Um apelo ecuménico em favor das necessidades urgentes do Líbano

| 14 Set 20

Líbano. Destruição. Beirute

Destruição em Beirute depois da explosão de 4 de Agosto de 2020. Foto © Anwar Amro/MECC/WCC

 

O Conselho Mundial de Igrejas (CMI-WCC), a ACT Alliance e o Conselho de Igrejas do Médio Oriente (MECC, da sigla em inglês) lançaram um apelo conjunto para que sejam atendidas as necessidades mais urgentes no Líbano, após a explosão que destruir o porto e boa parte do centro da cidade de Beirute, no passado dia 4 de Agosto.

“Somos solidários com os que estão de luto, os feridos, os deslocados e os que sofrem”, diz o apelo, citado na página de informação do CMI. “Em nome da comunidade ecuménica internacional (…) juntamo-nos para pedir à comunidade internacional um mecanismo humanitário abrangente de coordenação e colaboração com a sociedade civil libanesa.”

As três organizações reconhecem e elogiam as acções rápidas e eficazes já tomadas por cidadãos e organizações civis do Líbano para responder às necessidades das pessoas afectadas e aliviar o seu sofrimento. “A resposta da sociedade civil à catástrofe é um sinal significativo de esperança, aumentando a capacidade das pessoas para ultrapassar esta grande crise e restaurando a esperança da sociedade no futuro da nação”, diz a declaração. “Deve haver uma verdadeira responsabilização por esta catástrofe, através de uma investigação independente”, acrescenta o texto, pedindo à comunidade internacional e às Nações Unidas que insistam num processo independente credível, levando os responsáveis à justiça e prevenindo a impunidade.

“Embora a assistência humanitária imediata seja essencial e fundamental, assegurar a resistência a longo prazo é crucial para a recuperação do Líbano das múltiplas crises que atravessa, reunindo as componentes humanitária, de desenvolvimento e de paz e segurança humana numa abordagem sistémica abrangente”, diz ainda o comunicado. “A explosão e as suas consequências agravam a profunda crise económica e social pré-existente, com cinquenta por cento dos libaneses abaixo do limiar da pobreza e quatrocentos mil deles deslocados”.

A declaração apela a um compromisso abrangente, abrangente e sustentado para assegurar um impacto positivo duradouro: “Este é um momento crítico e histórico na existência do Líbano, um paraíso para a diversidade religiosa e social no Médio Oriente. É do nosso interesse comum contribuir para a sobrevivência do Líbano e somos chamados a fazê-lo.” E insiste: “Com todas as tragédias e dificuldades passadas e presentes, o Líbano é uma manifestação e um símbolo de convivência na diversidade.”

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Um Grande Homem: Integrado Marginal

José Cardoso Pires por Bruno Vieira Amaral

Um Grande Homem: Integrado Marginal novidade

Integrado Marginal foi leitura de férias junto ao mar, entre nevoeiros e nortadas que me levavam a recorrer a esplanadas cobertas para ler enquanto tomava um café bem quente. Moledo do Minho no seu inquieto esplendor… e capricho! Tinha lido algumas obras de José Cardoso Pires: Lisboa. Livro de Bordo (feito para a Expo 1998); O Burro em Pé (livro para crianças); Alexandra Alpha; De Profundis: Valsa lenta; O Delfim.

Crescimento ou Decrescimento, eis a questão

[Mãos à obra]

Crescimento ou Decrescimento, eis a questão novidade

O conceito de desenvolvimento sustentável tem duas interpretações: para os intelectuais humanistas é um desenvolvimento que respeita o ambiente, de forma abstrata, sem contabilizar desenvolvimento ou impacte ambiental, mas pode levar a questionar o modelo económico e até o modo de vida actuais; para os industriais, políticos e economistas entende-se como um desenvolvimento que possa ser eterno.

A ideia de Deus

A ideia de Deus novidade

Não é certo que quem nasça numa família de forte tradição religiosa esteja em melhores condições do que qualquer outra pessoa para desenvolver a componente espiritual e uma relação com o divino. Pode acontecer exatamente o inverso. Crescer com uma ideia de Deus pode levar-nos a cristalizá-la nos ritos, hábitos ou procedimentos que, a dada altura, são desajustados ou necessariamente superficiais.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This