Tiburtina Ensemble canta Hildegarda a abrir Terras Sem Sombra, em São Cucufate

| 17 Jan 20

Tiburtina Ensemble. Foto: Direitos reservados

 

A música de Hildegarda de Bingen cantada pelas vozes femininas do Tiburtina Ensemble, oriundo da República Checa, abre a edição 2020 do festival Terras Sem Sombra. Será neste sábado, 18 de Janeiro, na igreja de São Cucufate, em Vila de Frades (Vidigueira), a partir das 21h30. O Tiburtina Ensemble, dirigido pela soprano e harpista Barbora Kabátková, foi fundado em 2008, em Praga, indo buscar o nome à mais famosa das dez sibilas na Antiguidade, devido aos seus oráculos estreitamente relacionados com o cristianismo.

Com o título Harmonia Cælestis: A Corte Divina na Obra de Hildegarda de Bingen, o concerto percorrerá várias antífonas, sequências e responsórios da “sibila do Reno”, como era conhecida Hildegarda de Bingen (1098-1179). O Tiburtina Ensemble, cuja execução será acompanhada pela harpa medieval,  é considerado um dos mais destacados grupos da actualidade na interpretação de canto gregoriano e da polifonia medieval, que por vezes associa também a outros períodos musicais.

Esta edição do festival tem por país convidado a República Checa e o programa deste fim-de-semana completa-se com uma visita guiada (às 15h) ao sítio arqueológico de São Cucufate, classificado como monumento nacional e que guarda memórias de uma villa romana do século I. No âmbito da salvaguarda da biodiversidade, o programa inclui (domingo, 9h30, saída da Praça da República, na Vidigueira) uma visita aos laranjais do concelho. O Terras Sem Sombra prolonga-se até Julho em várias localidades do Alentejo e o programa completo pode ser consultado na página do festival.

Sítio arqueológico de São Cucufate, Vidigueira. Foto: Direitos Reservados

Artigos relacionados

Pin It on Pinterest

Share This