Uma história de salvação, um núcleo palpitante

| 4 Jan 2022

O Novo Testamento permanece ainda ausente dos ritmos diários dos cristãos. Como se o seu acesso fosse interdito ou reservado pelo receio do encontro com uma linguagem diferente, pela chave de acesso de uma elite de especialistas, ou pelo sentimento de pouca utilidade ou sentido que o texto nos possa proporcionar. A perda é imensa: é o núcleo vital do ser cristão que perde a sua densidade.

Nesta belíssima obra agora disponível, James Dunn – biblista britânico que dedicou a sua vida ao estudo da história do primeiro século do Cristianismo – proporciona ao leitor uma viagem através dos diversos escritos do Novo Testamento, neles buscando os traços da mensagem e da vida de Jesus. 

Graças a uma escrita simples e coloquial, facilmente o leitor se dará conta da imensa riqueza e pluralidade presente nestes breves escritos, entre Evangelhos e Cartas, dando-se conta de que a experiência cristã fala a diversas vozes, unidas nos laços da Última Ceia e do Mandamento Novo. 

O rosto e a identidade de Jesus é-nos assim apresentado como um puzzle contínuo, no qual a junção das diversas peças nos proporciona um acesso à sua história que ilumina e revela a nossa própria vida. Somos assim convidados a conhecer e mergulhar numa história de salvação cujo núcleo palpitante é Jesus de Nazaré, o Ressuscitado; uma história capaz de alimentar o caminho quotidiano e difícil dos discípulos e comunidades de hoje.

“Para os cristãos, claro, uma das características mais notáveis da história de Jesus é que a história ainda não está, de modo algum, terminada. O impacto que Jesus teve, inicialmente, no princípio do primeiro século desta era continua a exercer influência. Hoje, os cristãos proclamam, de modo mais espontâneo, que o impacto de Jesus não é, simplesmente, uma sequência de acontecimentos na história, nem, simplesmente, de ensinamentos dados vinte séculos atrás e com persistentes significado e poder.” 

Jesus Segundo o Novo Testamento, de James Dunn
Edição: Paulus, 2021, 296 pág.
16,50 €

 

Desfazendo três equívocos sobre Deus

Desfazendo três equívocos sobre Deus novidade

Existem três dificuldades ou equívocos religiosos sobre o carácter de Deus, e que revelam algum desconhecimento sobre Ele. Por isso convém reflectir no assunto. Esses três equívocos sobre os quais nos vamos debruçar de seguida são muito comuns, infelizmente. [Texto de José Brissos-Lino]

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

sobre as águas

sobre as águas novidade

Breve comentário do p. António Pedro Monteiro aos textos bíblicos lidos em comunidade, no Domingo XII do Tempo Comum B. ⁠Hospital de Santa Marta⁠, Lisboa, 22 de Junho de 2024.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This