Trabalho e economia

Comissão Justiça e Paz: “Perplexidade e escândalo”, os prémios no Novo Banco

A Comissão Nacional Justiça e Paz (CNJP), da Igreja Católica, considera que “causa legítima perplexidade e escândalo a notícia” de que os gestores do Novo Banco podem vir a receber prémios de dois milhões de euros. A sobrevivência desta instituição financeira “tem sido assegurada graças a avultados fundos estatais que acabam a onerar todos os contribuintes”, recorda a CNJP.

O trabalho num quarto só para si – e a semana de quatro dias (Opinião da reitora da Univ. Católica)

Nestes dias do grande confinamento, reler Virginia Woolf e o seu notável Um Quarto Só para Si (A Room of One’s Own) adquire um sentido renovado. Dum escritório só para mim, sinto-me afinal herdeira de um texto que se tornou quase projeto de missão: que para a independência da mulher, em particular de uma profissional criativa, como a mulher escritora, se exigia ter um rendimento fixo e um quarto só para si. Nos dias do grande confinamento, contudo, o quarto não é garantido – apenas alguns o têm só para si – e muito menos o rendimento é fixo.

Semana “Laudato Si'” (8): Opor ecologia e economia está totalmente ultrapassado

Colocar hoje, em oposição, ecologia e economia está totalmente ultrapassado, considera a ministra francesa da Transição Ecológica, Élisabeth Borne, a propósito dos efeitos sociais, económicos e ambientais da pandemia de covid-19. Numa entrevista ao jornal La Croix, a ministra diz que, ao contrário do que sucedeu com a crise económico-financeira de 2008, há tecnologias verdes mais maduras para que possam ser apoiadas pelos estados.

Mais de metade da população do mundo não tem proteção social

O alerta foi dado pela Organização Internacional do Trabalho (OIT): a pandemia de covid-19 "expôs lacunas devastadoras" na proteção social nos países em desenvolvimento e, atualmente, 55% da população mundial (cerca de quatro mil milhões de pessoas) não está coberta...

Covid-19: Afinal, não estamos todos no mesmo barco e é tempo de resolver isso

“Estamos todos no mesmo barco”, disse o Papa Francisco, a propósito da pandemia de covid-19. Mas será que estamos mesmo? Talvez uma ligeira adaptação da metáfora possa ser mais fiel à realidade: estamos todos no meio da mesma tempestade, mas em barcos diferentes. Ou pelo menos é isso que sugerem os estudos que têm vindo a ser publicados e que estabelecem uma relação direta entre fatores socioeconómicos e as consequências da covid-19. Um pouco por todo o mundo, as conclusões são as mesmas: os mais pobres e marginalizados são os que mais perdem, mais adoecem e mais morrem com o novo coronavírus. Perante isto, é tempo de decidir: deixamos que as desigualdades continuem a acentuar-se, ou a esta crise vamos responder de forma diferente?

Dia da Europa: um requiem, dois poemas e “Os Lusíadas” lidos por europeus

Os Trabalhadores Cristãos querem que os governos europeus acompanhem a solidariedade dos profissionais, a presidente da Comissão diz que os sonhos fundadores são mais válidos que nunca e Os Lusíadas podem ser lidos em 17 línguas diferentes como manifestação de diversidade. E ainda há um poema como bónus. O Dia da Europa assinala-se neste 9 de Maio.

Casinos de Las Vegas transformados em bancos alimentares

Centenas de pessoas continuam a dirigir-se todas as semanas aos casinos de Las Vegas (EUA), mas agora têm a certeza de que não saem dali de mãos vazias: encerrados ao público devido à pandemia de covid-19, estes espaços estão agora a servir de ponto de distribuição de comida às famílias em dificuldades devido à crise.

Diocese do Porto recorre ao “lay-off”

A diocese do Porto recorreu ao lay-off para colaboradores e elementos do clero, de acordo com uma nota do ecónomo da diocese, padre Samuel Guedes, que lembra que, em virtude da declaração do estado de emergência, “diversas paróquias e outras instituições canónicas ficaram totalmente privadas das suas receitas”.

Pablo Iglesias ao lado do Papa contra porta-voz dos bispos espanhóis

O vice-presidente do Governo espanhol, Pablo Iglesias, manifestou-se favorável a uma prestação mínima vital, “que não vá para os paraísos fiscais”. Invocando o Papa, que há dias manifestara uma opinião semelhante, o líder do Podemos contrariava desse modo a apreciação do porta-voz do episcopado, que três dias antes se manifestara contra a ideia.

G20 prevê injetar 5 biliões de dólares na economia mundial para combate à pandemia

Os líderes do G20 (grupo das 20 maiores economias do mundo), decidiram, durante a reunião de emergência realizada por videoconferência esta quinta-feira, 26, injetar “mais de cinco biliões de dólares” na economia mundial para “contrariar as consequências sociais, económicas e financeiras da pandemia” de covid-19. Segundo a agência Reuters, esta foi a reunião mais consensual de sempre, desde a criação do grupo.

O aleluia na vida de Saraiva Saguate e a luta pela água em Bilibiza

Os projectos de microcrédito promovidos pela rede Aga Khan no norte de Moçambique permitiam reparar sapatos para vender em segunda mão, trazer água a crianças que andavam quilómetros para a obter. Algumas destas coisas faziam-se com uma centena de euros apenas. Em Bilibiza, em 2008, lutava-se pela água, para que as crianças e as mulheres não tivessem de andar 30 quilómetros com baldes à cabeça e nos braços… Agora, a aldeia foi arrasada, como referiu o bispo de Pemba e o 7MARGENS noticiou, por ataques cuja motivação e origem são desconhecidas.

É preciso cada vez mais “desligar” do trabalho e da tecnologia, defende especialista

Torna-se cada vez mais necessário criar espaço para “desligar” do trabalho e das novas tecnologias, permitindo que a família e o emprego existam como dimensões “independentes”, “fundamentais” para que as pessoas se sintam realizadas. Estas foram duas das propostas de solução para este problema, apresnetadas por Miguel Pina e Cunha, num encontro sobre “Conciliação entre família, trabalho e impacto social”, promovido pela Família Missionária Verbum Dei e que reuniu cerca de 200 pessoas.

Cerca de 2,2 milhões de portugueses em risco de pobreza

Cerca de 2,2 milhões de pessoas continuam em risco de pobreza em Portugal, apesar de a taxa de risco de pobreza ter baixado em 0,1 por cento entre 2017 e 2018, de acordo com dados divulgados esta terça-feira, 26 de Novembro, pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

É preciso mais na luta contra a pobreza, dizem Cáritas e bispos europeus

“Desemprego, condições económicas e laborais adversas, especialmente entre os mais jovens, estão a afetar milhões de famílias”, dizem a Cáritas Europa e a Comissão dos Episcopados da União Europeia (Comece), num apelo dirigido à Comissão Europeia, que deve fazer mais para combater a pobreza. A Comece e a Cáritas lembram que um em cada cinco cidadãos europeus vive agora numa situação de pobreza.

Lisboa recusa taxa turística para ajudar a acabar com pessoas sem-abrigo

A Assembleia Municipal de Lisboa rejeitou uma petição que previa que parte das receitas turísticas fossem aplicadas na erradicação das situações de sem-abrigo na cidade de Lisboa. João Paulo Saraiva, vereador das Finanças do município, explica que, neste caso, “não há uma relação directa” entre o turismo e a situação dos sem-abrigo.

Foi então que conheci a Manuela Silva…

Em 2004, depois de quatro anos em Itália e acabadinha de regressar de um ano na América Latina no meio dos mais pobres, e tendo aí conhecido uma Igreja que andava envolvida nas revoluções sociais e a lutar ativamente pela justiça, mesmo quando para isso se tornava incómoda e alienava a simpatia dos poderosos, fiquei desanimadíssima com o que encontrei em Portugal. A Igreja cheirava-me a mofo. Foi então que conheci a Manuela Silva…

Há que cuidar da economia ensinada nas escolas e universidades católicas, diz Manuela Silva

Há para já dois jovens portugueses inscritos no encontro A Economia de Francisco, que se realizará entre 20 e 24 de Março do próximo ano, em Assis. O objectivo da iniciativa convocada em Maio pelo Papa é promover a reflexão sobre uma “economia atenta à pessoa e ao meio ambiente” e “laboratórios de esperança para criar novas formas de compreender a economia e o progresso, combater a cultura do desperdício, dar voz a quem não tem nenhuma e propor novos estilos de vida”.

Timor-Leste foi traído pela Austrália, acusa Xanana

O líder histórico da resistência e antigo Presidente da República de Timor-Leste, Xanana Gusmão, afirmou que o país foi traído por “um país amigo”, a Austrália, referindo-se à actuação dos serviços secretos australianos.

Trabalhadores dos supermercados marcam greve no 1º de Maio

Os sindicatos representativos dos trabalhadores de hiper e supermercados entregaram um pré-aviso de greve para o próximo dia 1 de Maio, quarta-feira, Dia Mundial do Trabalhador. Em causa, está a reivindicação de revisão do Contrato Colectivo de Trabalho, cuja negociação se prolonga há 31 meses.

“Senti-me lixo, humilhada, não foi fácil” – Denúncia da operária corticeira Cristina Tavares, em tribunal

A situação de desemprego forçado da operária corticeira Cristina Tavares mantém-se, mas os desenvolvimentos do caso, nas últimas semanas, têm sido favoráveis à trabalhadora de Santa Maria de Lamas, Feira. Enquanto aguarda a apreciação do recurso judicial, a operária encontra-se a frequentar um curso de formação profissional no sector da cortiça, tendo, para o efeito, sido já inscrita no Centro de Emprego.

Uma centena em apoio de Cristina Tavares

Cerca de uma centena de pessoas juntaram-se neste sábado, 19 de janeiro, numa manhã chuvosa e fria, para marchar em solidariedade com a operária corticeira Cristina Tavares. "Direito ao trabalho, trabalho com direitos" e "Denunciar não é difamar" foram alguns dos...

Enzo Bianchi, um verdadeiro cristão (Opinião)

Enzo Bianchi, um verdadeiro cristão (Opinião)

Quem conhece o Enzo Bianchi, quem já se refletiu naqueles olhos terríveis de fogo, como são os olhos de um homem “que viu Deus”, sabe do seu caráter enérgico, por vezes tempestuoso, firme, de quem não tem tempo a perder e que por isso urge falar sempre com parresía, isto é, com franqueza, com verdade. Enzo habitou-nos a isso, habituou os monges e as monjas de Bose a isso. O exercício da autoridade, a gestão do governo e o clima fraterno da Comunidade sempre tiveram a sua marca, esta marca.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

Igreja Católica contesta alteração da lei de biotecnologia na Noruega

Um comité de especialistas da diocese de Oslo acusa a alteração à lei da biotecnologia, aprovada na semana passada pelo parlamento norueguês de “abolir os direitos das crianças” e “abrir caminho à eugenia”, dando a possibilidade de, mediante testes pré-natais precoces, fazer abortos nos casos em que o feto apresente patologias ou seja de um sexo diferente do desejado pelos futuros pais.

Inscreva-se aqui
e receba as nossas notícias

Boas notícias

“Conhece um judeu”: projeto inovador quer dar “voz e cara” à comunidade judaica na Alemanha

“Conhece um judeu”: projeto inovador quer dar “voz e cara” à comunidade judaica na Alemanha

Pode parecer estranho, mas é verdade: muitas pessoas na Alemanha, em particular as mais jovens, nunca conheceram judeus, a não ser pelos livros de História. Para aumentar a exposição e o contacto com esta comunidade, que atualmente corresponde a menos de 0,2% da população daquele país, o Conselho Central de Judeus lançou o projeto “Conhece um Judeu”, que vai apresentar judeus a não judeus e pô-los a conversar.

É notícia

Entre margens

Um planeta é como um bolo novidade

O planeta Terra tem registado emissões de dióxido de carbono bastante mais reduzidas nestes primeiros meses do ano. Não porque finalmente os decisores e líderes políticos consideraram cumprir o Acordo de Paris, não por terem percebido as consequências trágicas de um consumo insustentável de recursos para onde o modelo económico e de vida humana no planeta nos leva, mas devido à tragédia da pandemia que estamos a viver.

Violência contra as Mulheres: origens

Olhando para os dados neste contexto de pandemia, mais uma vez dei por mim a pensar de onde virá a persistência estrutural do fenómeno da violência doméstica e de género, esta violência que assenta num exercício de poder exacerbado, descontrolado, total, de alguns homens em relação às suas companheiras, em que elas não são mais do que um objeto de posse sobre o qual se pode tudo.

Credo

O Deus em que acredito não é pertença de ninguém, não tem registo, é sem patente. É polifónico, é um entrecruzar de escolhas e de acasos, de verdades lidas nos sinais dos tempos, de vida feita de pedaços partilhados e também de sonhos.

Cultura e artes

Diálogos com Paulo Freire

Trata-se de dois livros inspirados na filosofia de Pauloreire, a quem de há largos anos chamo meu “Mestre”: o primeiro, de Christopher Damien Auretta, Diz-me TU quem EU sou: Diálogo com Paulo Freire. O segundo, do mesmo autor com João Rodrigo Simões: Autobiografia de uma Sala de Aula: Entre Ítaca e Babel com Paulo Freire (Epistolografia).

“Travessia com Primavera”, um exercício criativo diário

O desafio partiu da Casa Velha, associação de Ourém que liga ecologia e espiritualidade: um exercício artístico e criativo diário, a partir da Bíblia. Sandra Bartolomeu, irmã das Servas de Nossa Senhora de Fátima, apaixonada pela pintura, aceitou: “Algo do género, entre a oração e o desenho – rezar desenhando, desenhar rezando ou fazer do desenho fruto maduro da oração – já emergia em mim como um apelo de Deus, convite a fazer do exercício do desenho e da criação plástica meio para contemplar Deus e dar concretude à sua Palavra em mim”, diz a irmã Sandra. O 7MARGENS publica dez aguarelas resultantes desse exercício.

A poesia é a verdade justa

“A coisa mais antiga de que me lembro é dum quarto em frente do mar dentro do qual estava, poisada em cima duma mesa, uma maçã enorme e vermelha”, escreve Sophia de Mello Breyner na sua Arte Poética III. Foi destas palavras que me lembrei ao ver o filme Poesia do sul coreano Lee Chang-dong, de 2010

Hinos e canções ortodoxas e balcânicas para a “Theotokos”

Este duplo disco, Hymns and Songs to the Mother of God reúne, como indicado no título, hinos bizantinos (o primeiro) e canções tradicionais (o segundo), dedicados à Mãe de Deus. O projecto levou três anos a concretizar, entre a recolha, estudo e gravação, como conta a própria Nektaria Karantzi na apresentação.

Sete Partidas

Retrospectiva

Regresso algures a meados de 2019, vivíamos em Copenhaga, e recupero a sensação de missão cumprida, de alguma forma o fechar de um ciclo ao completarmos 10 anos de vida na Dinamarca e nos encontrarmos em modo de balanço das nossas vidas pessoais, profissionais e também da nossa vida interior. Recordo uma conversa com uma querida amiga, onde expressei desta forma o meu sentimento: “a nossa vida aqui é boa, confortável, organizada, segura, previsível, mas não me sinto feliz.”

Visto e Ouvido

Aquele que habita os céus sorri

Agenda

Parceiros

Fale connosco