Congresso da LOC/MTC

Trabalhadores cristãos contra a regulamentação da prostituição

| 12 Jun 2022

Uma das prioridades do novo mandato da Direção da LOC/MTC é a dignificação do trabalho. Foto © LOC/MTC

Uma das prioridades do novo mandato da Direção da LOC/MTC é a dignificação do trabalho. Foto © LOC/MTC

 

O Congresso da Liga Operária Católica/ Movimento de Trabalhadores Cristãos (LOC/MTC) aprovou uma moção contra a regulamentação da prostituição e outra com o título “A Fraternidade é o nome da Paz”, aprovadas após a reeleição de Américo Monteiro como coordenador nacional da LOC/MTC. O coordenador disse à Ecclesia que “dignificar o trabalho” é uma prioridade para o novo mandato, que ficará marcado também pelo cuidado da casa comum.

O coordenador nacional da LOC/MTC referiu a “inspiração” do Papa Francisco, nomeadamente na encíclica Laudato si, e as “preocupações” da sociedade com as questões climática, projetando “dificuldades graves no futuro” que reclamam mudança de comportamentos. “É preciso encontrar respostas passando pelos nossos comportamentos, hábitos e enfrentando organizações e pessoas que só veem o lucro e não pensam no futuro das pessoas e da sociedade”, afirmou Américo Monteiro.

Na definição de linhas de ação para o mandato 2022-2025, aprovadas no Congresso que decorreu no Luso, concelho da Mealhada e distrito de Coimbra, e onde foi eleita para vice-coordenadora nacional Fátima Pinto, a LOC/MTC quer também continuar a “dignificar o trabalho”, uma preocupação que acompanha o movimento da Ação Católica há “dezenas de anos”. “É um assunto que nunca estará completo, é um caminho a melhorar cada dia em termos de respeito, dignidade, condições, meios suficientes para cuidar da família”, afirmou.

O coordenador da LOC/MTC acrescentou também que o mandato que agora inicia tem “algumas preocupações mais específicas”, que decorrem de um questionário lançado no período de preparação do congresso a mais de 200 trabalhadores. “Estamos a trabalhar os resultados, que nos demonstram um grande desconformo dos trabalhadores em relação à sua situação de vida e do trabalho”, referiu Américo Monteiro, acrescentando que as respostas indicam também “os bons resultados” que decorrem de “outro tipo de profissões que vão surgindo, mais especializadas e que as pessoas gostam”.

A expansão do movimento, envolvendo “todas as dioceses e outras onde até já existiu o movimento” é uma preocupação do coordenador nacional, que quer “pedir apoio nas dinâmicas locais” para ir “ao encontro do outro”. “Somos pessoas normais que querem acolher pessoas normais, que querem partilhar os seus valores, a sua vida e dar o seu contributo por um sociedade nova e justa”, afirmou.

 

Representante dos sobreviventes de Nagasaki solidário com a Ucrânia

Nos 77 anos do ataque atómico

Representante dos sobreviventes de Nagasaki solidário com a Ucrânia novidade

“Apelo a todos os membros” do Parlamento japonês, “bem como aos membros dos conselhos municipais e provinciais” para que se “encontrem com os hibakusha (sobreviventes da bomba atómica), ouçam como eles sofreram, aprendam a verdade sobre o bombardeio atómico e transmitam o que aprenderem ao mundo”, escreve, numa carta lida nas cerimónias dos 77 anos do ataque atómico sobre Nagasaki, por um dos seus sobreviventes, Takashi Miyata.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Evento "importantíssimo" para o país

Governo assume despesas da JMJ que Moedas recusou

A ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares, Ana Catarina Mendes, chegou a acordo com o presidente da Câmara de Lisboa sobre as Jornadas Mundiais da Juventude, comprometendo-se a – tal como exigia agora Carlos Moedas – assumir mais despesa do evento do que aquela que estava inicialmente prevista, noticiou o Expresso esta quarta-feira, 3.

Multiplicar o número de leitores do 7MARGENS

Em 15 dias, 90 novos assinantes

Durante o mês de julho o 7MARGENS registou 90 novos leitores-assinantes, em resultado do nosso apelo para que cada leitor trouxesse outro assinante. Deste modo, a Newsletter diária passou a ser enviada a 2.863 pessoas. Estamos ainda muto longe de duplicar o número de assinantes e chegar aos 5.000, pelo que mantemos o apelo feito a 18 de julho: que cada leitor consiga trazer outro.

Parceria com Global Tree

JMJ promove plantação de árvores

A Fundação Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023 e a Global Tree Initiative estabeleceram uma parceria com o objectivo de levar os participantes e responsáveis da organização da jornada a plantar árvores. A iniciativa pretende ser uma forma de assinalar o Dia Mundial da Conservação da Natureza, que se assinala nesta quinta-feira, 28 de julho.

Padres de Lisboa saem em defesa do patriarca

Abusos sexuais

Padres de Lisboa saem em defesa do patriarca

O Secretariado Permanente do Conselho Presbiteral do Patriarcado de Lisboa saiu em defesa do cardeal patriarca, D. Manuel Clemente, numa nota publicada esta terça-feira à noite no site da diocese. Nas últimas semanas, Clemente tem sido acusado de não ter dado seguimento a queixas que lhe foram transmitidas de abusos sexuais.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This