Escutismo católico: manter identidade, abrir a porta

  Trata-se de, “mantendo a identidade e aceitando as diferenças, ser também uma porta de entrada para crianças e jovens, baptizados ou não”. E, ao mesmo tempo, “trabalhar cada vez mais a realidade e universalidade do diálogo inter-religioso”. Com estas...