As minorias religiosas que o Estado Novo perseguiu e matou

A PIDE, polícia política do regime ditatorial do Estado Novo, matou um bahá’í na Guiné e um protestante em Moçambique. Antes do 25 de Abril, as minorias religiosas eram discriminadas e perseguidas pela ditadura. Neste programa fala-se sobre a liberdade que o 25 de...

Discriminação por motivos religiosos a subir na Tunísia

  Está a crescer na Tunísia, no Norte de África, o discurso de ódio contra minorias religiosas, segundo dados do Relatório Anual sobre Liberdade Religiosa publicado este ano, com incidência nos 12 meses de 2022. O Relatório, que é produzido pela Associação...

Pin It on Pinterest