Sociedade

Myanmar: 350 mil deslocados “particularmente vulneráveis” à ameaça do coronavírus novidade

A organização internacional de defesa dos direitos humanos Humans Rights Watch (HRW) não tem dúvidas: as cerca de 350 mil pessoas que vivem nos campos de deslocados internos em Myanmar (antiga Birmânia) “estão sentadas à beira do caminho de uma catástrofe de saúde pública”. Começam a surgir os primeiros casos de covid-19 no país e a ONG lançou um apelo ao governo local para que levante as restrições nos campos e alargue as áreas disponíveis de modo a tornar possível o distanciamento social.

Fátima: peregrinação de maio será vivida com santuário “vazio, mas não deserto” novidade

Pela primeira vez na história do Santuário de Fátima, o dia 13 de maio, em que se assinala o aniversário da primeira aparição de Nossa Senhora aos pastorinhos, será vivido com o recinto “vazio”. Numa emocionada mensagem de vídeo, o bispo da diocese de Leiria-Fátima, D. António Marto, anunciou esta segunda-feira, 6 de abril, que a peregrinação internacional aniversária será celebrada “sem a presença física de peregrinos”, devido à pandemia de covid-19, mas convidou todos a peregrinarem “com a mente e o coração”.

A doença do coronavírus serve de desculpa para tudo? novidade

À boleia da pandemia que nos aflige, vejo coisas a acontecer que não podem deixar de me espantar, pela sua aberração e desfaçatez de quem as pratica. Em meados de fevereiro, em Mullaithivu, no norte do Sri Lanka, foi descoberta uma vala comum enquanto se procedia às escavações para as fundações duma extensão do Hospital de Mankulam. Segundo os médicos legistas, os restos mortais encontrados têm mais de 20 anos.

A ilusão do super-homem

As últimas semanas em Portugal, e há já antes noutros cantos do mundo, um ser, apenas visível a microscópio, mudou por completo as nossas vidas. Na altura em que julgávamos ter atingido o auge da evolução e desenvolvimento técnico e científico, surge um vírus.

António Guterres anuncia “muito em breve” novo representante especial para o Sara Ocidental

O secretário-geral da ONU, António Guterres, disse ao 7MARGENS que “muito em breve” as Nações Unidas irão nomear um representante da organização para o Sara Ocidental. “Não foi fácil, não é um lugar particularmente atractivo. Por outro lado, não é fácil ter o consenso indispensável para fazer avançar as coisas. Mas o novo representante especial será nomeado em breve “no sentido de poder renovar o diálogo político indispensável”, afirmou.

Diários de quarentena (18): Pessah judaica – agradecer que vivemos

Estamos a poucos dias da celebração da festa judaica de Pessah (“passagem”, Páscoa). Celebração esta em que o foco fundamental é fazermos o relato da história da libertação do Povo de Israel da escravatura no Egipto. E a “passagem” pode ser como alusão ao milagre que D-us* Bem Dito fez ao abrir o Mar Vermelho.

Diários de quarentena (17): Manual de sobrevivência e treinar a mente em casa

Isto assim não pode ser! Após poucos dias de quarentena forçada estou mais cansado do que andava com a rotina habitual de trabalho-netos-amigos-casa. A agitação máxima atingiu as redes sociais. Toda a gente fechada em casa está possessa de enorme vontade de comunicar. Mais é impossível. A todo o segundo um novo toque: SMS, WhatsApp; mail.

Serviço Jesuíta aos Refugiados e Provedoria da Justiça pedem alternativas ao SEF

O Serviço Jesuíta aos Refugiados (JRS) defende “a necessidade urgente de uma entidade externa e imparcial” no Espaço Equiparado a Centro de Instalação Temporária (EECIT) do aeroporto de Lisboa, onde um cidadão ucraniano terá sido espancado por inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), acabando por morrer. Também a Provedora da Justiça, Maria Luísa Amaral, voltou a pedir “alternativas adequadas” àquele serviço, que considera agora mais necessárias que nunca, “face ao momento de pandemia de covid-19”.

Doentes de covid-19 mantêm “direito e acesso à assistência espiritual e religiosa” nos hospitais

A Coordenação Nacional das Capelanias Hospitalares emitiu um comunicado esta quarta-feira, dia 1, para esclarecer que “os capelães não estão impedidos de prestar assistência espiritual e religiosa”. Têm, isso sim, de cumprir “medidas de contingência existentes nos hospitais”, como todos os profissionais, por forma a minimizar os “riscos de contágio, quer dos capelães quer dos próprios doentes e dos profissionais”, sublinha o documento.

Henri Tincq (1945-2020): referência da informação religiosa francesa e europeia

Jornalista do La Croix e, depois, de Le Monde, Henri Tincq morreu domingo passado, 29 de Março, vítima do novo coronavírus. Tinha 74 anos e, além de autor de dezena e meia de livros sobre questões religiosas, era uma referência da informação na área quer em França quer na Europa, que o jornal protestante La Réforme definiu como “o mais reputado de França” e pessoa de uma fé profunda e “comprometida”.

Violência doméstica: “outra pandemia” a alastrar silenciosamente

Os telefones da Linha de Apoio à Vítima estão estranhamente silenciosos. Desde que foi decretado o estado de emergência, a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) passou a receber “menos de metade das chamadas” que habitualmente recebia com pedidos de ajuda. Serão boas notícias? Daniel Cotrim, psicólogo da APAV, gostaria de acreditar que sim, mas confessa estar mais “assustado” que esperançoso. “Recebermos menos contactos é sinal de uma tranquilidade aparente”, afirma, temendo que, a par da pandemia de covid-19, também a “pandemia da violência doméstica” esteja a alastrar. E mais rapidamente do que antes, mas agora em silêncio.

Diários de quarentena (15): Uma pandemia, um desafio à solidariedade

Parecemos regressados a outros tempos, os das pestes medievais ou das epidemias de há cem anos. Este facto faz-nos refletir na ilusão a que nos conduz o excesso de confiança nas capacidades humanas e na ciência. O ser humano continua a ser vulnerável diante da doença e da morte e deve reconhecer humildemente essa sua vulnerabilidade.

Cardeal Tagle propõe eliminar a dívida dos países pobres

O cardeal filipino Luis Antonio Tagle, prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, propôs a criação de um Jubileu especial em que os países ricos perdoem a dívida dos países pobres aos quais concederam empréstimos, de forma a que estes tenham condições para combater a pandemia de covid-19.

Oxfam pede “um Plano Marshall de Saúde” para o mundo

A Oxfam, ONG de luta contra a pobreza sediada no Quénia e presente em mais de 90 países, pediu esta segunda-feira, 30, “um plano de emergência para a saúde pública” com a mobilização de 160 biliões de dólares. Este valor permitiria duplicar os gastos com a saúde nos 85 países mais pobres, onde vive quase metade da população mundial.

“Ponham a saúde das pessoas acima de tudo”: a carta aberta assinada por quase 400 organizações em todo o mundo

A carta é curta e concisa: basta que sejam cumpridos cinco princípios e, todos juntos, conseguiremos recuperar da pandemia de covid-19. Mais: iremos garantir um futuro melhor. Assinado por quase 400 organizações espalhadas por todo o mundo, o documento aponta como primeiro princípio que a saúde das pessoas seja colocada “acima de tudo, sem exceções”, assegurando que todos têm acesso a serviços de saúde, estejam onde estiverem.

As circunstâncias fazem os grandes líderes. Cá estão elas.

Faço parte de uma geração que reclama grandes líderes. Não tenho muitas dúvidas que esta reclamação é de quem vive num certo conforto. Não tive um Churchill porque não passei por uma grande guerra. Não tive um Schuman porque não era vivo quando a Europa esteve em cacos. Não tive um Sá Carneiro, Freitas do Amaral ou Mário Soares porque não era vivo quando Portugal ainda só sonhava com uma Democracia plena e funcional.

António Guterres ao 7MARGENS: “É precisa uma estratégia coordenada de supressão do vírus, sob orientação da OMS”

Corremos o risco de uma explosão da doença com consequências trágicas e milhões de mortos, nomeadamente no continente africano, se não houver mais eficácia e estratégias coordenadas de combate ao novo coronavírus. O receio é expresso por António Guterres, secretário-geral das Nações Unidas, numa entrevista ao 7MARGENS, a propósito da pandemia que atinge o mundo e do seu apelo a um cessar-fogo global, com o objectivo de contrariar a disseminação do contágio. “Esta não é uma crise financeira, é uma crise humana”, afirma.

Governo português decreta que imigrantes passam a estar em situação regular

O Governo português decretou que, a partir de 18 de Março (dia da declaração do Estado de Emergência Nacional), todos os imigrantes e requerentes de asilo que tivessem pedidos de autorização de residência pendentes no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) passam a estar em situação regular, com os mesmos direitos que todos os outros cidadãos, incluindo nos apoios sociais.

Diários de quarentena (14): Tudo ao contrário? Em tempos de “des-samaritanização”

A ação social básica, própria das relações de família, vizinhança e amizade, tem sido bastante descurada: ao longo da história, relevaram-se mais as diferentes instituições que foram sendo criadas, seguindo-se-lhes a consagração e desenvolvimento do Estado social. Deste modo, o patamar básico da ação social foi menosprezado, a favor do intermédio, ou institucional, e do estatal.

Apesar de tudo, a liberdade

Sinto a doença à minha volta e à volta dos meus. E, nesta reclusão involuntária, lembro-me de Trujillo e de suas altas torres. Não de todas, mas de uma que, na sua delgada altivez, se assumiu como mirante.

Diários de quarentena (12): Entre a solidão e o medo só o amor nos liberta

Os dias parecem-nos intermináveis e as noites demasiado longas para um descanso que se torna desassossego. As rotinas sucedem-se mais iguais do que nunca por se confinarem a um espaço que, sendo o nosso, parece querer sufocar-nos. Terrível experiência esta, nunca antes vivida, em que, sendo livres, nos sentimos aprisionados no lugar que ainda há dias era de acolhimento.

Igreja Católica no Brasil critica decisões de Bolsonaro e diz que “sensato” é ficar em casa

O presidente brasileiro Jair Bolsonaro incluiu as atividades religiosas na lista das atividades consideradas essenciais e autorizadas a funcionar no país durante o estado de emergência provocado pela pandemia de covid-19. Mas a Igreja Católica reagiu contra o decreto publicado quarta-feira, 26, reiterando os apelos para que todos permaneçam em casa e mantendo a suspensão das celebrações religiosas com presença de fiéis.

G20 prevê injetar 5 biliões de dólares na economia mundial para combate à pandemia

Os líderes do G20 (grupo das 20 maiores economias do mundo), decidiram, durante a reunião de emergência realizada por videoconferência esta quinta-feira, 26, injetar “mais de cinco biliões de dólares” na economia mundial para “contrariar as consequências sociais, económicas e financeiras da pandemia” de covid-19. Segundo a agência Reuters, esta foi a reunião mais consensual de sempre, desde a criação do grupo.

Oração do Papa pela Humanidade: “Estamos todos no mesmo barco. É o tempo de reajustar a vida. Só o conseguiremos juntos.”

Sentimo-nos paralisados e perdidos, mas ninguém se salva sozinho, disse Francisco perante uma praça de São Pedro vazia e diante de milhões que o escutavam pela net ou televisões. É tempo de resgatar a vida e valorizar as pessoas comuns que não estão nas passarelas, lembrou, falando de todos os que se têm entregue a consolar e tratar os atingidos pela pandemia. Só juntos sairemos desta e das restantes crises da humanidade, afirmou.

Coronavírus nos campos de refugiados Rohingya será “um novo massacre”

Com a chegada da pandemia de covid-19 ao Bangladesh, o líder da comunidade Rohyngia, Mohammad Jubayer, teme que esta alastre no campo de refugiados do sul do país, o maior do mundo, onde vive quase um milhão de pessoas. Será como “um novo massacre, muito maior do que o que aconteceu em 2017”, quando esta minoria muçulmana fugiu da perseguição na Birmânia, alertaram grupos de ativistas, em declarações à AFP.

Diários de quarentena (10): E nós aqui tão perto

Depois de jantar, quando não há ninguém nas ruas, saio e vou até ao jardim público. Procuro não tocar em nada. Caminho durante meia hora. Cruzo-me à distância com três ou quatro pessoas. Cumprimentos com acenos de cabeça, cada qual numa borda do passeio. Um rente às casas, outro na borda da rua. Passamos.

Oração, cidadania e solidariedade contra a pandemia

Esta sexta-feira, às 17h (hora de Lisboa), o Papa volta a estar em oração a partir do adro da basílica de São Pedro, perante uma praça vazia, naquela que será seguramente uma das imagens mediáticas que registarão este período difícil da humanidade.

E quando a covid-19 alastrar pela África e Síria?

“Não abandonem África”, pede o padre ruandês Gaetán Kabasha, a propósito da pandemia da covid-19. “Quando chegar a situação complicada a estes países, estejam dispostos a estender a mão para ajudar”, apela, em declarações à Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), alertando para a evolução dramática que a doença pode ter a vir no continente.

Em estado de emergência, Itália ajuda Croácia na sequência do terremoto

Itália é neste momento o país mais afetado pela pandemia de Covid-19, mas nem por isso deixou de oferecer ajuda à Croácia, depois do terremoto que assolou aquele país no passado domingo, dia 22. Uma coluna de veículos, tendas e pessoal especializado saiu esta terça-feira, 24, do norte de Itália em direção à capital croata, Zagreb.

O Sétimo Selo 2.0

A pandemia de covid-19 parece ser a nova peste negra da Idade Média. Se antes a Igreja aterrorizava os fiéis com o inferno, agora correm o risco de despersonalização através do isolamento social.

Diários de quarentena (6): Redescobrir sentido e os mocassins dos outros

Vivemos uma época de muita preocupação. Quem vive com profissionais de saúde, tem familiares já idosos com outros problemas de saúde, alguns à distância de uma viagem, anda com o coração um pouco apertado. (…) tenho-me lembrado das descrições sobre a vida nas leprosarias que lia nos almanaques das missões na casa da minha avó.

Coronavírus: Trabalho dos voluntários junto dos sem-abrigo “tem sido absolutamente fantástico”

As principais instituições de ajuda aos sem-abrigo estão a conseguir manter-se em funcionamento graças ao empenho e esforço de inúmeros voluntários para continuar a desempenhar diariamente as suas funções e de alguns novos que, perante a pandemia de covid-19, têm oferecido também a sua ajuda. Henrique Joaquim, gestor da Estratégia Nacional de Integração dos Sem-abrigo, considera que o trabalho desenvolvido por estes voluntários “tem sido absolutamente fantástico”.

Diários de quarentena (1) – É agora o tempo

Estamos a viver uma época extraordinária. Um tempo único. Convém não o encher de coisas ordinárias. No futuro, não poderemos olhar para este tempo apenas como um tempo cinzento em que nada de notável nos aconteceu, para além do confinamento domiciliário sobressaltado por tristes notícias. Temos de fazer agora coisas marcantes.

“Catástrofe humanitária pode estar iminente”, alerta a PAR em apelo ao Governo sobre os refugiados nas ilhas gregas

“Podemos estar na iminência de uma catástrofe humanitária” nas ilhas gregas onde há refugiados em campos sem condições mínimas de vida, diz ao 7MARGENS André Costa Jorge, director do Serviço Jesuíta aos Refugiados (JRS, da sigla em inglês) e coordenador da PAR (Plataforma de Apoio aos Refugiados). Esta organização apelou, entretanto, ao Governo, para “que colabore, com urgência e coordenado com as instituições europeias, num plano de contingência média e na evacuação das ilhas”.

Uma mulher fora do cenário, numa fila em Paris

Ultimamente, ao andar pelas ruas de Paris tenho-me visto confrontada pelos contrastes que põem em questão um princípio da doutrina social da Igreja (DSI) que sempre me questionou e que estamos longe de ver concretizado. A fotografia que ilustra este texto é exemplo disso.

Um “ultimato” e não uma agenda de paz, diz o CMI sobre o plano para Israel-Palestina

Um “ultimato”, não um plano de paz. O secretário-geral do Conselho Mundial (ou Ecuménico) de Igrejas (CMI), Olav Fykse Tveit, lançou um apelo no sentido de a comunidade internacional não apoiar o plano apresentado pelo Presidente dos Estados Unidos e pelo primeiro-ministro para a criação de dois estados independentes, Israel e Palestina, mas em que este último teria uma soberania limitada e perderia alguns dos territórios ocupados por Israel.

Padres de Lamego em formação inédita sobre “flagelo” da violência doméstica

A ideia é inédita na Igreja Católica em Portugal e surgiu de uma conversa preparatória de uma acção de formação do clero da diocese de Lamego: e porque não tratar o tema da violência doméstica? O problema é importante naquela região e por isso seria útil os padres terem informação sobre o assunto, diz António Lucena, director do Departamento Justiça e Paz (DJP), um dos dois responsáveis por avançar com a iniciativa que esta segunda-feira, 2 de Dezembro, decorre em Lamego.

Mais de 500 mulheres assassinadas em Portugal em 15 anos, é preciso cuidar também dos orfãos

O Observatório de Mulheres Assassinadas (OMA), da União de Mulheres Alternativa e Resposta (UMAR), contabiliza mais de 500 mulheres assassinadas nos últimos 15 anos em Portugal – só em 2019, foram 28. Algumas baleadas, outras estranguladas ou espancadas, a maioria foi vítima de violência doméstica. O novo problema é apoiar as crianças que ficam órfãs, alerta o OMA.

Exumação de Franco do Vale dos Caídos será quinta-feira

Os restos mortais do antigo ditador espanhol Francisco Franco serão exumados do Vale dos Caídos na próxima quinta-feira, dia 24 de outubro, às 10h30 locais (9h30 em Lisboa), segundo informação divulgada pelo Governo espanhol e citada pelo Religión Digital. Apesar de haver alguns monges da comunidade do Vale dos Caídos que estão contra a exumação, quer o Vaticano, quer os bispos espanhóis e várias sentenças do Supremo Tribunal de Espanha deram o seu acordo e a basílica foi encerrada.

Vagner Diniz e Helena Taliberti: “A vida é o bem mais precioso que temos”

Helena Taliberti e Vagner Diniz ainda não esqueceram que perderam os dois filhos, uma nora e aquele que seria o seu primeiro neto na tragédia da barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho (Minas Gerais, Brasil), no final de Janeiro. Mas agora, nesta viagem a Genebra, para procurar apoio do Conselho Mundial de Igrejas (CMI) e de outras organizações, querem sobretudo evitar que mais vidas se venham a perder por razões semelhantes às que provocaram o desastre de há nove meses.

Patriarca católico sírio pede pela paz no nordeste da Síria

O patriarca da Igreja Católica Síria apelou à “paz imediata e duradoura no nordeste da Síria e pela preservação de vidas inocentes, especialmente as cristãs que são a base fundadora e original do país”. Na homilia da missa de domingo passado, 13 de outubro, na igreja patriarcal da Virgem Maria, em Roma (Itália), o patriarca Younan Ignace Joseph afirmou, perante várias pessoas que tinham imigrado da Síria e do Iraque devido à guerra: “Nós, os cristãos de Este, fomos relegados e abandonados por este mundo, que só procura os interesses materiais instantâneos.”

“Como se atrevem? Roubaram-me os sonhos. O crescimento económico eterno é um conto de fadas.”

“Como é que se atrevem? Vocês roubaram-me os sonhos e a infância com as vossas palavras vazias” e só se preocupam com o dinheiro e “os contos de fadas do crescimento económico eterno”, disse segunda-feira, 23 de setembro, uma emocionada Greta Thunberg, a jovem sueca que foi convidada pelo secretário-geral da ONU para falar no início da Cimeira de Ação Climática, em Nova Iorque.

CNJP critica Justiça e silêncio mediático a propósito do assassinato da irmã Maria Antónia Pinho

Críticas à lentidão da justiça, ao pouco destaque dado à notícia do crime se comparado com outros casos semelhantes e às poucas reacções de organizações de mulheres. A Comissão Nacional Justiça e Paz (CNJP), da Igreja Católica, divulgou neste fim-de-semana um comunicado em que aborda o “cruel feminicídio” que vitimou a irmã Maria Antónia Pinho.

O meu reino é deste mundo – os cristãos nos protestos pró-democracia de Hong Kong

Um rapaz franzino, de 22 anos, cabelo em franja, numa escala entre Taiwan e uma esquadra de polícia, aterrou, esta semana, numa conferência do jornal alemão Bild. No final de um breve discurso sobre direitos humanos, proclamou, frente ao ministro dos Negócios Estrangeiros alemão: “Se estamos a viver uma nova Guerra Fria, Hong Kong é a nova Berlim”. O rapaz franzino é Joshua Wong.

Fausta e o homem das cicatrizes, o único que (não) fala

Numa reportagem de televisão sobre o narcotráfico no México, a jornalista Fausta Speranza, editora da secção internacional do L’Osservatore Romano, da Santa Sé, tem muitas mulheres a falar durante os 45 minutos do documentário. O único homem que aceitou dar a cara (Fausta abordou muitos outros que recusaram) tinha a barriga cheia de cicatrizes mas “não se lembrava” porquê.

“Zahra”, de Tomás Sopas Bandeira, é uma flor que grita no Sara Ocidental

Zahra, a estreia de Tomás Melo Bandeira na ficção publicada, é “uma tentativa de responder” à pergunta sobre o que o autor viu em Outubro de 2017 no Sara Ocidental, ocupado por Marrocos. É “um grito de esperança porque são eles, os sarauis, que após tanto tempo são capazes ainda de a possuir e conservar”, diz o autor em entrevista ao 7MARGENS. O livro será apresentado na feira do Livro de Braga, neste domingo, 30 de Junho, às 19h30.

Meditar e limpar a praia para contestar um novo aeroporto

Haverá uma limpeza da praia, música, oficinas de instrumentos musicais e de aviões de papel, conversas e meditação. Tudo para contestar a possibilidade de um novo aeroporto na Margem Sul do Tejo. Sob o lema “Menos avião, mais imaginação!”, o movimento Extinction Rebellion/Terra Aterra promove esta sexta-feira, 28 de Junho, na Praia do Samouco (Alcochete) um convívio que promete durar das 9h às 22h.

A “imensa tristeza” do Papa e o que pode mudar (mais) uma foto que choca o mundo

Há (mais) uma foto a chocar o mundo, mas que efeitos pode ela ter? O Papa Francisco juntou-se nesta quarta-feira, 26 de Junho, às vozes que se manifestaram chocadas com a fotografia de Oscar Alberto Martinez Ramirez, 26 anos, e da sua bebé, Valeria, de 23 meses, mortos no Rio Grande, na fronteira do México, quando o jovem pai tentava atravessar a fronteira com os Estados Unidos para aí tentar trabalhar ilegalmente.

Iraque formalizou convite para viagem do Papa Francisco

A concretização de uma visita do Papa ao Iraque será “um evento histórico”, declarou o Presidente iraquiano, Barham Salih. “Tenho a honra de convidar oficialmente Sua Santidade a visitar o Iraque, berço da civilização e lugar de nascimento de Abraão”, escreveu, numa carta enviada ao Papa.

Grupos católicos LGBT criticam documento do Vaticano sobre a teoria de género, que pretende “uma via de diálogo”

O Vaticano publicou pela primeira vez um manual inteiramente dedicado ao tema do “género”. O documento da Congregação para a Educação Católica “Homem e mulher, os criou. Para uma via de diálogo sobre a questão de género na educação” surge como uma resposta às solicitações de vários bispos de forma a poderem abordar o assunto junto das suas comunidades. Mas há grupos católicos que apareceram nos últimos dias a criticar o texto.

Papa Francisco: Acolher os migrantes é superar os nossos medos

O problema das migrações não diz respeito apenas aos migrantes e aos refugiados, mas “é também sobre os nossos medos”. A afirmação é do Papa Francisco e consta da sua mensagem para próximo Dia Mundial dos Migrantes e Refugiados, que se assinala a 29 de Setembro próximo, sob o lema “Não se trata apenas de migrantes”.

Rémi Brague em Lisboa: A Europa é um aqueduto (entrevista)

Rémi Brague, filósofo francês e especialista em filosofia árabe e judaica medieval, está nesta terça-feira, dia 21, em Lisboa. Às 18h30, profere uma conferência na Universidade Católica (auditório Cardeal Medeiros, edifício da Biblioteca João Paulo II), sobre o tema Europa, que cultura? Que futuro? (entrada livre). Nesta entrevistam defende a ideia de aqueduto para definir a Europa.

Reportagem 7M em São Paulo: O padre ameaçado de morte por abraçar “moradores da rua”

Júlio Lanzarote é um padre da diocese de S. Paulo (Brasil). Anima a comunidade paroquial de S. Miguel, na rua Taquari, na cidade que (contando periferias) tem 20 milhões de habitantes! A sua igreja é pequena, mas o seu trabalho pastoral é de enorme dimensão. Pelo menos é isso que pensam os cerca de 60 moradores de rua que ali estavam na manhã de 30 de Abril, terça-feira da semana passada.

Trabalhadores dos supermercados marcam greve no 1º de Maio

Os sindicatos representativos dos trabalhadores de hiper e supermercados entregaram um pré-aviso de greve para o próximo dia 1 de Maio, quarta-feira, Dia Mundial do Trabalhador. Em causa, está a reivindicação de revisão do Contrato Colectivo de Trabalho, cuja negociação se prolonga há 31 meses.

Hoje não há missas no Sri Lanka e a prioridade é reconstruir vidas, não igrejas

O cardeal Malcom Ranjith, arcebispo de Colombo (capital do Sri Lanka), anunciou que este domingo, 28 de Abril, não haverá missas no país e considera que a prioridade na resposta aos atentados de Domingo de Páscoa, que atingiram duas igrejas católicas e uma evangélica (além de quatro hotéis e um bairro residencial), deve ser a reconstrução das vidas dos feridos e dos familiares das vítimas e não das igrejas. “Temos de ajudar essas pessoas por uma série de programas de aconselhamento, porque algumas delas estão destruídas”, disse, citado pelo Crux.

Bispos do Peru contra colega e a favor de jornalista denunciador de abusos

A Conferência Episcopal Peruana insurgiu-se contra um dos seus bispos, depois de o jornalista Pedro Salinas ter sido condenado na sequência de uma acusação por difamação pessoal, interposta por José Antonio Eguren Anselmi, arcebispo de Piura, no norte do Peru. Em causa, estão as revelações feitas por Salinas e a também jornalista Paola Ugaz, que com ele investigou os escândalos de pedofilia dentro de um proeminente movimento católico,o Sodalício de Vida Cristã, de que o bispo é fundador e tem mais de 20 mil seguidores na América Latina.

Quando a hospitalidade é o quarto voto

Como reinventar a hospitalidade para os tempos actuais? São seis padres e 26 irmãos da Ordem Hospitaleira de S. João de Deus, mas há mais quem ajude e entre no espírito: “O que está subjacente à essência desta intervenção” é absorvido por alguns colaboradores que comungam da mesma ideia, que percebem que a salvação do ser humano depende de serviços como este, diz o psiquiatra Vítor Cotovio, médico na Casa de Saúde do Telhal, uma das instituições da Ordem Hospitaleira de S. João de Deus nos arredores de Lisboa.

Um dia nacional para a liberdade religiosa

A proposta é do Alto Comissariado para as Migrações (ACM) e da Comissão da Liberdade Religiosa (CLR), sob a forma de uma petição entregue na Assembleia da República: declarar o dia 1 de Fevereiro como Dia da Liberdade Religiosa e do Diálogo Inter-Religioso. A data foi escolhida por ser o início da Semana Mundial da Harmonia Inter-Religiosa, declarada pelas Nações Unidas.

República Centro Africana: jovens promovem acordo de não-agressão entre bairros

Dois jovens centro-africanos – Fabrice Dekoua, cristão, e Ibrahim Abdouraman, muçulmano – decidiram promover um pacto de não-agressão entre as populações dos bairros de Castores (de predominância cristã) e Yakite (maioria mulçumana), na capital da República Centro-Africana, Bangui, para tentar mostrar que é possível pôr fim à violência que assola o país.

O franciscano que é o melhor professor do mundo

O título de “melhor professor do mundo” foi atribuído no final de Março a um queniano de 36 anos, Peter Tabichi. O titular da distinção, frequentemente considerada como o “Nobel da educação” ou o “Nobel dos professores”, é também frade franciscano. O Global Teacher Prize tem sido concedido anualmente, desde há cinco anos, pela Fundação Varkey, do Dubai.

TVE rejeita exibir documentário sobre a Semana Santa

A RTVE decidiu não aceitar a proposta do produtor Juan Lebrón para emitir o documentário Semana Santa, dirigido por Manuel Gutiérrez Aragó. O documentário, considerado um clássico no género, terá sido considerado pela RTVE como não tendo “interesse actual”, apesar de, 27 anos depois da estreia, estar de novo a ser exibido e a encher salas de cinema, em formato remasterizado.

Papa Francisco irá a Moçambique em Setembro

O Papa Francisco irá visitar Moçambique, Madagáscar e Ilhas Maurícias entre 4 e 10 de Setembro, anunciou o Vaticano nesta quarta-feira. Não havendo uma relação directa com a tragédia que assolou as províncias de Sofala e Manica, esta pode ter acelerado a decisão. E é de prever que o programa – que só mais tarde será divulgado – possa incluir pelo menos a cidade da Beira, a mais afectada pelo ciclone Idai.

Moçambique: sobe o número de mortos, mobiliza-se a solidariedade

Moçambique cumpre desde esta quarta-feira três dias de luto nacional, até sexta, 22. A ajuda tem chegado de toda a parte: na terça-feira, saiu de Portugal uma missão de reconhecimento no âmbito de um grupo interministerial criado pelo Governo português. Na noite de quarta, um corpo de intervenção rápida das Forças Armadas seguiu também para a Beira.  

A pedofilia, do fascínio à reprovação

Não foi a primeira vez que o jornal colocou o cardeal na primeira página. Há três anos, no dia 17 de Março, a manchete apresentava uma espécie de imprecação, glosando um poema de Jacques Prévert: “Lembra-te, Barbarin”. O título e o texto que o acompanha, que refere “as suspeitas de cobertura de actos pedófilos”, é eloquente da mudança no modo como o jornal foi encarando a pedofilia ao longo dos anos. É que o Libération, que agora denuncia a pedofilia da Igreja, tinha feito anteriormente o elogio da pedofilia nas suas páginas.

Antissemitismo cresce em França

“Tudo começou com algumas piadas de mau gosto sobre judeus acompanhadas de saudações nazis quando passavam por mim.” Foi assim que uma jovem estudante de medicina descreveu o horror que tem sido a sua vida no campus universitário desde o início do ano letivo, em outubro do ano passado. Em fevereiro deste ano, um cemitério judeu da Alsácia foi vandalizado por um grupo de anónimos que pintou suásticas e insultos em dezenas de campas.

Uma centena em apoio de Cristina Tavares

Cerca de uma centena de pessoas juntaram-se neste sábado, 19 de janeiro, numa manhã chuvosa e fria, para marchar em solidariedade com a operária corticeira Cristina Tavares. "Direito ao trabalho, trabalho com direitos" e "Denunciar não é difamar" foram alguns dos...

Flores para quem já partiu

A atmosfera é pacífica, tranquila. No dia de 2 de Novembro, dia dos Fiéis Defuntos na liturgia católica, no Cemitério dos Prazeres, um dos mais importantes de Lisboa, há flores frescas sobre algumas campas e à porta de jazigos que são a última casa para muitos que já...

O atraso que salvou pela segunda vez o judeu Judah Samet

Por ter estado a falar com a empregada doméstica, Judah Samet, 80 anos, um judeu húngaro sobrevivente do Holocausto, chegou atrasado à sinagoga, escapando à morte certa: sábado passado, 27 de Outubro, a pequena cidade de Squirell Hill, em Pittsburgh, na...

Apoie o 7 Margens

Breves

Doentes de covid-19 mantêm “direito e acesso à assistência espiritual e religiosa” nos hospitais

A Coordenação Nacional das Capelanias Hospitalares emitiu um comunicado esta quarta-feira, dia 1, para esclarecer que “os capelães não estão impedidos de prestar assistência espiritual e religiosa”. Têm, isso sim, de cumprir “medidas de contingência existentes nos hospitais”, como todos os profissionais, por forma a minimizar os “riscos de contágio, quer dos capelães quer dos próprios doentes e dos profissionais”, sublinha o documento.

Cardeal Tagle propõe eliminar a dívida dos países pobres

O cardeal filipino Luis Antonio Tagle, prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, propôs a criação de um Jubileu especial em que os países ricos perdoem a dívida dos países pobres aos quais concederam empréstimos, de forma a que estes tenham condições para combater a pandemia de covid-19.

Oxfam pede “um Plano Marshall de Saúde” para o mundo

A Oxfam, ONG de luta contra a pobreza sediada no Quénia e presente em mais de 90 países, pediu esta segunda-feira, 30, “um plano de emergência para a saúde pública” com a mobilização de 160 biliões de dólares. Este valor permitiria duplicar os gastos com a saúde nos 85 países mais pobres, onde vive quase metade da população mundial.

Inscreva-se aqui
e receba as nossas notícias

Boas notícias

Costurar máscaras cirúrgicas em vez de vestes litúrgicas, ou como combater a pandemia no convento

Costurar máscaras cirúrgicas em vez de vestes litúrgicas, ou como combater a pandemia no convento

À medida que a pandemia alastrava, a angústia crescia no pequeno mosteiro do sul de França onde vivem as Irmãs da Consolação do Sagrado Coração e da Santa Face. As 25 religiosas queriam fazer mais do que rezar. Diante da imagem de Nossa Senhora do Povo, que acreditam ter salvo a sua região da peste em 1524, pediram lhes fosse dada uma tarefa: queriam colaborar com a virgem no combate a esta nova pandemia. No dia seguinte, receberam uma chamada do bispo da diocese e outra do presidente da câmara: ambos lhes pediam para fabricar máscaras.

É notícia

Entre margens

Comunicar na era do coronavírus novidade

Byung-Chul Han é um observador perspicaz da sociedade contemporânea, por ele designada de várias maneiras, como “a sociedade do cansaço” ou “a sociedade da transparência”. Professor universitário em Berlim, ele analisa criticamente aquilo que designa como “o inferno do igual”, ou seja, algo de inevitável naqueles que a todo o custo pretendem ser diferentes mas que, na realidade, se aproximam por esse desejo comum – aliás não conseguido – de originalidade.

Deus sem máscaras novidade

Assisti à cerimónia da consagração ao coração de Jesus e ao coração de Maria, proposta pelos bispos de Portugal, Espanha e outros países. Um ponto de partida para reflectir sobre oração e rito.

A ilusão do super-homem

As últimas semanas em Portugal, e há já antes noutros cantos do mundo, um ser, apenas visível a microscópio, mudou por completo as nossas vidas. Na altura em que julgávamos ter atingido o auge da evolução e desenvolvimento técnico e científico, surge um vírus.

Cultura e artes

Tagore: Em busca de Deus novidade

Rabindranath Tagore (1861-1941), Nobel de Literatura em 1913, é um grande poeta universal. Indiano, de família principesca, estudou Direito e Literatura, em Inglaterra, em 1877, não chegando a acabar o curso devido à secura do ensino superior ministrado. Tal como o seu amigo Gandhi, que sabia de cor e recitava todos os dias as Bem-aventuranças, foi atraído pelo cristianismo e

Editora francesa oferece “panfletos” sobre a crise

Sendo certo que as doações essenciais neste período de pandemia dizem respeito a tudo o que nos pode tratar da saúde física, não há razão para negligenciar outras dádivas. É o caso de uma das mais famosas editoras francesas, a Gallimard, que diariamente oferece textos que pretendem ser uma terceira via entre a solenidade da escrita de um livro e o anódino da informação de um ecrã.

Sete Partidas

A doença do coronavírus serve de desculpa para tudo? novidade

À boleia da pandemia que nos aflige, vejo coisas a acontecer que não podem deixar de me espantar, pela sua aberração e desfaçatez de quem as pratica. Em meados de fevereiro, em Mullaithivu, no norte do Sri Lanka, foi descoberta uma vala comum enquanto se procedia às escavações para as fundações duma extensão do Hospital de Mankulam. Segundo os médicos legistas, os restos mortais encontrados têm mais de 20 anos.

Visto e Ouvido

Aquele que habita os céus sorri

Agenda

Parceiros

Fale connosco