Iniciativa interconfessional

Timor-Leste: nasce associação para o turismo religioso

| 15 Out 21

associacao turismo religioso timor-leste foto Arlindo SoaresUSAID Tourism For All Project

No lançamento da associação estiveram líderes religiosos, representantes da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento, e  altos responsáveis do Governo. Foto © Arlindo Soares / USAID Tourism For All Project.

Acaba de nascer a Associação de Turismo Religioso de Timor-Leste (ATRTL), numa cerimónia realizada na última terça-feira, dia 11, na catedral da Imaculada Conceição, em Díli. O lançamento da iniciativa, que envolve todas as religiões do país, ocorreu no aniversário da data da visita do Papa João Paulo II àquele território, quando este se encontrava ainda ocupado pelo poder indonésio. O processo da sua criação, que decorria desde 2018, envolve as confissões católica (maioritária), protestante, muçulmana, hindu e confucionista.

O objetivo da associação, segundo a agência noticiosa UCA News, é promover o turismo religioso no país e contribuir para a diversificação da sua economia.

O ato fundador juntou líderes religiosos, representantes da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento (USAID), que patrocinou o surgimento da nova entidade, e  altos responsáveis do Governo, que subsidiou os primeiros passos.

Os próximos passos para a associação de turismo incluem uma pesquisa nacional de atrações turísticas baseadas na fé e hospitalidade e treino de guias turísticos para jovens.

Os preparativos para formar a associação estavam em curso desde 2018, com o apoio da USAID, por meio do projeto Turismo para Todos. Através dele, os líderes religiosos do país criaram um grupo de trabalho para explorar o potencial de turismo baseado na fé e, posteriormente, organizaram uma conferência internacional de turismo.

 

Comissão quer “dar voz ao silêncio” das vítimas dos “crimes hediondos” dos abusos do clero

Pedro Strecht apresentou membros

Comissão quer “dar voz ao silêncio” das vítimas dos “crimes hediondos” dos abusos do clero novidade

Daqui a um ano haverá relatório, que pode ser o fim do trabalho ou o início de mais. A comissão para estudar os abusos sexuais do clero português está formada e quer que as vítimas percam o medo, a vergonha e a culpa. Ou seja, que dêem voz ao seu silêncio. Pedro Strecht apresentou razões, o presidente dos bispos disse que não quer mais preconceitos nem encobrimentos, mas “autêntica libertação, autenticidade e dignidade para todos”.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Encontra um trabalho que não amas, não perderás um minuto da tua vida

Encontra um trabalho que não amas, não perderás um minuto da tua vida novidade

Ainda antes de acabar o curso fui à minha primeira entrevista de trabalho “a sério”, numa produtora de filmes num bairro trendy de Lisboa. Roubei um dia à escrita da tese de mestrado, apanhei o comboio e lá fui eu, tão nervosa quanto entusiasmada. O dono começou por me perguntar se fazer cinema era o meu sonho. Fiquei logo sem chão. Sofri, desde muito cedo, de um mal que me acompanha até hoje: sonhava demais e muitos sonhos diferentes.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This