Sínodo já mexe e a ideia é inverter a pirâmide

  A meta do Sínodo que a Igreja Católica está a viver até 2023 deve ser “conseguir que as pessoas se manifestem” e de iniciar um dinamismo de conversão que leve à inversão da “pirâmide”: “Deve dar-se primazia à escuta do povo de Deus”, diz o professor João...

Pin It on Pinterest