Sopas do Espírito Santo dão a volta ao mundo em novos selos de correio

| 1 Ago 20

Selos. Festas do Espírito Santo. Açores

Um “teatro”, um bodo e uma coroa para a circulação de âmbito nacional; foliões, um “balho” e uma pomba para a Europa; e uma bênção do bodo, as sopas e uma rosquilha de massa sovada para o resto do mundo. O culto do Paráclito, ou seja, “aquele que ajuda, conforta, anima, protege, intercede” está desde a última quinta-feira, 30 de Julho, representado numa emissão filatélica dos Correios de Portugal, dedicada às festas do “Senhor Espírito Santo”, como é habitualmente designada nos Açores a terceira pessoa da Santíssima Trindade cristã.

No arquipélago, recorre-se “a Ele, sobretudo, em busca de ajuda e ânimo”, escreve o historiador e museólogo açoriano Francisco Maduro-Dias na pagela de apresentação da emissão. “Porque alguma doença visitou o lar, a vida não corre bem, em tempo de terramotos ou guerra, quando, perante adversidades em demasia, as forças tendem a faltar. Não é entregar-se, é pedir ajuda! O que é bem diferente e faz todo o sentido a quem mora no meio do oceano, às vezes tempestuoso e agreste.”

O historiador acrescenta que é impossível resumir tudo o que envolvem as festas ao Divino Espírito Santo, como se designam. “Poder-se-á dizer que são momentos de encontro, de partilha, de irmandade, de alegria e de paz, celebrando-se, todos os anos, entre o Domingo de Páscoa e o Domingo da Trindade, sete semanas depois.”

Maduro-Dias diz ainda, sobre o carácter da celebração: “Trata-se de uma festa fortemente comunitária e de cariz solidário profundo. Como já acontecia na Idade Média, o que se pretende, nestas semanas, é recordar que todos são dignos de misericórdia, todos são pobres e merecedores de esmola, todos merecem, ao menos uma vez por ano, ter mesa farta e alegre. Tudo isso sem esquecer, nunca, que o Paráclito é Aquele que conforta, protege e anima.”

São esses diferentes aspectos que acentuam os selos agora postos em circulação: seja a partilha do alimento (pão, bodo, sopas…), a devoção (os impérios ou pequenas capelas) ou o espírito comunitário e a alegria.

 

Rainha Santa trouxe a festa de Itália

Tradicionalmente, no primeiro dia de uma nova emissão, os Correios fazem uma pequena cerimónia de aposição do carimbo com essa data em algum lugar relacionado com o tema (além das estações centrais de Lisboa, Porto, Funchal, Ponta Delgada e Angra do Heroísmo) – o que valoriza os sobrescritos com a emissão e a marca do primeiro dia de circulação junto dos coleccionadores. A apresentação desta nova emissão, com a aposição do carimbo de primeiro dia, decorreu quinta-feira, ao final da tarde, no Império do Terreiro, em Porto Judeu (Angra do Heroísmo), reproduzido no selo destinado a circular em território nacional.

Além dos três selos para circulação, a emissão inclui ainda um bloco filatélico que inclui imagens da Casa do Espírito Santo, na ilha do Corvo, do grupo de foliões da freguesia da Caveira nas orações à Santíssima Trindade, a Casa do Espírito Santo da Caveira (ilha das Flores) e decorações em carros de bois na ilha de São Jorge.

No texto citado, Francisco Maduro-Dias recorda a origem da Itália medieval para as festas e o culto em honra do Divino. A sua chegada a a Portugal deveu-se, segundo a tradição, à Rainha Santa Isabel, mulher do rei D. Dinis. “As navegações oceânicas portuguesas trouxeram este culto até às ilhas atlânticas e, desde então, aqui floresce, tendo acompanhado as rotas de emigração açoriana para o Maranhão e Sul do Brasil, para os Estados Unidos, Bermuda e Canadá.”

As festas incluem sempre um peditório e recolha de bens, a oração do rosário, a coroação e o cortejo, uma refeição festiva e um bodo ou dádiva de esmolas de alimentos. Os impérios, pequenas ermidas que são um dos centros das festas, podem ter uma arquitectura mais próxima de uma capela, ser muito ou pouco ornamentados ou ser quase uma casa no meio das outras, descreve o historiador.

As iguarias tradicionais próprias das festas incluem as sopas do Espírito Santo, “cuja receita varia de ilha para ilha, a alcatra, carne guisada, o arroz doce, e uma variedade assinalável de pães de leite, de água ou de massa sovada, de rosquilhas, de bolos de véspera”, entre outras. Dependendo da ilha e da região, pode haver ainda cantos à porta dos mordomos, ou cantos característicos de foliões.

 

[related_posts_by_tax format=”thumbnails” image_size=”medium” posts_per_page=”3″ title=”Artigos relacionados” exclude_terms=”49,193,194″]

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

Líderes religiosos pedem fim dos crimes contra os uigures na China

Os cardeais de Myanmar e da Indonésia, os principais rabis do Reino Unido, o representante do Dalai Lama na Europa e diversos líderes muçulmanos estão entre os 76 signatários de uma carta divulgada este domingo, 9 de agosto, a pedir o fim de “uma das mais egrégias tragédias humanas desde o Holocausto: o potencial genocídio dos Uigures e outros muçulmanos na China”, divulga o semanário católico britânico “The Tablet”.

Assassinado reitor do Seminário Romero, em El Salvador

O padre Ricardo Cortez, reitor do Seminário Santo Óscar Arnulfo Romero e pároco da povoação de San Francisco Chinamequita, em El Salvador, foi assassinado na passada sexta-feira, 7 de agosto. A diocese de Zacatelouca, à qual pertencia, emitiu um comunicado onde pede a investigação do crime, que considera “inexplicável” e “execrável”, avança o Vatican News.

Primeira tradução ecuménica da Bíblia editada no Brasil

Uma ampla equipa de biblistas, exegetas e estudiosos de diversas confissões cristãs e do judaísmo esteve envolvida no projeto inédito de tradução ecuménica da Bíblia para a língua portuguesa, que chega agora às livrarias brasileiras através das Edições Loyola.

Inscreva-se aqui
e receba as nossas notícias

Boas notícias

Navio de resgate apoiado pela Igreja Protestante prestes a partir para o Mediterrâneo

Navio de resgate apoiado pela Igreja Protestante prestes a partir para o Mediterrâneo

Chegaram esta terça-feira, 11 de agosto, ao navio de resgate de migrantes Sea Watch 4 os últimos membros da tripulação. Os treinos e exercícios já começaram, e ainda esta semana será dada a partida do porto de Burriana (Valencia, Espanha) para o centro do Mediterrâneo, numa missão tornada possível devido à iniciativa da Igreja Protestante Alemã e ao apoio de mais de 500 organizações que participaram na campanha de recolha de fundos (crowdfunding) #WirSchickenEinSchiff (“Nós enviamos um navio”).

É notícia

Taizé adia por um ano encontro europeu de jovens em Turim novidade

Devido à pandemia de covid-19, o encontro europeu de jovens, promovido pela comunidade monástica ecuménica de Taizé, que deveria decorrer em Turim entre os próximos dias 28 de dezembro e 1 de janeiro de 2021, foi adiado um ano, anunciou esta quarta-feiram, 12, a comunidade na sua página de Facebook. O encontro anual integra a Peregrinação de Confiança através da Terra, promovida pela comunidade de Taizé há mais de 40 anos, realizando-se a cada final de ano numa cidade diferente.

Arcebispo de Minsk condena violência sobre manifestantes e pede oração e diálogo na Bielorússia novidade

O chefe da diplomacia europeia, Josep Borrell, já anunciou a realização de uma reunião extraordinária de ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia para discutir a situação na Bielorrússia, onde as eleições presidenciais “não foram nem livres nem justas”. O arcebispo de Minsk, capital que tem sido palco de inúmeros protestos, condena a violência exercida sobre os manifestantes e apela à oração e ao diálogo.

Bispos apelam em Fátima ao acolhimento de migrantes e pobres novidade

A peregrinação internacional aniversária de 12 e 13 de agosto ao Santuário de Fátima ficou marcada pelos apelos dos bispos de Santarém, José Traquina, que presidiu às celebrações, e de Leiria-Fátima, cardeal António Marto. O primeiro insistiu na importância de acolher os estrangeiros, que “são uma necessidade e um bem para Portugal” e o segundo convidou a “rezar pela paz no mundo”, recordando em particular o povo do Líbano.

Igreja Ortodoxa na Crimeia em risco de “dissolução total”

Uma semana depois de o arcebispo Klyment ter sido ameaçado de processo criminal caso não ordenasse a demolição de uma capela ortodoxa em Yevpatoria (Crimeia, Ucrânia), o Supremo Tribunal russo decidiu avançar com a ordem de despejo de uma congregação ortodoxa da catedral de Simferopol, cidade onde a Rússia tem tentado assumir controlo desde a invasão e anexação da península da Crimeia em 2014. Para o advogado da Igreja Ortodoxa da Ucrânia, esta decisão “significa essencialmente a dissolução total da comunidade ortodoxa ucraniana na Crimeia”.

Estreia do filme “Fátima” novamente adiada

A data de estreia inicial de Fátima, um filme realizado pelo italiano Marco Pontecorvo, esteve marcada para 30 de abril mas, devido à pandemia, tinha sido adiada para 13 de agosto. Esta semana, a Cinemundo informou que haverá novo adiamento e garantiu que a nova data será anunciada “muito em breve”. Fátima resulta de uma produção norte-americana, e é baseado nas Memórias da irmã Lúcia. Do elenco, fazem parte atores como Joaquim de Almeida e Lúcia Moniz. Ler mais aqui.

Entre margens

Plano de recuperação… Também social? novidade

Deste modo, corre-se o risco de persistir a subalternidade dos problemas e dinamismos sociais perante a força da economia. Talvez se atenuasse, ou infletisse, a subalternidade se fosse cumprida a Constituição da República no articulado relativo aos planos de desenvolvimento económico e social (artºs. 90º.-91º.); e, melhor ainda, se fosse promovido o desenvolvimento local, a partir da freguesia e do protagonismo de cada pessoa e instituição.

Esta crise das lideranças é dramática

Mesmo na velha Europa o que vemos são indivíduos muito pequeninos, em dívida para com a ética política, a moral pessoal e desprovidos de sentido de estado. A corrupção ronda estas figuras e contam-se pelos dedos das mãos as que conseguem manter uma postura decente. Temos ainda os grupos extremistas de direita e de esquerda que ameaçam os regimes democráticos, os quais por sua vez se vão deixando colapsar aos poucos por dentro.

Cultura e artes

A carne, a história e a vida: uma viagem fascinante

A tradição espiritual cristã, radicada na Boa-notícia gerada pelo Novo Testamento, permanece ainda um continente a explorar para muitos dos discípulos de Jesus. A expressão mística contém uma carga associada que não ajuda a visitar o seu espaço: associamo-la a uma elite privilegiada, a fenómenos extraordinários, a vidas desligadas dos ritmos e horários modernos.

Manuel Cargaleiro oferece painel de azulejos a paróquia de Lisboa

Foi como “escrever uma oração” ou fazer “o ramo mais bonito para Deus”. Assim definiu o pintor e ceramista Manuel Cargaleiro o seu mais recente trabalho: um painel de azulejos, que ofereceu à Paróquia de São Tomás de Aquino, em Lisboa. A cerimónia de inauguração e bênção decorreu esta segunda-feira e contou com a presença do autor, avança o Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura.

Hagia Sophia, música de uma sublime respiração

“Lost Voices of Hagia Sophia” (“Vozes perdidas da Divina Sabedoria”) é um disco ideal para tempos em que nos confinamos a viver afectos e contactos de forma receosa, com uma proposta inédita: recriar digitalmente o som daquela que já foi basílica e mesquita (a partir de 1453), hoje (ainda) monumento património da humanidade e que uma decisão do actual presidente turco pretende voltar a tornar mesquita.

Sete Partidas

STOP nas nossas vidas: Parar e continuar

Ao chegar aos EUA tive que tirar a carta condução novamente. De raiz. Estudar o código. Praticar. Fazer testes. Nos EUA existe um sinal de trânsito que todos conhecemos. Porque é igual em todo o mundo. Diz “STOP”. Octogonal, fundo branco, letras brancas. Maiúsculas. Impossível não ver. Todos vemos. Nada de novo. O que me surpreendeu desde que cheguei aos EUA, é que aqui todos param num STOP. Mesmo. Não abrandam. Param. O carro imobiliza-se. As ruas desertas, sem trânsito. Um cruzamento com visibilidade total. Um bairro residencial. E o carro imobiliza-se. Não abranda. Para mesmo. E depois segue.

Aquele que habita os céus sorri

Agenda

Parceiros

Fale connosco