Requiem pelos vivos!

  Uma vagem e as suas sementes! Como poderá esta metáfora falar-nos de um Requiem, da vida e da morte? A vagem morre para que as sementes venham a ganhar vida quando caírem na terra. Esta imagem diz a profundidade da nossa morte, da minha e da tua. Nenhum de nós...

Onde menos se espera, aí está Deus

  Por vezes Deus descontrola as nossas continuidades, provoca roturas, para que possamos crescer, destruir em nós uma ideia de Deus que é sempre redutora e substituí-la pela abertura à vida, onde Deus se encontra total e misteriosamente. É Ele, o seu espírito,...

Esperança: “Paixão pelo possível”

Escutar, nomear, cuidar, paciência, acreditar, confiar, caminhar e aceitar a incerteza são elementos essenciais no desenho de uma possível matriz que nos possa aproximar de uma melhor compreensão do que possa ser a esperança e do que leva homens e mulheres a unirem-se...

Desamores, dores e redenção

  Habituamo-nos a tudo na vida, até a ter a alma em frangalhos, cheia de dores, pisaduras, feridas novas e velhas, algumas ainda com sangue a jorrar. Como são dores na alma, não sabemos o que fazer com elas e vamo-las mascarando com distrações várias, pecúlios,...

O teatro da vida na leitura cristã de Luís Miguel Cintra

  Com 50 anos ininterruptos de palco e 72 de vida, sente-se animado pela “vontade de continuar”. Apesar do Parkinson que sorrateiramente o foi surpreendendo e o levou a deixar de atuar. Porque o corpo já não respondia nem com a qualidade nem com a presteza que...

Pin It on Pinterest