Maid: a série que todos devemos ver

You can breathe, baby girl. Sean para “Alex”, na série Maid   Netflixicamente, é excelente, não se enreda no drama ou no feminismo fácil, tem o seu quê de humor, não caricatura personagens, e a actriz principal, Margaret Qualley, merece todos os prémios da...

Um filme com muitas rodadas, quero dizer, com muitas camadas

  Mais uma Rodada é um filme muito mais interessante do que pode parecer ao ‘primeiro gole’. Eu próprio tive de beber ‘mais um copo’ (a ajuda de um olhar feminino) para poder saborear melhor algumas das muitas qualidades organolépticas que o filme oferece. Na...

Ter uma casa não é ter um lar

Apesar de uma carreira já muito premiada (vencendo inclusive os Óscares para Melhor Filme, Melhor Realizador e Melhor Actriz, dos seis para que estava nomeado) Nomadland – Sobreviver na América nunca será um filme consensual. E cada um vê-lo-á de um ponto de vista...

A Palavra, de Carl Dreyer: Provas de Vida

Kaj Munk, o pastor luterano dinamarquês que escreveu a peça adaptada para A Palavra (Ordet, 1955), foi um opositor impetuoso da ocupação nazi da Dinamarca. A expressão máxima da resistência alimentada pela sua fé foi um sermão de Advento que proferiu na Catedral de...

Pin It on Pinterest