Editorial

Há exatamente três anos nascia o 7MARGENS. Um media com características únicas, de viabilidade financeira improvável e afirmação pública difícil, embora consciente de corresponder a necessidades informativas não satisfeitas e determinado a contribuir para progressivamente alargar esse espaço. Ciente desde o início de que o seu limiar de existência dependia, como hoje depende, dos seus leitores.

Naquele 7 de janeiro de 2019 apresentámo-nos assim: 7MARGENS é um jornal digital orientado por critérios jornalísticos profissionais e independente de qualquer instituição, religiosa ou outra. Divulga informação sobre o fenómeno religioso, no sentido mais amplo do termo, não se confinando à atualidade das diversas confissões e crenças estabelecidas. Procura dar conta das diferentes formas de busca espiritual que marcam o nosso tempo, desvendando as questões, interrogações e percursos que alimentam essa indagação. Tem consciência de que a informação sobre o fenómeno religioso assim entendido constitui um importante instrumento a favor da paz, da justiça social, do conhecimento mútuo, da tolerância e da cooperação entre os mais diversos atores das nossas sociedades.

Três anos depois, o apoio dos leitores, a participação ativa dos colaboradores e o ânimo dos apoiantes trouxeram-nos onde chegámos: 2 400 subscritores diários da Newsletter; 5 000 artigos publicados (assinados por mais de 400 diferentes autores) gerando 1,3 milhões de leituras; uma média diária de meia dúzia de notícias; alguns furos jornalísticos; e uma forte circulação de informação e opinião que mais nenhum outro media de língua portuguesa publica.

Festejar este terceiro aniversário é, mais do que relembrar o passado, olhar para o futuro. E o horizonte imediato abre-se a perspetivas animadoras. Graças ao sucesso da campanha de recolha de fundos dos últimos meses do ano passado [mais de €34.000,00!] é desde já possível desenhar para 2022 objetivos que concretizam um salto qualitativo no trajeto até agora percorrido pelo 7MARGENS em direção àquilo que queremos ser: o jornal de referência no espaço lusófono da informação independente e profissional focada no fenómeno religioso.

Em três anos, atingimos assim, um patamar que se é ainda de grande fragilidade, permite, contudo, pensar o crescimento do 7MARGENS confiando no apoio dos leitores.

2022 será, assim, o ano em que concretizaremos:

1. Mais e melhor informação (dentro do foco informativo que é o nosso)

  1. Aumento do número de notícias / reportagens sobre acontecimentos, processos, pessoas e grupos em Portugal não cobertos por outros media;
  2. Reforço do fluxo informativo sobre o espaço lusófono fora de Portugal;
  3. Maior frequência de entrevistas, dando voz a atores emergentes no campo das religiões, da cultura e da espiritualidade;
  4. Presença mais constante (duas vezes/semana) de apreciações críticas de filmes, livros, espetáculos e exposições;
  5. Mais investigação jornalística aprofundada para trazer para a agenda pública situações, pessoas e processos ignorados pela opinião pública.

2. Maior diversidade de opinião, assinada por gente:

  1. Com menos de 30 anos;
  2. Alguns vivendo fora de Portugal;
  3. De várias correntes espirituais.
  4. Garantindo ainda a presença semanal da opinião editorial do 7M

3. Multiplicação de canais de comunicação

  1. Através do recurso mais frequente à difusão de vídeos;
  2. Aumentando o número de podcasts semanais;
  3. Publicando regularmente portfolios fotográficos

4. Reforço da comunidade de leitores

  1. Realizar quatro encontro regionais de leitores, o primeiro dos quais a ter lugar já em maio;
  2. Manter a capacidade de responder sempre e em prazo curto a toda a correspondência que nos é dirigida;
  3. Criar espaço no site para registo público da opinião/sugestões dos leitores


Queremos que ao longo de 2022 seja possível encontrar regularmente no 7MARGENS notícias e reportagens sobre aquilo que de relevante acontece em Portugal [e também no espaço lusófono] em termos das religiões, das comunidades e grupos locais religiosos, das procuras e expressões espirituais menos, ou nada, estruturadas e da investigação que sobre estes temas se vai realizando. Procuraremos dar notícia dos conflitos sociais e dos processos criativos e reivindicativos da concretização dos direitos sociais. Queremos também dar a conhecer propostas culturais, movimentos e ações de defesa do planeta e dos direitos humanos, sem esquecer os debates sobre os grandes temas do momento: democracia, paz, desenvolvimento, pandemia, direitos sociais, ecologia, cooperação e solidariedade internacionais.

Contamos consigo, leitor(a)!

António Marujo, Eduardo Jorge Madureira, Jorge Wemans e Manuel Pinto

7MARGENS, 7 de janeiro de 2022

 

As Fotografias de Maria Lamas

Fundação Gulbenkian: Exposição comemorações 50 anos do 25 de Abril

As Fotografias de Maria Lamas novidade

Mais uma exposição comemorando os 50 anos do 25 de Abril: na Fundação Gulbenkian As Mulheres de Maria Lamas mostra Maria Lamas (1893-1983) no seu esplendor: como fotógrafa-antropóloga, como tradutora, jornalista e articulista, investigadora, bem como outras dimensões do trabalho e ação desta mulher exemplar. Poderá ver a exposição até 28 maio 2024, diariamente das 10:00 às 18:00. [Texto de Teresa Vasconcelos]

Bispos latino-americanos criam Pastoral das Pessoas em Situação de Sem-abrigo

Iniciativa ecuménica

Bispos latino-americanos criam Pastoral das Pessoas em Situação de Sem-abrigo novidade

O Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam) lançou oficialmente esta semana a Pastoral das Pessoas em Situação de Sem-abrigo, anunciou o Vatican News. Um dos principais responsáveis pela iniciativa é o cardeal Luís José Rueda Aparício, arcebispo de Bogotá e presidente da conferência episcopal da Colômbia, que pretende que a nova “pastoral de rua” leve a Igreja Católica a coordenar-se com outras religiões e instituições já envolvidas neste trabalho.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Iniciativa ecuménica

Bispos latino-americanos criam Pastoral das Pessoas em Situação de Sem-abrigo novidade

O Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam) lançou oficialmente esta semana a Pastoral das Pessoas em Situação de Sem-abrigo, anunciou o Vatican News. Um dos principais responsáveis pela iniciativa é o cardeal Luís José Rueda Aparício, arcebispo de Bogotá e presidente da conferência episcopal da Colômbia, que pretende que a nova “pastoral de rua” leve a Igreja Católica a coordenar-se com outras religiões e instituições já envolvidas neste trabalho.

Número de voluntários na Misericórdia de Lisboa ultrapassa os 500… e mais serão bem-vindos

Inscrições abertas

Número de voluntários na Misericórdia de Lisboa ultrapassa os 500… e mais serão bem-vindos novidade

No último ano, o “número de voluntários na Misericórdia de Lisboa chegou aos 507”, refere a organização num comunicado divulgado recentemente, adiantando que o “objetivo é continuar a crescer”. “Os voluntários, ao realizarem uma atividade voluntária regular e sistemática, estão a contribuir para um mundo mais fraterno e solidário, estão a deixar a sua marca, aumentando capacidades e conhecimentos, diminuindo a solidão, promovendo diversão e alegria, e contribuindo para uma sociedade mais inclusiva”, realça Luísa Godinho, diretora da Unidade de Promoção do Voluntariado da Santa Casa.

Mais de 1.000 tibetanos detidos pelas autoridades chinesas após protestos pacíficos

Grupo de Apoio ao Tibete denuncia

Mais de 1.000 tibetanos detidos pelas autoridades chinesas após protestos pacíficos novidade

A polícia chinesa deteve mais de 1.000 pessoas tibetanas, incluindo monges de pelo menos dois mosteiros, na localidade de Dege (Tibete), na sequência da realização de protestos pacíficos contra a construção de uma barragem hidroelétrica, que implicará a destruição de seis mosteiros e obrigará ao realojamento dos moradores de duas aldeias. As detenções aconteceram na semana passada e têm sido denunciadas nos últimos dias por várias organizações de defesa dos direitos humanos, incluindo o Grupo de Apoio ao Tibete-Portugal.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This