Reportagem de "interesse público"

Tribunal de S. Paulo arquiva queixa da IURD contra jornal brasileiro

| 14 Set 2023

Jornal The Intercept Brasil, reportagem sobre a IURD. Foto direitos reservados (1)

A reportagem “Fardados e consagrados” sobre “como a Igreja Universal está doutrinando as forças policiais do Brasil – e os governos fingem que não veem” é um dos textos mais recentes sobre a IURD disponíveis no site do The Intercept. Foto: direitos reservados.

 

O jornal The Intercept Brasil anunciou esta quarta-feira, dia 13, que foi oficialmente arquivado o inquérito policial que lhe havia sido movido pela Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), fundada por Edir Macedo, também proprietário do Grupo Record e da RecordTV, a segunda maior emissora de televisão do Brasil. “Vencemos!”, afirma o jornal numa newsletter enviada aos leitores.

Intercept Brasil diz que, na decisão, o Ministério Público de S. Paulo reconheceu que as revelações jornalísticas sobre as “entranhas financeiras da Igreja Universal, como detalhes explosivos de um alegado esquema bilionário de lavagem de dinheiro, eram de interesse público e reforçou o direito constitucional de jornalistas de publicar tais informações sem censura e sem a obrigação de revelar as suas fontes”.

A reportagem “Fardados e consagrados” sobre “como a Igreja Universal está doutrinando as forças policiais do Brasil – e os governos fingem que não veem”, assinada pelos jornalistas Gilberto Nascimento e Tatiana Dias e publicada em Maio deste ano, é um dos textos mais recentes sobre a IURD disponíveis no site do jornal, onde se apresentam pormenores sobre a intimidação de que o Intercept foi alvo por ter revelado em 2022 “as entranhas financeiras da Igreja Universal do Reino de Deus”.

Na reacção à decisão judicial, o Intercept Brasil afirma que “mesmo uma aceitação parcial dos argumentos da Igreja Universal abriria um precedente perigoso para a liberdade de imprensa e esta possibilidade precisava ser combatida ferozmente”.

newsletter serve para agradecer a todos os que apoiaram o Intercept Brasil – “seja financeiramente ou divulgando o caso”.

O jornal conclui com uma declaração de propósitos: “Não nos intimidamos e não vamos recuar. Queremos continuar a investigar os negócios suspeitos da Igreja Universal, de Edir Macedo e do seu enorme império empresarial da fé”.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Cruz Vermelha quer levar ajuda urgente às vítimas das cheias no Brasil

Apelo internacional

Cruz Vermelha quer levar ajuda urgente às vítimas das cheias no Brasil novidade

Com o objetivo de “aumentar a assistência humanitária às comunidades afetadas pelas devastadoras inundações no Rio Grande do Sul, no Brasil”, a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (FICV) lançou um “apelo de emergência de cerca de oito milhões de euros”, anunciou a Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), na última quarta-feira, 22 de maio.

A Dignidade da pessoa humana como prioridade

A Dignidade da pessoa humana como prioridade novidade

Na semana depois de Pentecostes é oportuno recordar a publicação da declaração Dignitas Infinita sobre a Dignidade Humana, elaborada durante cinco anos e divulgada pelo Dicastério para a Doutrina da Fé, pondo a tónica na dimensão universal, filosófica e antropológica, do respeito pela pessoa humana enquanto fator de salvaguarda dos direitos humanos, do primado da justiça e do reconhecimento de que todos os seres humanos como livres e iguais em dignidade e direitos.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This