Apologia da simplicidade

  Provavelmente, nos tempos que correm, este título não interessa mesmo nada. Ainda assim há que arriscar. Todos temos imensas coisas para dizer e um manancial infindável de opiniões a dar. Vamos assoberbando os canais através dos quais comunicamos com dezenas de...

“E juntou-se aos seus antepassados…”

  Assim termina a história de Abraão no Livro do Génesis, quando ficou “repleto de dias”. E como ele, muitos mais caminharam serenamente para se juntarem aos antepassados, rodeados de carinho. Esta expressão tão doce e familiar suaviza a morte como separação e...

Tudo começa com uma metáfora

  Li num livro de Milan Kundera que “as metáforas podem ser muito perigosas” e que “o amor começa sempre com uma metáfora”. Estas frases soam-me em eco desde então, não fosse o meu vocabulário um território manco onde a muleta de todas as...

Humanidade e lei

  Ao reler algumas partes do livro O Sopro da Vida Interior , da monja beneditina americana Joan Chittister (Paulinas Editora, 2012), vi-me confrontado com a minha humanidade. Escreve a autora: “Não estamos interessados em proteger o inocente; queremos...

O que nos salva? – uma espécie de carta à Humanidade

  Humanidade, humanidade – tão sempre sedenta de Sentido. Somo-lo todos. Ponho-me a pensar no que sou, tentando ir ao mais fundo de mim, ver se compreendo este mistério radical que a todos nos habita – o que sou afinal, que mistério é este!? O que todos somos,...

Pin It on Pinterest