“Esta política imoral envergonha a Grã-Bretanha”

  A Igreja anglicana considerou a deportação de migrantes e refugiados para o Ruanda, decidida pelo governo de Boris Johnson, como uma política vergonhosa, não para o país de destino, que recupera de um genocídio, mas para a Grã-Bretanha. Entretanto, o primeiro...

Pin It on Pinterest