Por quem os sinos dobram

  Nas férias da passagem de ano li Não Terão o Meu Ódio, o diário que Antoine Leiris escreveu nos dias que se seguiram ao ataque ao Bataclan [em Paris], onde perdeu a sua companheira. O quotidiano subitamente rasgado pela violência. As coisas simples: a hora do...

Sobreviver a cenários de terror

A série Terror em Paris, da Netflix, recorda o ataque terrorista ocorrido em Paris, em 2015. A narrativa é construída em grande parte através dos relatos de sobreviventes feitos reféns dentro da sala de espectáculos Bataclan. É uma reconstituição poderosíssima, que...

Pin It on Pinterest