“Esta política imoral envergonha a Grã-Bretanha”

  A Igreja anglicana considerou a deportação de migrantes e refugiados para o Ruanda, decidida pelo governo de Boris Johnson, como uma política vergonhosa, não para o país de destino, que recupera de um genocídio, mas para a Grã-Bretanha. Entretanto, o primeiro...

Boris Johnson quer repatriar imigrantes ilegais para o Ruanda

  O primeiro-ministro britânico Boris Johnson pretende repatriar para o Ruanda todos os imigrantes ilegais que sejam detidos no Reino Unido, tendo para isso atribuído uma verba de 125 milhões de libras (cerca de 151 milhões de euros) àquele país africano para...

Pin It on Pinterest