“Risco real de genocídio” em Rafah, acusa Amnistia

  A Amnistia Internacional (AI) acusou Israel de “ataques ilegais” em Rafah, no território palestiniano da Faixa de Gaza, que provocaram “um enorme número de vítimas civis, existindo um risco real de genocídio” Segundo a organização de defesa de direitos humanos,...

Pin It on Pinterest