Desamores, dores e redenção

  Habituamo-nos a tudo na vida, até a ter a alma em frangalhos, cheia de dores, pisaduras, feridas novas e velhas, algumas ainda com sangue a jorrar. Como são dores na alma, não sabemos o que fazer com elas e vamo-las mascarando com distrações várias, pecúlios,...

Um sentido para a vida humana (1)

Uma escatologia que nos devolva a esperança  “Urge conquistar um sentido para a vida dos homens.” (Antoine de Saint-Exupery, A Paz ou a Guerra?) “O homem é um ser confinado sem confins.” G.Simmel, citado em Bernardo Gianni, A cidade dos desejos ardentes  ...

Pin It on Pinterest