e voltados para o alto, mãos juntas como em oração, corpo direito e voltado para cima, uma voz interior e profunda. Nada disto se adivinhava ainda quando, a 6 de Julho de 1921 – faz nesta terça-feira 100 anos –, Amália Rodrigues foi baptizada na paróquia do Fundão. Mas mais tarde, quando o seu nome já se confundia com o de Portugal e com o próprio fado, ela leva “à consumação, à superação, a subjectivação do fado, a sua dimensão de interioridade”.

Reportagem vencedora do Prémio Gazeta de Imprensa

A caixa de correio de Nossa Senhora

Oito milhões de mensagens, guardadas ao longo de décadas, em que os devotos falam de guerra e paz, fé e descrença, amores proibidos, saúde e dinheiro, pais que se dão mal… Fazem-no como quem conversa com a amiga mais íntima. O “Correio de Nossa Senhora” é um retrato de um Portugal desconhecido e foi, pela primeira vez, aberto e desbravado. E nele se descobrem milhões de novos segredos de Fátima…

À luz da “Fratelli Tutti”: o Rendimento Social de Inserção vale a pena

Passam nesta quinta-feira, 1 de julho, os 25 anos da entrada em vigor de uma medida de proteção social cujo objetivo é garantir um pequeníssimo subsídio às pessoas e agregados familiares portugueses mais pobres dos pobres. Decidida pelo Governo liderado por António Guterres, nasceu como Rendimento Mínimo Garantido (RMG) e, em 2003, passou a chamar-se Rendimento Social de Inserção (RSI).

Carta manuscrita ao padre James Martin

Papa encoraja “trabalho pastoral” junto de comunidade LGBTI

O Papa Francisco agradeceu, com uma carta escrita pelo seu punho, o ministério do padre jesuíta James Martin, dos EUA, junto da comunidade LGBTI. “Quero agradecer-te pelo teu zelo pastoral e pela tua capacidade de estar perto das pessoas, com essa proximidade que Jesus tinha e que reflecte a proximidade de Deus”, escreve o Papa, que trata Martin por “querido irmão”. É a primeira vez que um Papa abençoa explicitamente este tipo de ministério de algum padre.

[Segunda leitura]

A outra “Brigada do Reumático”

E quem é, e o que faz, o Xico Santo Amaro? Ele é um dos elementos da “Brigada do Reumático”. Isso mesmo, “Brigada do Reumático”. Mas não aquela, a outra, a dos generais caquéticos que, em vésperas do 25 de Abril de 1974, se calhar já cheirando o esturro que por aí vinha, decidiram ir prestar homenagem à ditadura e a Marcelo Caetano, decerto por serviços prestados.

Testemunho

“Lembro-me que estou vivo e que a vida é bela.” Um mês com covid-19, entre a vida e a morte

É uma fatia de pizza, fria, oferecida por uma enfermeira, que lhe devolve a consciência de que está vivo. Antes, a dado momento da sua hospitalização com covid, dará consigo a reflectir: “O sofrimento, aqui, é real, mas o pior é a solidão.” Durante um mês, Rui Araújo, repórter da TVI, esteve entre a vida e a morte. Um testemunho na primeira pessoa.

Desde 9 de Maio

Polícia de Israel fez campanha repressiva discriminatória contra palestinianos, acusa Amnistia

A polícia israelita cometeu múltiplas violações de direitos humanos contra palestinianos em Israel e em Jerusalém Oriental, durante e após as hostilidades armadas em Israel e Gaza, denunciou a Amnistia Internacional (AI). Tratou-se, diz a organização, de uma campanha repressiva discriminatória, desde o dia 9 de Maio, que levou à prisão mais de 2150 pessoas e que incluiu detenções em massa, utilizando a força ilegal contra manifestantes pacíficos e sujeitando os detidos a tortura e outros maus-tratos.

Ação em Paris e Berlim

Repórteres Sem Fronteiras simula “funeral” do Apple Daily

Representantes da organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF) encenaram nesta sexta-feira, 25, diante das embaixadas da China em Paris e Berlim, o enterro simbólico do Apple Daily, o jornal de Hong Kong que, na véspera, foi obrigado a fechar depois de as autoridades terem detido o seu proprietário e vários editores e jornalistas, e congelado os bens da empresa.

Todos os avós precisam de um neto

“Todos os avós precisam de um neto” é o título de um painel lisboeta, no início da Avenida Miguel Torga, quando se desce em direcção a Benfica. Passo por ele quase todos os dias, pois é perto de minha casa. E todos os dias me irrito com este pedido que transforma os avós em deficientes motores, com muletas e bengalas.

Aborto

Parlamento Europeu debate direitos sexuais

O Parlamento Europeu vota nesta quinta-feira, 24 de junho, o Relatório Matić “sobre a situação da saúde e dos direitos sexuais e reprodutivos na UE no contexto da saúde das mulheres”. O documento contém recomendações controversas que têm sido alvo de críticas frontais por parte do secretariado da Comissão das Conferências Episcopais da União Europeia (Comece), de vários bispos católicos e de movimentos pró-vida.

20 anos da Lei da Liberdade Religiosa

Religiões também querem comemorar 50 anos do 25 de Abril

Ao comemorar os 20 anos da Lei de Liberdade Religiosa, de que o próprio foi o impulsionador político, José Vera Jardim abriu o livro das reclamações a apresentar ao Governo. Diante da ministra da Presidência, o responsável disse o que falta fazer para concretizar melhor a lei. As religiões, que fazem um balanço muito positivo da aplicação do diploma legal, querem que também elas “possam contribuir para a preparação e celebração dos 50 anos do 25 de Abril”.

Quando a serenidade pesa

Este ano, o tema do Dia Mundial dos Refugiados, celebrado no passado domingo, 20 de Junho, foi “Juntos superamos, aprendemos e brilhamos”. Trouxe-me à memória o slogan da primeira grande campanha da PAR – Plataforma de Apoio aos Refugiados, que é também o princípio da Cantata de Paz de Sophia: “Vemos, ouvimos e lemos, Não podemos ignorar.” E, depois, a exortação do Papa Francisco na carta Fratelli Tutti: “acolher, proteger, promover e integrar.”

Abusos sexuais

Concordatas usadas para fugir à justiça, denuncia ONU

Tomar todas as medidas necessárias para deter e prevenir a violência e o abuso sexual recorrentes contra crianças em instituições católicas, e para garantir que os responsáveis ​​prestem contas e as reparações sejam pagas às vítimas, são alguns dos pontos de uma carta dirigida ao Papa por um grupo de peritos em direitos humanos das Nações Unidas. O mesmo documento diz também que as concordatas são limitativas de uma combate eficaz ao problema.

Terça, 22, em Lisboa

O antirracismo de Vieira em debate na Brotéria

“O elogio da cor preta ou o antirracismo de Vieira: ousadias e limites da crítica esclavagista vieirina” é o tema da conferência que a revista Brotéria promove nesta terça-feira, 22, às 18h30, nas suas instalações em Lisboa (Rua São Pedro de Alcântara, 3, ao Bairro Alto). O historiador José Eduardo Franco, autor de livros como O Mito dos Jesuítas, é o convidado para esta sessão.

Aborto e comunhão

Bispos dos EUA afastam-se do Papa por causa de Biden

A Conferência dos Bispos dos Estados Unidos (USCCB, da sigla em inglês) aprovou, por esmagadora maioria (168 votos contra 55, perto de três quartos dos votantes), avançar de imediato para a elaboração de um documento sobre a comunhão. Em causa está a possibilidade de sancionar políticos católicos que defendam a possibilidade da livre escolha numa matéria como o aborto, interditando-os de poder comungar.

Hans Zollner sobre abusos sexuais

“Portugal está ainda no começo do processo de lidar com o passado”

Ainda há dificuldade em lidar com o passado, mesmo numa sociedade como a portuguesa, como se pode verificar com o processo Casa Pia, diz o padre Zollner, responsável no Vaticano para as questões de abusos de menores. E duas entrevistas publicadas agora pelo portal dos jesuítas e na página da diocese de Braga, Zollner diz que não basta um endereço electrónico numa página de internet: o mais importante é “criar um ambiente de confiança”.

Gastronomia, transmissão de costumes e novos migrantes

Quando emigramos, levamos connosco, além de uma língua e de uma nacionalidade, os nossos hábitos culturais que se materializam nos hábitos alimentares, na música, na educação e na visão de mundo. Ao chegarmos ao destino, verificamos o choque cultural com um novo mundo, ao qual temos de nos adaptar, para lidar com essa realidade e tornar possível a necessária aculturação física e mental.

Cáritas propõe vela virtual para Dia do Refugiado

Amnistia quer entregar 15 mil assinaturas a Costa em defesa dos refugiados

A Amnistia Internacional Portugal promove no próximo domingo, 20, uma vigília na Praça Europa, em Lisboa (entre a Ribeira das Naus e o Cais do Sodré) para assinalar o Dia Mundial do Refugiado e entregar cerca de 15 mil assinaturas recolhidas no manifesto Eu Acolho. A vigília, que decorre das 21h às 22h30, “pretende sensibilizar para a necessidade de uma política europeia de migração e asilo centrada nos direitos humanos”.

Boko Haram na Nigéria

Amara, a raptada, e o padre psicólogo que ajuda a curar as feridas do terrorismo

Amara – um nome fictício para uma vida tragicamente bem real – tem hoje 21 anos, mas já passou muito: desmaiou quando lhe colocaram nas mãos a cabeça decapitada do seu pai, foi depois raptada e violada sucessivamente pelos terroristas do Boko Haram. Conseguiu fugir e esteve muito tempo sem conseguir falar, até que a sua mãe procurou a ajuda do padre Joseph Fidelis Bature, que é também psicólogo clínico.

“E isso serve para quê?” – Humanidades em tempo de pandemia

O título que escolhi para este texto evoca a questão que talvez seja a mais comum aos ouvidos de quem estuda e investiga na área das Humanidades. Numa época pandémica, em que se exige tanto dos profissionais da saúde, da economia, da segurança, da estatística, e de tantos outros, as Humanidades ficaram aparentemente ainda mais em segundo plano, já que, pela essência dos objetos com que lidam, não foram chamadas para a linha da frente do combate anti-covid-19.

Vacina covid-19

G-7 vai doar mil milhões de doses aos países mais pobres

Mil milhões de doses de vacinas anti-covid-19 serão doadas pelos sete países ocidentais mais ricos aos países mais pobres até ao final de 2022. A decisão foi tomada neste domingo, 13 de junho, no final da cimeira que juntou durante três dias em Carbis Bay (Cornualha, Reino Unido) os chefes de Estado e primeiros-ministros do Reino Unido, EUA, Alemanha, França, Itália, Canadá e Japão.

[Segunda leitura]

Os milagres na rádio

Gosto tanto de ouvir os “discos pedidos”. As conversas entre quem está ao microfone e quem liga, as dedicatórias, os desabafos, percebe-se tão bem como a rádio é a companhia insubstituível que preenche umas horas solitárias em cada dia. E como se não bastasse, pelo meio há remédio milagroso. Sim, milagroso até dizer chega. É, chamemos-lhe assim para disfarçar, a ‘XPTOLA+’. E que é que faz a ‘XPTOLA+’? Há que ouvir…

Dia Mundial

Covid fez inverter progressos de 20 anos na luta contra o trabalho infantil, diz ONU

As consequências da pandemia levaram, em diversas partes do mundo, ao crescimento do trabalho infantil, o qual pode ter atingido 160 milhões de crianças, invertendo a tendência global de redução dos últimos cerca de 20 anos. Os dados constam de um relatório publicado esta semana por duas organizações das Nações Unidas ligadas ao setor, a Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) e a OIT (Organização Internacional do Trabalho).